Nem todos os gémeos idênticos compartilham 100% do seu ADN

Os gémeos idênticos formam-se a partir do mesmo óvulo e obtêm o mesmo material genético dos seus pais. Mas isso não significa que sejam geneticamente idênticos no momento do nascimento.

De acordo com o site Live Science, isto acontece porque os chamados gémeos idênticos adquirem mutações genéticas no útero, à medida que as suas células tecem novos filamentos de ADN e se dividem em mais e mais células.

Um novo estudo, publicado a 7 de janeiro na revista científica Nature Genetics, mostra que, em média, pares de gémeos têm genomas que diferem em cerca de 5,2 mutações que ocorrem no início do desenvolvimento.

Os investigadores estimam que, em cerca de 15% dos pares de gémeos idênticos, um dos bebés carrega um número “substancial” de mutações que o outro não compartilha.

“Pode chegar até 10 a 15 mutações”, disse o autor principal, Kari Stefansson, CEO da deCODE genética, uma empresa que estuda o genoma humano.

A equipa analisou 387 pares de gémeos idênticos e dois pares de trigémeos (também monozigóticos, ou seja, que se separaram do mesmo óvulo), bem como os seus pais, cônjuges e filhos.

Ao sequenciar genomas inteiros de todos estes membros da família, os cientistas puderam rastrear quais mutações apareceram em quais gémeos e quais dessas mutações foram então transmitidas aos seus filhos.

Se uma mutação é transmitida por várias gerações, isso indica que é do tipo germinativa – aquela que aparece nos óvulos, espermatozoides e nos seus precursores. Se essa mesma mutação também aparece nas células somáticas (não reprodutivas) dos pais, é provável que essa mutação tenha aparecido durante o seu desenvolvimento inicial, observam os autores da pesquisa.

Além de rastrear mutações entre gerações, os cientistas procuraram mutações que foram compartilhadas dentro de um conjunto de gémeos, mas que não se apresentavam uniformemente em todas as células. Este fenómeno, conhecido como mosaicismo, indica que a mutação ocorreu depois da fertilização do óvulo, mas antes que este se dividisse.

Usando os dois métodos, a equipa foi capaz de identificar quais mutações surgiram nessa janela estreita de desenvolvimento inicial e com que frequência um dos gémeos tinha uma mutação que o outro não tinha. Em suma, os investigadores descobriram que não se pode assumir que gémeos idênticos partilham também de ADN idêntico.

Em declarações ao mesmo site, Ziyue Gao, professora assistente de Genética na Universidade da Pensilvânia, que não esteve envolvida no estudo, quis destacar, no entanto, que “estas diferenças genómicas em gémeos idênticos ainda são muito raras” e que não é ainda claro se resultam numa mudança funcional que altera o funcionamento das células.

Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

No primeiro telefonema com um líder estrangeiro, Biden liga a Trudeau

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, falou na sexta-feira com o seu homólogo canadiano, Justin Trudeau, na primeira conversa telefónica com um líder estrangeiro desde que tomou posse na quarta-feira, anunciou a Casa Branca. Os …

PS alarga vantagem sobre PSD. Chega recupera terceiro lugar (mas apenas 1% das mulheres apoia o partido)

Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Observador e para a TVI, se as eleições legislativas fossem hoje, o PS teria a preferência de 42,6% dos portugueses. O partido de António Costa continua com grande …

Caso de nova variante é de uma pessoa sul-africana residente em Lisboa

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul detetado ontem em Portugal é de uma pessoa sul-africana, residente em Lisboa, anunciaram as autoridades de saúde “O caso reporta-se a uma pessoa …

Na Rússia, dezenas de pessoas foram presas durante manifestações de apoio a Navalny

Dezenas de pessoas foram presas hoje durante manifestações organizadas na Rússia para exigir a libertação do opositor Alexei Navalny, que está em prisão preventiva, apesar das múltiplas ameaças das autoridades contra os protestos. De Moscovo a …

Arqueólogos egípcios encontram cópia de capítulo do "Livro dos Mortos"

Arqueólogos egípcios encontraram, em Sacara, uma cópia do Capítulo 17 do "Livro dos Mortos" numa zona de túmulos próximos da pirâmide do faraó Teti. De acordo com o site Live Science, que cita um comunicado do …

Senado avalia processo de destituição de Trump na semana de 8 de fevereiro

O Senado norte-americano irá ouvir na semana de 8 de fevereiro os argumentos iniciais do processo de destituição de Donald Trump por incitamento dos recentes motins do Capitólio, anunciou o senador democrata Chuck Schumer. "Todos queremos …

Portugal é o país do mundo com mais mortes. Vacinas da AstraZeneca vão chegar com atraso

Pela primeira vez, desde o início da pandemia da covid-19, Portugal é o país com maior número de vítimas mortais e mais casos de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo. Más notícias, …

Fóssil de dinossauro dá novas pistas sobre como estes animais acasalavam

É verdade que já sabemos muitas coisas sobre dinossauros – como eram, o que comiam e a causa da sua extinção. Mas nenhum fóssil nos permitiu ainda perceber coisas tão simples como, por exemplo, em que …

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos em desafio na rede social

A rede social TikTok foi hoje bloqueada temporariamente em Itália, para utilizadores cuja idade não está confirmada, na sequência da morte de uma menina de 10 anos que participava num desafio naquela plataforma. A Autoridade para …

Infetados ocupam mais de metade das camas das UCI. Hospital de campanha de Lisboa recebe primeiros doentes

Os dados são do boletim divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, mas reportam-se às 24 horas anteriores, nos cuidados intensivos estavam internados 715 doentes com covid. O hospital de campanha de Lisboa está pronto …