Formas parecidas com rosto humano atraem bebés até no ventre

A preferência dos bebés pelas formas semelhantes à do rosto humano parece estar presente desde antes do nascimento, segundo um estudo publicado esta quinta-feira na revista Current Biology.

Neste estudo, investigadores do Reino Unido projectaram imagens a fetos dentro do ventre da mãe, e estes reagiam perante as que pareciam um rosto.

A atracção que os bebés sentem pelos rostos era conhecida, mas este estudo traz a primeira evidência de que esta preferência se origina já no ventre materno.

“Até agora, pudemos explorar o uso de todos os sentidos do feto, excepto a visão. Isto inclui o tacto, paladar, olfacto, equilíbrio e audição. Mas agora podemos avançar na compreensão da visão”, disse à Agência EFE Vincent Reid, investigador da Universidade Lancaster e um dos autores do estudo.

Na pesquisa, publicada esta quinta-feira na revista Current Biology, os cientistas analisaram as reacções de 39 fetos de 34 semanas de gestação a padrões de luz que pareciam um rosto projectado no seu campo de visão dentro do ventre.

Ao mesmo tempo, viam as reacções dos fetos utilizando um ultrassom 4D, o que permitiu ver que os bebés em desenvolvimento giravam as cabeças com maior frequência quando o estímulo parecia um rosto.

“A nossa investigação mostra que o feto responde à informação visual“, explicou Reid.

Não só isso: o estudo, segundo Reid, também mostra que os fetos respondem activamente ao ambiente, uma vez que nos testes realizados estes movimentavam a sua cabeça para olhar durante mais tempo para as formas que pareciam um rosto.

“É o mesmo resultado que temos com os recém-nascidos. Portanto, esta preferência para olhar estas formas não se deve às experiências que acontecem após o nascimento“, explica Reid.

O cientista aconselha no entanto às mães que não tentem projectar luzes, pois isto pode ser agoniante para o bebé.

“Nós ajustamos a quantidade de luz segundo a grossura do tecido materno, para que não seja muito brilhante. Usamos modelos para saber a quantidade de luz que normalmente entra no útero e baseamos a força da nossa luz no que é normal para o feto. Uma luz forte não é aconselhável, pois pode causar dano”, explicou Reid.

Agora os investigadores querem saber se os fetos conseguem também discriminar números e quantidades. “Isto é algo que os recém-nascidos podem fazer. Se os fetos também podem, isso dir-mos-ia muito sobre as capacidades cognitivas fetais“, acrescentou.

  // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Para entender o porquê de assim ser , exige muito mais compreensão do espírito do que aquela que esses investigadores têm .
    Pois para esses investigadores , a linha de pensamento dos mesmos que que os animais não conseguem desenvolver uma comunicação racional entre a sua espécie .
    O qual já foi provado que essa linha de pensamento humana estava errada .
    Para esses investigadores , um feto é algo estático sem qualquer tipo de raciocínio .
    Para mim esses investigadores são todos uma carrada de atrasados mentais .

    Inteligentes seriam eles se projetassem imagens de animais extremamente consumidos no dia-a-dia pelo ser humano , e ver a reação se é idêntica.

RESPONDER

Explosão em mesquita no Afeganistão faz vários mortos

Uma forte explosão atingiu, esta sexta-feira, uma mesquita xiita na cidade de Kandahar, no Afeganistão, tendo feito vários mortos e feridos. De acordo com a BBC, pelo menos 16 pessoas morreram e 32 ficaram feridas, na …

PCP diz ser "lamentável ver ministros a falar de eleições antecipadas"

O líder parlamentar do PCP respondeu aos ministros do Governo socialista que, nos últimos dias, têm acenado com os problemas de um eventual cenário de eleições antecipadas. Nos últimos dias foram vários os ministros que têm …

Médico que salvou Eriksen diz que teve sorte: "Os remédios para o coração só duram dois meses"

O médico que salvou Christian Eriksen diz que o futebolista teve sorte. Os medicamentos para o coração "só duram dois meses" e, por acaso, o que Morten Boesen tinha na mala era novo. O mundo do …

Polónia legaliza expulsão de migrantes nas fronteiras (e vai construir muro ao estilo de Trump)

O parlamento polaco aprovou esta quinta-feira uma alteração à lei nacional sobre os estrangeiros que legaliza a prática controversa de expulsão nas suas fronteiras e permite ignorar um pedido de asilo feito após a travessia …

Jovem de 18 anos sofre duas paragens cardíacas

Fellipe, que chegou há poucos dias ao Atlético Goianiense, estava a treinar nesta terça-feira. Presença do médico no treino evitou morte imediata. O Atlético Goianiense vive uma semana de angústia, devido ao estado grave de um …

José Sena Goulão / Lusa

Do Conselho Nacional do PSD, saiu um Rangel candidato e um Rio "muito preocupado" — mas sobretudo derrotado

Sociais-democratas vão mesmo a eleições internas a 4 de dezembro, apesar da tentativa de Rui Rio em tentar adiar a votação. Paulo Rangel é, até ao momento, o único candidato. Há muito que as peças do …

"Olé! Olé!": árbitro não gostou e parou o jogo

Atitude muito pouco habitual. Episódio aconteceu num jogo no Brasil e os "culpados" foram os convidados. A Oeirense é o novo campeão da segunda divisão, a Série B, do Campeonato Piauiense. O torneio foi conquistado pela …

Excremento humano, com 2600 anos, encontrado em Hallstatt, na Aústria

Europeus da Idade do Ferro já comiam queijo azul e bebiam cerveja

Amostras de fezes da Idade do Ferro, encontradas na Áustria, mostraram ter dois tipos de fungos usados ainda hoje para fazer queijo azul e cerveja. Em comunicado, os cientistas responsáveis pela pesquisa explicam que as fezes …

Bolsonaro diz ter vontade de privatizar Petrobras e sugere que população poupe combustível

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, criticou ontem a política de preços da petrolífera Petrobras e disse ter vontade de privatizar a estatal, sugerindo ainda à população que economize combustível. As declarações de Bolsonaro foram feitas em …

Caso EDP. Relação arrasa Ivo Rosa por revogar despacho de Carlos Alexandre

O Tribunal da Relação de Lisboa arrasou o juiz Ivo Rosa por ter assumido competências que não lhe pertencem ao ter revogado um despacho de Carlos Alexandre. Os desembargadores Augusto Lourenço e João Lee Ferreira, do …