Telescópio Hubble revela furacão misterioso na atmosfera de Neptuno

NASA / ESA / A. Simon

O observatório orbital Hubble recebeu novas fotografias de Neptuno e Urano, onde se podem observar novas manchas misteriosas na atmosfera do segundo maior gigante gasoso e um furacão enorme no polo norte do sétimo planeta.

O “traço marcante” de Júpiter é uma grande mancha vermelha – um furacão com um diâmetro de várias centenas de quilómetros e cuja velocidade alcança os cerca de 430 quilómetros por hora. Durante muito tempo, este foi considerado um traço único do maior gigante gasoso do Sistema Solar.

No entanto, desde os anos 1980, os cientistas começaram a duvidar desse facto. Em 1994, as imagens do telescópio Hubble mostraram que furacões parecidos com o de Júpiter podem, afinal, surgir também em Neptuno.

Há dois anos, o Hubble captou fotografias ainda mais detalhadas de Neptuno que confirmaram a existência, na sua atmosfera, de turbilhões com uma duração relativamente curta, de apenas alguns meses, em comparação com as estruturas seculares de Júpiter.

As novas imagens do Hubble, obtidas em setembro no âmbito do programa OPAL, indicaram o surgimento de mais uma grande mancha em Neptuno, localizada nas latitudes polares do hemisfério norte do planeta e cercada pelas caraterísticas nuvens brancas, o que prova as mudanças bruscas de temperatura nos seus arredores e os fluxos rápidos de ar.

Segundo os astrónomos da NASA, a Terra poderia caber dentro dessa mancha, uma vez que o diâmetro do furacão se aproxima dos 11 mil quilómetros. No entanto, como surgem estas estruturas e como se extinguem permanece um autêntico mistério para os cientistas.

Além disso, foi detetado mais um furacão no polo norte de Urano, com um tamanho ainda maior. Os cientistas supõem que o furacão se formou porque o sétimo planeta do Sistema Solar gira “de lado”.

Esta característica faz com que os seus pólos ora estejam voltados diretamente para o Sol, ora fiquem completamente escondidos, causando mudanças bruscas de temperatura, assim como tempestades e nuvens.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O que vocês aqui noticiam é a mais recente prova das alterações climáticas noutros planetas do nosso sistema solar e que tanto falo por aqui! Tempestades e alterações físicas nunca antes vistas, desde que inventaram o telescópio e observam os planetas. Quem não se lembra de Júpiter ter perdido uma lista? Alterações climáticas! Neptuno também apareceu uma grande mancha negra nunca antes vista e, juntamente com plutão, passaram por um “pole shift” muito recentmente. TODOS estão a passar por alterações!
    Não é só a Terra a passar por alterações climáticas!!! Isto já vem acontecendo desde os anos 80, mais acentuadas as mudanças no final dos anos 90!
    ABRAM OS OLHOS!
    NUVEM de GÀS ELETROMAGNETICA INTERESTELAR = ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS EM TODO O NOSSO SISTEMA SOLAR. Esta nuvem está a agitar TUDO, desde o micro ao macro. Vejam qual a temperatura dessa Local Fluff.
    Não esperem que a NASA ou outras entidades falem abertamente sobre isto, pois não podem ir contra a agenda das alterações climáticas antropogénicas! Nós é que temos de conetar os pontos por nós próprios.
    Para quem quiser aprofundar conhecimento, não deixem que façam isso por vocês, pesquisem!!!! “Local Fluff”, “Dr. Alexey Dmitriev” , analisem os estudos que saíram da NASA sobre os planetas,um a um, desde os anos 70, até hoje. As diferenças são abismais!
    Conhecimento é poder.

RESPONDER

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …

Ministros das Finanças e da Justiça britânicos demitem-se se Boris Johnson for primeiro-ministro

O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, disse este domingo à BBC que se demite se o candidato à liderança do Partido Conservador Boris Johnson se tornar primeiro-ministro, por se opor a um Brexit sem …

Há 50 anos, Armstrong pousou na lua. Simulação mostra como foi

A equipa do Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) da NASA recriou o pouso na superfície da Lua em 1969, do módulo lunar Apollo 11, conhecido como "Águia", mostrando o que o astronauta Neil Armstrong viu da …

Detido homem de 55 anos suspeito de atear fogo em Castelo Branco

Um homem de 55 anos foi detido pela PJ, em colaboração com a GNR, por suspeitas de incêndio florestal, ateado este sábado na zona de Castelo Branco. A Polícia Judiciária, em colaboração com a GNR, deteve …

A luta continua. Dezenas de milhares de manifestantes nas ruas de Hong Kong

Dezenas de milhares de manifestantes saíram este domingo à rua em Hong Kong, para mais um protesto contra as emendas à lei da extradição, já suspensas, e o Governo da cidade. A marcha arrancou pelas 15h30 …

“Demónio de Taganga” libertado em Portugal por atraso no envio de prova

Um cidadão israelita suspeito de liderar uma rede de prostituição em Taganga, Colômbia, e de estar a tentar replicar o esquema na Península Ibérica foi libertado pelo Tribunal da Relação de Lisboa e está a …

Nave russa Soyuz descola do Cazaquistão rumo à Estação Espacial Internacional

Na hora programada, às 21h28 locais (17h28 em Lisboa), a Soyuz MS-13 descolou do Cazaquistão, com o russo Alexandr Skvortsov, o norte-americano Andrew R. Morgan e o italiano Luca Parmitano a bordo. Os três levavam nos …

Costa quer fazer da Saúde a jóia da coroa da legislatura (e Centeno pode desempenhar funções importantes)

O programa eleitoral do PS foi este sábado aprovado, por unanimidade, no final da Convenção Nacional do partido, que decorreu em Lisboa. O programa eleitoral do PS para as legislativas de 06 de outubro foi apresentado …

Há 20 feridos e suspeita de mão criminosa nos incêndios de Castelo Branco e Santarém

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …