Há um ginásio no Canadá a impedir a entrada de membros vacinados contra a covid-19

3

Um ginásio na capital do Canadá está a impedir a entrada dos membros vacinados contra a covid-19. “Para a segurança dos nossos membros, o Fearless Boxing Club não aceitará aqueles que receberam a vacina experimental da covid-19″, anunciou o fundador Mohammad Abedeen.

No Canadá, todas as vacinas contra a covid-19 foram aprovadas pela Health Canada e sujeitas a grandes ensaios clínicos que demonstraram a sua segurança e eficácia.

No entanto, o ginásio justifica a sua decisão com o facto de os seus atuais membros – entre eles médicos, enfermeiros, professores, pais e jovens – se sentirem “mais seguros à espera até que sejam realizadas mais investigações sobre os efeitos secundários que estão a ser descobertos neste momento”.

O blogTO alega que o Fearless Boxing Club foi fundado pelo lutador de boxe profissional Mohammad Abedeen e pelo bailarino profissional Krystal Glazier-Rosco. Na biografia do Instagram do ginásio lê-se que o negócio foi “construído no confinamento, aberto no confinamento e não vamos a lado nenhum!”

A Vice destaca que o plano do Fearless Boxing Club não é claro, uma vez que mais de 65% dos adultos de Toronto estão totalmente vacinados. A política anti-vacinas do ginásio poderá mesmo prejudicar o negócio.

Há vários empresários que têm defendido o seu direito de recusar clientes não vacinados, especialmente se as taxas de novas infeções voltarem a aumentar no país, mas muito poucos tomaram a posição contrária ao recusar aqueles com imunidade ao vírus.

  ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.