Fronteiras com Espanha fechadas enquanto for “estritamente necessário”

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

O ministro da Administração Interna afirmou esta terça-feira que o controlo de pessoas nas fronteiras terrestres e fluviais entre Portugal e Espanha vai manter-se enquanto for “estritamente necessário”, devido à pandemia da covid-19, sem avançar datas.

No domingo, o Ministério da Administração Interna (MAI) confirmou que as fronteiras com Espanha vão continuar fechadas até 15 de abril e esta terça-feira o ministro Eduardo Cabrita disse que, enquanto for necessário, a medida é para manter.

“As fronteiras estarão sujeitas a controlo enquanto tal for estritamente necessário”, sublinhou Eduardo Cabrita, em declarações aos jornalistas à margem da sessão comemorativa do Dia da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Questionado se já era possível apontar uma data para o levantamento dos controlos, o governante preferiu não arriscar, remetendo para um nova avaliação da situação epidemiológica nos dois países.

“Desejamos todos que possamos recuperar a normalidade, mas o que fazemos é uma avaliação quinzenal e também aqui não correremos a imprudência que é estar a fazer uma projeção que seja desmentida pela realidade”, explicou.

As fronteiras com Espanha estão fechadas desde 31 de janeiro devido à pandemia de covid-19, sendo apenas permitida a circulação entre os dois países nos 18 pontos de passagem autorizados (PPA).

Segundo o MAI, as limitações não impedem a entrada em Portugal de cidadãos nacionais e de titulares de autorização de residência em Portugal, mas aqueles provenientes do Reino Unido, Brasil, África do Sul e de países com uma taxa de incidência de covid-19 igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes, que entrem em Portugal por via terrestre, têm de cumprir um período de isolamento profilático de 14 dias, no domicílio ou em local indicado pelas autoridades de saúde.

Em declarações aos jornalistas, Eduardo Cabrita comentou ainda o balanço feito pela Polícia de Segurança Pública da operação #Páscoa em Casa, no âmbito da qual foram detidas 370 pessoas, entre 26 de março e 05 de abril.

“As forças de segurança não registaram ocorrências particularmente significativas durante este período e contribuíram decisivamente para o cumprimento das restrições de circulação entre concelhos e para o respeito pelas regras sanitárias”, afirmou.

De acordo com o ministro, na quarta-feira decorrerá uma nova reunião da Estrutura de Monitorização da situação da covid-19 e então aí o Governo terá “uma visão mais global” do trabalho desenvolvido nos últimos dias.

Ainda relativamente à Páscoa, Eduardo Cabrita acrescentou: “A sensação que existe é que houve da parte da população uma generalizada perceção de que estamos num momento decisivo e que é fundamental continuar um caminho que nos tem conduzido a resultados que são encorajadores”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.862.002 mortos no mundo, resultantes de mais de 131,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.885 pessoas dos 823.494 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …