Governo admite creche gratuita nos colégios privados

1

Uma nova aplicação, a Creche Feliz, que vai permitir aos pais consultar as vagas disponíveis vai ser lançada esta semana.

O Governo está a considerar rever as regras das creches gratuitas, estendendo a medida às creches privadas. O anúncio foi feito pela secretária de Estado da Inclusão, Ana Sofia Antunes. O objetivo é evitar que os pais tenham que percorrer quase    100 quilómetros diários para deixar os filhos.

A governante reconheceu que há ajustes a efetuar, tendo em consideração que o alargamento do programa ao setor privado ainda é recente. “Não está fora de questão, seja vermos as vagas na lógica das freguesias, em vez de concelhos, em algumas zonas do país, seja pela não exigência do esgotamento de vagas a 100%, mas precisamos de um pouco mais de tempo”.

No entanto, a responsável não adianta quanto tempo será necessário para fazer a avaliação e introduzir algumas eventuais mudanças, mostrando-se “focada em ter oferta disponível nos concelhos que já estão esgotados no setor social e têm privados interessados”.

Em declarações ao jornal Público, Ana Sofia Antunes avançou que, dos concelhos esgotados, só um terço conta com instituições privadas interessadas em aderir à rede.

De forma a facilitar a consulta das vagas disponíveis, esta semana será disponibilizada uma aplicação, Creche Feliz, onde os encarregados de educação poderão aceder a toda a informação sobre as vagas existentes e chegarem a acordo para a inscrição.

  ZAP //

1 Comment

  1. O Governo liberal/maçónico liderado pelo Sr.º Primeiro-Ministro, António Costa, quer que os Portugueses paguem as creches privadas dos outros?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.