Fundador da Wikileaks vai ser ouvido em Londres

acidpolly / Flickr

Julian Assange, fundador da WikiLeaks

Julian Assange, fundador da WikiLeaks

O fundador da WikiLeaks, Julian Assange, refugiado na embaixada do Equador em Londres, aceitou ser ouvido por magistrados suecos na capital britânica, anunciou hoje o advogado.

“Estamos a cooperar com a investigação. Julian Assange aceita a proposta do Ministério Público sueco”, revelou o seu advogado, Per Samuelsson.

O Ministério Público apresentou a proposta de questionar Assange em Londres, na expectativa de fazer avançar o inquérito por violação, bloqueado desde que o australiano se refugiou na embaixada do Equador.

“A procuradora Marianne Ny enviou hoje um pedido aos advogados de Julian Assange para saber se ele aceitaria ser ouvido em Londres e para recolher uma amostra de ADN”, de acordo com um comunicado do Ministério Público sueco.

Até aqui, a justiça sueca tinha recusado ouvir Assange fora da Suécia, como sempre pediu o australiano. Mas o Ministério Público afirmou ter mudado de posição porque “vários factos dos quais é acusado Assange vão prescrever em agosto deste ano, ou seja, em menos de seis meses”.

“A minha posição foi que as condições para ouvir Assange na embaixada em Londres são tais que a qualidade desta audição teria lacunas e é preciso que ele esteja na Suécia para um eventual processo. Esta posição mantém-se”, explicou Ny.

Mas “agora o tempo começa a ser escasso e é preciso aceitar uma perda de qualidade no inquérito”, acrescentou a magistrada.

Se todas as partes estiverem de acordo, o Reino Unido deverá aceitar que uma audição de inquérito seja efectuado no seu solo por magistrados estrangeiros, e o Equador deve abrir as suas portas.

Julian Assange, de 43 anos, está refugiado na embaixada do Equador desde Junho de 2012, evitando assim um mandado de captura europeu que o Reino Unido conta executar assim que ele abandone território equatoriano.

A polícia britânica vigia o local 24 sobre 24 horas. O caso de violação remonta a 2010 e Assange negou sempre as acusações de violação feitas por duas suecas e declarou que as relações mantidas foram consensuais.

O australiano disse recear que a Suécia proceda à sua extradição para os Estados Unidos pelo seu papel na publicação no ‘site’ WikiLeaks de 250 mil telegramas diplomáticos norte-americanos e 500 mil relatórios militares considerados segredos da Defesa.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como é que um tipo tão giro, importante e influente ia perder tempo a violar umas suecas gordas e parvas? Só pode ser obra da CIA

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …