Funcionário da Groundforce agredido por dois passageiros no aeroporto de Lisboa

Comparsa Fotografia / Flickr

-

Um funcionário da Groundforce foi este domingo agredido “brutalmente” por dois passageiros embarcados num voo da TAP que terão conseguido sair do avião e aceder à pista do aeroporto de Lisboa, denunciou o coordenador do SITAVA.

Em declarações à agência Lusa, Fernando Henriques adiantou que o incidente ocorreu de manhã, num voo das 10h30 da TAP, com destino a Paris, em que dois passageiros terão conseguido sair do avião e agredir o funcionário da Groundforce, empresa de assistência em terra nos aeroportos.

De acordo com o responsável do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA), os dois passageiros “desceram à placa e agrediram brutalmente um trabalhador da Groundforce, que teve de receber assistência hospitalar“, com suspeitas de “fraturas em duas costelas”, além de várias escoriações.

Fernando Henriques sublinhou que o avião da TAP “estava em posição remota”, ou seja, localizado num ponto da pista que só é acessível aos passageiros por transporte próprio autorizado, o que leva o sindicalista a responsabilizar a companhia aérea pelo facto de os dois passageiros terem conseguido sair do avião.

“Os dois passageiros desceram à placa e presumimos, porque não temos confirmação disso, que o tenham feito com autorização da tripulação porque não vemos de que outra forma um passageiro que já está dentro do avião consegue sair sem ser visto pela tripulação”, criticou.

Contactada pela Lusa, fonte da TAP confirmou que a empresa teve conhecimento do incidente a partir do relatório do comandante da aeronave, que reportou o mau comportamento de dois passageiros e de que estes tinham agredido um funcionário em terra.

A mesma fonte acrescentou que o incidente fez com que o voo saísse atrasado mas não confirmou, no entanto, que os alegados agressores já estivessem dentro do avião antes das agressões ocorrerem.

Já fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou à Lusa que as autoridades policiais do aeroporto foram chamadas por causa deste incidente, tendo os dois alegados agressores sido identificados, mas não foram detidos.

A fonte da PSP acrescentou que aquelas duas pessoas não seguiram no voo em que tinham embarcado, mas disse não saber se os dois homens seguiram ou não noutro voo com destino a Paris. Esclareceu ainda que o funcionário agredido tem agora seis meses para apresentar queixa.

Da parte da Groundforce, a assessora de imprensa adiantou que a empresa está a colaborar com as autoridades e que o funcionário tem intenção de apresentar queixa contra os dois agressores.

De acordo com Joana Nunes, o incidente acontece quando os dois passageiros veem o funcionário da Groundforce a manusear a sua mala “e não gostaram da forma como o funcionário o estava a fazer”.

“Saíram do avião, começaram a discutir e depois passaram para as agressões”, disse a responsável.

Para o coordenador do SITAVA, Fernando Henriques, esta é uma situação que demonstra uma “manifesta falta de segurança”, aproveitando para alertar que podem acontecer novas situações tendo em conta o fluxo estimado para este ano de mais quatro milhões de pessoas, o que pode “potenciar mais situações delicadas”.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Mas espera aí: como é que se sai de um avião em “posição remota”? Saltaram para a pista? Com portas fechadas? Esclareçam-me plz.

    • Foram tratados como tratam as bagagens, nada mais. Talvez assim aprendam.

      Viajo 4 vezes por ano e a minha média de duração de cada mala é pouco mais de 3 viagens. Todos os anos tenho pelo menos uma mala nova, paga pela companhia, claro

  1. Lamenta-se as agressões mas infelizmente já vi de tudo.
    Não é a 1.ª vez que as malas aparecem com os fechos partidos ou mesmo danificadas…
    Já assisti a coisas estranhas em que tratam as malas como sacos do lixo. Quando reclamei simplesmente assobiaram para o lado.

    Não basta pagar mais caro pelos bilhetes na TAP para termos o direito de sermos bem tratados…

    Quem sabe desta forma a tap e outras operadoras tomam medidas que visem “estimar” e “cuidar” da bagagem dos passageiros…

  2. Eu sou contra a agressão, mas vamos ver:
    Se houvesse fiscalização do pessoal e da forma como o pessoal trabalha, esse indivíduo já teria sido despedido. Logo não haveria agressão. Então os responsáveis são as empresas envolvidas.
    Isto é um exemplo simples que demonstra a inoperância das empresas e a falta de capacidade na gestão de pessoal.

  3. Lá que a bagagem é mal tratada isso é verdade e desta vez aquele pelos vistos teve azar, são as companhias que prestam o serviço que têm o dever de exigir dos seus funcionários um serviço correto mas pelos vistos nada disso acontece! Talvez fique aqui um bom aviso!.

  4. História muito mal descrita …
    Contudo ainda este domingo 02 Julho 17 neste mesmo aeroporto ,eu,após a chegada dum voo internacional enquanto esperávamos a bagagem,é devido a lentidão dos pax na área do controle de passaportes existia um acumular de bagagens no tapete que impedia a saída de outras malas.(a saída de malas para o tapete é gerido por um sistema eletrônico que só descarrega qdo existe espaço livre no tapete).Um Pax solicitou então aos dois únicos funcionarios visíveis e passantes na área se podiam ajudar retirando algumas bagagens do tapete,como é geralmente usual, ou arrumando melhor as bagagens no tapete para permitir a descarga de mais bagagens.A resposta pouco simpÁtica senão mesmo rude e mal educada destes dois senhores foi “tenham calma ” falando e gesticulando . É lamentável que a Groudforce tenha estes tipo de funcionários com este nível educacional. Vejam as imagens se quiserem no tapete 13 entre as 11.30 e 12.30 hrs no local oposto a saída de bagagens.
    Nós pagamos taxas caríssimas neste aeroporto e seria de bom tom um melhor serviço a todos os níveis neste caso.
    O voo era o TP proveniente de Natal.
    Depois acontecem coisas desagradáveis…
    Mas há muitas mais entre a TAP e a groundfource…infelizmente !

RESPONDER

Sair das redes sociais não garante privacidade

Uma pessoa que saia das redes sociais não tem garantia de privacidade porque os amigos que lá deixou continuam a permitir prever com alguma certeza as suas atividades, segundo um estudo científico. A investigação da equipa …

Hotel condenado a pagar 19 milhões por discriminação religiosa a funcionária despedida

Quando foi contratada pelo hotel Conrad, Marie Jean fez um acordo: não trabalharia ao domingo, para cumprir os seus compromissos religiosos na igreja Bethel Baptist. Marie Jean Pierre era uma imigrante a tentar ganhar a vida …

"Alpinista de biquiní' morre de hipotermia após queda em desfiladeiro

Famosa pelos seus passeios em biquíni pelas montanhas, Gigi Wu caiu de um desfiladeiro e morreu de hipotermia no Parque Nacional Yu Shan, em Taiwan. Gigi Wu, de 36 anos, apelidada de "alpinista de biquíni" pelos …

Crimes de Vale e Azevedo no Benfica prescreveram

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse esta terça-feira …

Suspensão de voos em Gatwick devido aos drones custou quase 17 milhões à easyJet

A transportadora aérea easyJet informou que os custos devido à suspensão da operação em Gatwick, um dos aeroportos que serve Londres, devido à presença de drones, chegou quase aos 17 milhões de euros. Em comunicado enviado …

Passageiro alcoolizado desviou um avião na Rússia

Um avião de passageiros que voava da Sibéria para Moscovo foi desviado por um passageiro que alterou a rota prevista, obrigando-o a aterrar no Afeganistão. O homem estaria alcoolizado e já foi detido. A Associated Press, …

Santana desafia partidos a falar sobre coligações antes das legislativas

O presidente do partido Aliança, Pedro Santana Lopes, desafiou os líderes partidários a dizerem antes das eleições legislativas deste ano se querem alguma coligação pós-eleitoral e com que partidos. Uma coligação pré-eleitoral dos partidos do centro-direita …

Polícia prende cinco suspeitos da morte de Marielle

A operação Os Intocáveis, desencadeada nesta manhã em áreas controladas por milícias do Rio de Janeiro, prendeu cinco suspeitos do envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. São integrantes de uma …

Centeno não estará no próximo Governo "para não ter de gerir as consequências" das políticas adotadas

Daniel Bessa, antigo ministro da Economia de António Guterres, alerta que as contas públicas estão "por arames", considerando que Mário Centeno, que lidera a pasta das Finanças no atual Executivo socialista, não fará parte de …

Cientista que criou bebés geneticamente modificados foi despedido

O cientista chinês He Jiankui, que anunciou a criação da primeira modificação genética de bebés, foi acusado pelo Governo chinês de driblar a fiscalização e de quebrar as diretrizes em busca de fama e fortuna. Esta …