Governo dos EUA acusa polícia de Ferguson de racismo

BBC

Michael Brown, o jovem morto em Ferguson

Michael Brown, o jovem morto em Ferguson

O inquérito do Ministério da Justiça dos EUA, promovido depois da morte, seguida de motins, de um jovem negro, abatido por um agente em Ferguson, no Estado do Missouri, salienta o racismo da polícia local, segundo a imprensa.

O relatório, que deve ser divulgado oficialmente esta quarta-feira, indica que a polícia da cidade é culpada de violações regulares dos direitos constitucionais dos cidadãos, relatou a imprensa norte-americana, que revelou hoje as conclusões do inquérito, citando fontes próximas do inquérito.

Depois da morte em 9 de agosto último de Michael Brown, que suscitou manifestações e tumultos, o Ministério promoveu um inquérito distinto da investigação local, colocando-o no terreno dos direitos cívicos.

Seguindo o documento, a polícia de Ferguson, mas também a justiça da cidade, estavam envolvidas numa rotina de discriminação contra a população negra local, adiantaram a CNN e o Washington Post.

Desta forma, entre 2012 e 2014, apesar de os negros representarem 67% da população local, 85% das viaturas apreendidas pela polícia eram conduzidos por negros, 90% das pessoas convocadas para o tribunal eram negros e 93% dos detidos eram negros.

Em 88% dos casos em que foi usada a força estavam envolvidos negros.

O sistema judicial também não é poupado. De 2011 a 2013, os negros representam 95% das acusações por infrações de peões e 92% por perturbação da ordem pública, indicam os números revelados pelo Washington Post.

O documento divulga centenas de entrevistas e implicou a consulta de 35 mil páginas de relatórios policiais e outros documentos, adiantou este diário.

Em agosto do ano passado, o polícia branco Darren Wilson matou Michael Brown, um jovem negro de 18 anos, que estava desarmado. Um grande júri tinha decidido em 24 de novembro não acusar o polícia.

Estes dois acontecimentos provocaram manifestações e motins nesta cidade, nos arredores de St. Louis, onde a maioria dos autarcas, incluindo a polícia, é branca, quando a maioria da população é negra.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …