Um dos gatos mais pequenos do mundo “chilreia” como um pássaro

É conhecido por ser o “gato mais pequeno das Américas”. Agora, graças ao projeto Photo Ark, da National Geographic, também já sabemos como soa.

O gato-chileno (Leopardus guigna) é conhecido por ser o gato mais pequeno do continente americano e pode ser encontrado nas florestas temperadas do Chile e da Argentina.

Recentemente, como conta o site Live Science, esta espécie rara juntou-se às 10 mil já fotografadas para o projeto Photo Ark, uma base de dados da National Geographic para celebrar a biodiversidade animal.

Para além das fotografias de Joel Sartore, a sessão fotográfica produziu também aquela que será a primeira gravação conhecida da “voz” deste felino que, curiosamente, se assemelha ao chilrear de um pássaro.

Segundo o site IFLScience, o espécime fotografado pertence à Fauna Andina, uma reserva de vida selvagem e centro de reabilitação no Chile.

De acordo com a Animal Diversity Web, base de dados mantida pelo Museu de Zoologia da Universidade do Michigan, o gato-chileno pesa entre dois e três quilos e tem até 52 centímetros de comprimento. Tem garras e patas grandes, o que o ajuda a subir às árvores.

A Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) coloca as duas subespécies conhecidas da Leopardus guigna no grupo das vulneráveis à extinção, em grande parte por causa da redução do seu habitat.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. Já vi gatos domesticos muito menores. Ele deve ser o menor gato de especie selvagem. Tem que explicar melhor para todos entenderem.

    • Olá, creio que não seria necessário dizer isso pois os gatos domésticos não são originais das Américas, foram levados para lá, esse gato por outro lado é uma espécie nativa, sendo por hora a menor já encontrada nas Américas.

      • Cara Ana, está tão bem escrito (em português de Portugal) “gato mais pequeno” como está incorrecto o que escreveu ao referir “sendo por HORA a menor” pois a palavra que a Ana pretendeu utilizar – ora – que significa o mesmo que por agora, não tem a letra h no seu início.

        Vicissitudes da língua de Camões.

  2. Brasileiros tem preguiça de olhar a url e ver que o site é de Portugal, logo, o português de lá é diferente do português brasileiro. Mais pequeno, em Portugal está correto.

  3. “Mais pequeno” é a forma correcta em Portugal (é uma excepção gramatical) e é também aceite como forma correcta no Brasil (ainda que seja mais popular por lá o “menor”).

    Por isso os comentários que por aqui andam não são maus por serem de brasileiros, são maus por serem de analfabetos.

  4. Muito bem respondido João, a maioria dos brasileiros amam criticar mas tem a plena preguiça de fazer uma leitura mais ampla e por fim, são maus também por serem mal educados.

  5. A grande questão é, se o site fosse brasileiro, haveria tantos portugueses a questionar o sentido léxico de uma frase? Ou interessavam-se pelo conteúdo em si???

  6. Ninguém tem preguiça não, colega , muitos brasileiros são muitos trabalhadores, podem ter tido desatenção . Ê para com esse arzinho de superioridade. Pessoas são iguais, independente do país.

RESPONDER

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …

Um laboratório vivo. Há residentes "superimunes" à covid-19 numa pequena cidade italiana

A pequena cidade de Vo, no norte de Itália, tornou-se um dos primeiros locais com um surto de covid-19 da Europa em fevereiro de 2020. Agora, os cientistas descobriram que a cidade abriga um número …

Portugal com duas mortes e 406 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 406 novos casos de infeção pelo coronavírus e nova descida no número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

Portugal "tem nível de rendimentos baixíssimo". Muitos municípios que perdem população desde o final II Guerra

Portugal tem municípios que perdem população desde o final da II Guerra Mundial e dificilmente fenómenos como o teletrabalho irão alterar esta paisagem, na opinião do geógrafo Álvaro Domingues, da Universidade do Porto. Em entrevista à …

Gestora em teletrabalho esqueceu-se da filha no carro. Bebé encontrada sem vida sete horas depois

Maria Pilar, uma bebé de dois anos, morreu esta sexta-feira, depois de ter ficado esquecida dentro do carro durante cerca de sete horas. A menina de dois anos esteve cerca de sete horas dentro do carro, …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Cimeira Social cheia de boas intenções deixa factura de um milhão de euros (e "erro" na comida da PSP)

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia comprometeram-se, na Cimeira Social do Porto, a "trabalhar em prol de uma Europa social". Mas o evento deixa uma polémica com as refeições distribuídas aos …

Alfredo Casimiro contrata Banco Nomura para vender 50,1% da Groundforce

O principal acionista da Groundforce anunciou este sábado, em comunicado, ter contratado o banco Nomura para assessorar a venda da participação de 50,1% da Pasogal na empresa de handling Groundforce, e pediu "especial atenção" ao …

Transferência para o Wolves. Diogo Jota recorda palavras de Jorge Mendes: "Vês como eu tinha razão?"

Diogo Jota, atual avançado do Liverpool, recuou no tempo e enfatizou a importância de Jorge Mendes na progressão da sua carreira. O avançado internacional português, que se transferiu esta temporada para o Liverpool, trocou o Atlético …

Um total de 19.359 agregados pagaram adicional de solidariedade do IRS

Entre o Continente e as regiões autónomas dos Açores e da Madeira são 19.359 os agregados com rendimento coletável acima dos 80 mil euros e que, por esse motivo, foram chamados a pagar taxa adicional …