Grande Colisionador de Hadrões à procura de universos paralelos

future15 / FLickr

-

Os investigadores do CERN reativaram esta semana o Grande Colisionador de Hadrões (Large Hadron Collider, ou LHC), na tentativa de detetar buracos negros mínimos que poderão revelar a existência de universos paralelos e pôr em dúvida, em última análise, a teoria do Big Bang.

A eventual deteção destes buracos negros em miniatura poderá provar a existência de universos paralelos, e a descoberta dos mesmos a um determinado nível de energia poderia ainda provar a teoria da “Rainbow Gravity” (“arco-íris da gravidade“, em tradução livre), que sugere que o universo se estende infinitamente no tempo e nunca houve um momento que se possa determinar como o início do universo – ou seja, o Big Bang poderá nunca ter acontecido.

A teoria do “arco-íris da gravidade” baseia-se na suposição de que o efeito da gravidade no cosmos é sentido de forma diferente ao longo dos diferentes comprimentos de onda da luz. A teoria tenta, de certa forma, conciliar a teoria geral da relatividade de Einstein, que lida com objetos de grandes dimensões, com a mecânica quântica, que analisa as partículas elementares do universo.

Os níveis de energia necessários para recriar essa “gravidade arco-íris” podem mostrar que o universo primitivo era muito diferente: a hipótese é que, ao andarmos para trás no tempo, o universo se torna cada vez mais denso, aproximando-se infinitamente de uma densidade que nunca chega a ser total.

“Nós calculámos a energia na qual é expectável detetarmos estes mini-buracos negros, de acordo com o arco-íris da gravidade”, afirma Mir Faizal ao Phys.org. “Se, de facto, detetarmos mini-buracos negros neste nível de energia, podemos concluir que tanto o arco-íris da gravidade como a existência de outras dimensões estão corretas”, conclui o investigador da Universidade de Waterloo.

Assim, supondo-se que a gravidade é capaz de transitar para dimensões, poderá ser possível recriar buracos negros no LHC.

O acelerador de partículas do CERN – a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear -, o maior do mundo, foi usado para recolher dados que levaram à descoberta do Bosão de Higgs (que confere massa às outras partículas), e desde 2013 tinha estado em hibernação.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Se vão artificialmente, através da promoção da colisão de partículas a alta velocidade, propiciar a eventual formação de buracos negros em miniatura, se efetivamente estes forem criados, como desaparecerão? Será que quando regressam ao nível fundamental de energia os gravitões desaparecem, e com eles os mini-buracos negros, ou não só estes não desapareceriam como cresceriam e poderiam até sugar o planeta inteiro?
    Sem querer ser alarmista, e desde já declarando-me um entusiasta do progresso científico, gostaria de ser esclarecido acerca deste risco teórico.

    • … Do risco teórico: Nas imediações deverão permanecer (de plantão) um ror de camiões anti-matéria e, à cautela, cheios de bombeiros sub-atómicos especializados no combate ati-vácuo munidos de agulhetas de funil largo e invertido

  2. Eu também confesso que estou um pouco preocupado. Querem fazer o papel de Deus e arriscam a destruir o planeta. Acho que não devem brincar com coisas muito sérias e sem saberem os riscos que poderão afetar a população mundial e do próprio planeta.

    • Se de Deus há 2k anos, ou mesmo do tempo do antico testamento, terá 14K milhões de anos a matéria-corpo, o princípio da curvatura do espaço-tempo e da deflexão da luz. Não confesso, mas será do homem a teoria da relatividade, a quântica, a das cordas… E colidir meras partículas à velocidade próxima da luz num colisionador anelar (24km) enterrado e revisionado, desta vez, confesso, desejo passos no sentido da dita ‘matéria negra’, Sem heresias. Descoberta a sub-divisão bosão de Higgs – sub-partícula da “forma e massa de tudo o que existe” – diria que estaremos cada vez mais próximos da origem… Admintindo, contudo, que a humanidade sempre enfermou de bipolaridades – Bons, maus, santos e vilões. Repito, sem heresias.

  3. Ja Albert Einstein, dizia “Deus não joga aos dados com o Universo” …Não esta provada a existencia de gravitões, a teoria quantica e totalmente cheia de falhas e completamente estatistica… Temos ate o principio de incerteza de Heisenberg que nos falha nos erros de observação do mundo muito pequeno …. Estamos agora com medo que a particula de Deus destrua o Universo, ou que se criem mini-buracos negros infinitos no tempo, ou que se criem Universo paralelos.. ISTO É MA FICÇÃO CIENTIFICA… convençam-de uma coisa, a teoria quantica e baseada num monte de suposições algumas sem sentido, como desenvolvimentos a rossar a irracionalidade, e a ser confirmada atraves de demasiado poucas variaveis para permitir ver distinguir realidades …..Lembrem-se que a anormalidades estatisticas dos eventos casuais acontecem sempre que nao se fazem experiencias suficientes..

RESPONDER

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …

Polícia Judiciária ajudou a evitar dois ataques em França

As informações partilhadas pela Polícia Judiciária (PJ) com a Europol foram cruciais para alcançar a detenção do jihadista marroquino que viveu em Portugal. Hicham El-Hanafi foi condenado a 30 anos de prisão em França, na semana …

Duque de Edimburgo foi transferido para outro hospital

O Palácio de Buckingham anunciou esta segunda-feira que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infeção. O Palácio disse …

Presidência da UE. Governo trabalha para encontro com Biden durante "semestre português"

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia quer um encontro com o Presidente Joe Biden ainda durante o primeiro semestre. A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) está a trabalhar na realização de …

Vacina da Pfizer. Intervalo entre doses aumenta para 28 dias (e lista de prioritários vai incluir pessoas com trissomia-21)

O intervalo entre a toma das duas doses da vacina da Pfizer/BioNtech contra a covid-19 foi alargado de 21 para 28 dias, anunciou esta segunda-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda …

Caso do avião com cocaína. PJ vai vigiar Aérodromo de Tires 24 horas por dia

A Polícia Judiciária (PJ) vai vigiar as movimentações de aeronaves e passageiros que chegam e saem do Aeródromo de Tires 24 horas por dia. A informação foi adiantada pelo Correio da Manhã, que falou com …

Facebook paga 650 milhões para encerrar litígio sobre vida privada nos EUA

O juiz federal norte-americano James Donato aprovou a indemnização de 650 milhões de dólares (540 milhões de euros) a 1,6 milhões de utilizadores do estado norte-americano do Illinois por parte do Facebook. Este acordo, assinado na …