Funcionários de limpeza dos Hospitais já estão a ser vacinados

Sedat Suna / EPA

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais.

O vice-almirante Gouveia e Melo anunciou, esta quarta-feira, que começaram a ser vacinados trabalhadores de limpeza dos Serviços de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), sublinhando que é o risco da tarefa e não o estatuto profissional que deve prevalecer.

Ouvido de manhã pelos deputados da Comissão Parlamentar de Saúde, o coordenador da task-force para o plano de vacinação contra a Covid-19 disse ainda que este grupo de trabalho está disponível “para que os hospitais identifiquem os funcionários” que fazem a limpeza das unidades hospitalares, pois estão incluídos nas prioridades da fase 2 do plano.

É o risco e não o estatuto profissional que deve prevalecer. Já estão a ser vacinados operadores dos SUCH, que fornece a limpeza aos hospitais, que não estavam a ser”, afirmou.

Assim que os hospitais identificarem estes trabalhadores – acrescentou -, “forneceremos vacinas para serem vacinados através dos próprios hospitais. Não há qualquer restrição”.

Questionado sobre o eventual desperdício de vacinas que estão recomendadas para acima de determinadas idades (como a da Janssen e a Astra Zeneca), Gouveia e Melo respondeu que esse risco existe e que se estima em meio milhão de vacinas no segundo trimestre e 2,7 milhões no terceiro.

A partir de junho já não teremos pessoas com idade superior a 50 anos para vacinar“, estimou, sublinhando que, para não atrasar o processo de vacinação, se definiu “uma estratégia de contingência”, alargando a diferentes faixas etárias “para se usar todas as vacinas disponíveis”.

Disse ainda que o agendamento central (que incluiu o agendamento pelas bases de dados e agora o auto-agendamento) veio “aliviar carga” deste trabalho, “aumentando 20.000 a 30.000 pessoas ao processo de agendamento”.

Gouveia e Melo disse ainda que o agendamento central “vai tornar-se cada vez mais dominante e, futuramente, haverá apenas este [tipo de agendamento]“, ficando o agendamento local a funcionar apenas de forma pontual, em modo “carro-vassoura”, para encontrar pessoas que as autoridades tiverem dificuldade de chamar.

Sublinhou igualmente o sucesso do processo de auto-agendamento, da iniciativa ao utente, considerando que e permite “retirar níveis de ansiedade” das pessoas. Sobre a disponibilidade de vacinas, disse que na próxima semana se atingirá as 80.000 por dia, mas como há reservas pontualmente serão atingidas as 100.000/dia.

Na última semana de maio e em junho deverá intensificar-se a intensidade de vacinação, chegando às 140.000 vacinas/dia na semana de 14 junho. “A capacidade para vacinar e elevada e não há estrangulamentos ao processo“, insistiu.

Questionado sobre os profissionais de saúde alocados à vacinação, o responsável disse que as autoridades tentaram não alocar mais de 20% da capacidades dos Cuidados de Saúde Primários, para deixar os restantes 80% de capacidade para recuperar atividade que ficou atrasada por causa da pandemia.

No total, foram recrutados um total cerca de 4.700 profissionais (entre profissionais de saúde e assistentes), através de mobilidade interna.

Sobre a possibilidade de se contratar extra, Gouveia e Melo reconheceu que, por exemplo, ao nível dos enfermeiros, é difícil pois “a maior parte desta classe está a trabalhar” e o que as autoridades tentam fazer é contratar horas extra a estes profissionais.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA identifica nuvens estranhas (e coloridas) em Marte

Em Marte, as nuvens são normalmente encontradas no equador na época mais fria do ano, quando o planeta está mais distante do Sol. Mas os cientistas notaram nuvens estranhas e coloridas a formar-se sobre o …

Capital da Lituânia cria portal digital gigante para se ligar a outras cidades

Para combater o cansaço das restrições de viagens causadas pela pandemia de covid-19, a cidade de Vilnius, na Lituânia, decidiu construir um "portal" em tempo real para outras cidades. A cidade de Vilnius, capital da Lituânia, …

Jarra com galinha desmembrada usada como "maldição poderosa" na antiga Grécia

Uma jarra de cerâmica com 2.300 anos foi encontrada repleta de ossos de uma galinha desmembrada. Os arqueólogos acreditam que o achado representa uma antiga maldição direcionada a cerca de 55 pessoas da antiga Grécia. A …

Rio Ave recebeu incentivo de um adepto...do AC Milan

Surpreendente descida de divisão continua a ser assunto: Boavista entra na conversa e Vilas Boas demitiu-se. O Rio Ave começou a época nas competições da UEFA mas acabou a época a descer para a II Liga. …

Os macacos podem mudar o seu sotaque para comunicar com outras espécies

Todos nós já tentamos alterar o sotaque para que fossemos compreendidos melhor por outras pessoas. Alguns macacos também optam por esta via quando partilham o seu espaço com uma espécie intimamente relacionada. Os saguis da Amazónia …

Em 2019, as Cataratas de Vitória foram silenciadas. O problema ainda causa preocupações em África

No seu volume máximo, as Cataratas de Vitória, no Zimbabué, facilmente encaixavam como uma das maravilhas naturais do mundo. Chegaram a ter uma dimensão de 1,7 quilómetros no seu ponto mais largo e uma altura …

Basquetebol: Sporting campeão e FC Porto repete final violenta (9 anos depois do Benfica)

Sporting campeão num jogo marcado por decisões de arbitragem polémicas e por reações furiosas de jogador e treinador do FC Porto. Em 2012, contra o Benfica, o cenário foi pior - e a polícia envolveu-se …

A longa e estranha investigação dos "Assassinos do Apocalipse" pode resultar em pena de morte

“Chegou o apocalipse”, o desaparecimento e morte de pessoas são os elementos de uma longa e estranha investigação criminal que tem como protagonistas o casal Lori Vallow e Chad Daybell. O casal americano Lori Vallow e …

Apesar da pandemia, adeptos vão colorir os 11 estádios das 11 cidades do Euro2020

A 16.ª edição do Europeu de futebol vai realizar-se pela primeira vez em 11 cidades de 11 países e com adeptos a preencherem parte dos estádios, uma exigência imposta pela UEFA, apesar da pandemia da …

China usa tecnologia de reconhecimento facial para controlar minorias

O Governo chinês utiliza software de reconhecimento facial como ferramenta de opressão contra as minorias uigur e cazaque, na zona Oeste do país. Agora, um novo projeto fotográfico quer sensibilizar as pessoas para este problema. O …