Grande Colisionador de Hadrões à procura de universos paralelos

future15 / FLickr

-

Os investigadores do CERN reativaram esta semana o Grande Colisionador de Hadrões (Large Hadron Collider, ou LHC), na tentativa de detetar buracos negros mínimos que poderão revelar a existência de universos paralelos e pôr em dúvida, em última análise, a teoria do Big Bang.

A eventual deteção destes buracos negros em miniatura poderá provar a existência de universos paralelos, e a descoberta dos mesmos a um determinado nível de energia poderia ainda provar a teoria da “Rainbow Gravity” (“arco-íris da gravidade“, em tradução livre), que sugere que o universo se estende infinitamente no tempo e nunca houve um momento que se possa determinar como o início do universo – ou seja, o Big Bang poderá nunca ter acontecido.

A teoria do “arco-íris da gravidade” baseia-se na suposição de que o efeito da gravidade no cosmos é sentido de forma diferente ao longo dos diferentes comprimentos de onda da luz. A teoria tenta, de certa forma, conciliar a teoria geral da relatividade de Einstein, que lida com objetos de grandes dimensões, com a mecânica quântica, que analisa as partículas elementares do universo.

Os níveis de energia necessários para recriar essa “gravidade arco-íris” podem mostrar que o universo primitivo era muito diferente: a hipótese é que, ao andarmos para trás no tempo, o universo se torna cada vez mais denso, aproximando-se infinitamente de uma densidade que nunca chega a ser total.

“Nós calculámos a energia na qual é expectável detetarmos estes mini-buracos negros, de acordo com o arco-íris da gravidade”, afirma Mir Faizal ao Phys.org. “Se, de facto, detetarmos mini-buracos negros neste nível de energia, podemos concluir que tanto o arco-íris da gravidade como a existência de outras dimensões estão corretas”, conclui o investigador da Universidade de Waterloo.

Assim, supondo-se que a gravidade é capaz de transitar para dimensões, poderá ser possível recriar buracos negros no LHC.

O acelerador de partículas do CERN – a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear -, o maior do mundo, foi usado para recolher dados que levaram à descoberta do Bosão de Higgs (que confere massa às outras partículas), e desde 2013 tinha estado em hibernação.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se vão artificialmente, através da promoção da colisão de partículas a alta velocidade, propiciar a eventual formação de buracos negros em miniatura, se efetivamente estes forem criados, como desaparecerão? Será que quando regressam ao nível fundamental de energia os gravitões desaparecem, e com eles os mini-buracos negros, ou não só estes não desapareceriam como cresceriam e poderiam até sugar o planeta inteiro?
    Sem querer ser alarmista, e desde já declarando-me um entusiasta do progresso científico, gostaria de ser esclarecido acerca deste risco teórico.

    • … Do risco teórico: Nas imediações deverão permanecer (de plantão) um ror de camiões anti-matéria e, à cautela, cheios de bombeiros sub-atómicos especializados no combate ati-vácuo munidos de agulhetas de funil largo e invertido

  2. Eu também confesso que estou um pouco preocupado. Querem fazer o papel de Deus e arriscam a destruir o planeta. Acho que não devem brincar com coisas muito sérias e sem saberem os riscos que poderão afetar a população mundial e do próprio planeta.

    • Se de Deus há 2k anos, ou mesmo do tempo do antico testamento, terá 14K milhões de anos a matéria-corpo, o princípio da curvatura do espaço-tempo e da deflexão da luz. Não confesso, mas será do homem a teoria da relatividade, a quântica, a das cordas… E colidir meras partículas à velocidade próxima da luz num colisionador anelar (24km) enterrado e revisionado, desta vez, confesso, desejo passos no sentido da dita ‘matéria negra’, Sem heresias. Descoberta a sub-divisão bosão de Higgs – sub-partícula da “forma e massa de tudo o que existe” – diria que estaremos cada vez mais próximos da origem… Admintindo, contudo, que a humanidade sempre enfermou de bipolaridades – Bons, maus, santos e vilões. Repito, sem heresias.

  3. Ja Albert Einstein, dizia “Deus não joga aos dados com o Universo” …Não esta provada a existencia de gravitões, a teoria quantica e totalmente cheia de falhas e completamente estatistica… Temos ate o principio de incerteza de Heisenberg que nos falha nos erros de observação do mundo muito pequeno …. Estamos agora com medo que a particula de Deus destrua o Universo, ou que se criem mini-buracos negros infinitos no tempo, ou que se criem Universo paralelos.. ISTO É MA FICÇÃO CIENTIFICA… convençam-de uma coisa, a teoria quantica e baseada num monte de suposições algumas sem sentido, como desenvolvimentos a rossar a irracionalidade, e a ser confirmada atraves de demasiado poucas variaveis para permitir ver distinguir realidades …..Lembrem-se que a anormalidades estatisticas dos eventos casuais acontecem sempre que nao se fazem experiencias suficientes..

RESPONDER

"De janelas abertas" e "de forma transparente". É assim que José Manuel Silva promete governar Coimbra

José Manuel Silva, da coligação "Juntos Somos Coimbra", venceu as eleições, destronando o atual presidente da câmara, o socialista Manuel Machado. O antigo bastonário da Ordem dos Médicos foi apoiado por várias forças partidárias: PSD, CDS, …

"Assim não ganham o campeonato". Gary Neville identifica problema no United

O antigo internacional inglês e agora comentador desportivo, Gary Neville, identificou um problema no Manchester United que, a continuar, vai fazer com que o clube não consiga ganhar o campeonato. Os red devils perderam o seu …

SPD vence legislativas na Alemanha com pequena margem - mas a CDU quer liderar o governo

Depois das projecções iniciais apontarem um empate, os sociais-democratas do SPD conseguiram garantir a vitória nas legislativas enquanto que a CDU obteve o seu pior resultado de sempre. Arranca agora um processo de negociações que …

Treinador de Florentino Luís: "7 jogos, 7 derrotas. Mas não sei se somos tão maus"

Michel admite insegurança e nervos, num Getafe que ocupa o último lugar no campeonato espanhol. Florentino acha que é "uma questão de tempo". Valência, Sevilha, Barcelona, Elche, Rayo Vallecano, Atlético de Madrid e Betis: os sete …

Cancela Moura demite-se da concelhia do PSD após derrota em Gaia

O candidato da coligação PSD/CDS-PP/PPM Cancela Moura à Câmara de Gaia, conquistada no domingo pelo socialista Eduardo Vítor Rodrigues, apresentou a renúncia ao mandato na concelhia do PSD e vai propor eleições “para dar a …

À boleia de Falcao, o modesto Rayo Vallecano cheira a Europa

Com três golos em três jogos, Radamel Falcao tem catapultado o Rayo Vallecano para lugares europeus. A equipa conta com os portugueses Bebé e Kévin Rodrigues. O Rayo Vallecano superou as suas próprias expectativas e conseguiu …

Jarros com esmeraldas encontrados em templo ligado à cidade lendária El Dorado

Uma equipa de arqueólogos colombianos encontrou um conjunto de sepulturas rodeadas por jarros de cerâmica que estavam carregados de esmeraldas. A descoberta ocorreu num templo ligado à mítica cidade El Dorado. Os arqueólogos encontraram o templo …

Moedas venceu "contra tudo e contra todos". Medina assume derrota "pessoal e intransmissível"

O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à Câmara de Lisboa afirmou, este domingo, ter vencido "contra tudo e contra todos", porque "a democracia não tem dono", agradeceu o “voto de confiança” e comprometeu-se a …

O balão de oxigénio de Rio encheu até rebentar. Os olhos estão postos em 2023

Com Lisboa, Coimbra, Funchal e Barcelos debaixo do braço, Rui Rio cantou vitória numa noite de emoções. Sem falar do futuro à frente do PSD, o social-democrata acredita estar mais perto de chegar a primeiro-ministro. …

ADN da população da Ilha de Páscoa permite descobrir, finalmente, a rota dos seus antepassados

De acordo com os investigadores, o processo constitui um dos capítulos mais fascinantes da história da colonização humana e quase não há vestígios tangíveis. A distância que separa as ilhas Marquesas, na Polinésia Francesa, do arquipélago …