Furacão Florence já fez 5 mortos (e pode trazer epidemia de cobras venenosas)

Jim Lo Scalzo / EPA

Cinco pessoas morreram e outras dezenas ficaram presas em casas na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, depois de vários rios terem transbordado devido ao furacão Florence. Os meteorologistas alertam que as inundações vão piorar e podem trazer uma epidemia de cobras venenosas. 

As primeiras vítimas mortais confirmadas são uma mulher e o seu bebé que faleceram devido à queda de uma árvore sobre a sua casa na cidade de Wilmington, muito próxima ao lugar onde o furacão Florence tocou terra esta manhã. O pai da criança também sofreu com o impacto da árvore, mas sobreviveu e foi deslocado para um centro médico próximo.

Quem não chegou ao hospital foi uma mulher de Hampstead, pois a ambulância que a foi socorrer devido a um ataque cardíaco não conseguiu chegar a tempo graças às árvores derrubadas no caminho pelos ventos do furacão, que já passou a tempestade tropical.

Posteriormente, o escritório do governador de Carolina do Norte, Roy Cooper, informou que um homem de 78 anos morreu ao ligar um cabo de corrente a um gerador elétrico no condado de Leonoir, a mesma região na qual, segundo a imprensa norte-americana, outro idoso de 77 anos apareceu morto.

Segundo o canal local CBS 17, a polícia acredita que esta última morte aconteceu na consequência de uma queda provocada por uma rajada de vento quando o homem saiu de casa.

Desta forma, quatro das mortes foram provocadas de forma direta ou indireta pelos fortes ventos que se registam nos estados da Carolina do Norte e da Carolina do Sul. O furacão também deixou mais de meio milhão de pessoas sem eletricidade.

Os locais mais afectados pelo furacão estão a sofrer fortes inundações e a água pode atingir níveis históricos e surpreendentes, como ilustra um canal de meteorologia recorrendo à realidade virtual no vídeo que tem sido partilhado no Twitter.

A par deste cenário, os habitantes das zonas afectadas pelo Florence ainda poderão ter que enfrentar uma invasão de cobras venenosas, como alertam alguns especialistas em répteis.

A forte tempestade tropical pode levar todo o tipo de cobras a deixarem os seus habitats naturais na costa, levando-as até às zonas de habitação, frisa o especialista de répteis de um zoo, Thad Bowman, ao site local Myrtle Beach Online.

seis cobras venenosas nativas da Carolina do Norte e da Carolina do Sul que podem ser letais. “Elas injectam veneno que causa a destruição dos tecidos e a perda de plaquetas, provoca hemorragias e pode causar a morte”, explica o médico Gerald O’Malley citado pela publicação.

Entretanto, correm rumores e imagens falsas pelas Redes Sociais, nomeadamente sobre supostos tubarões arrastados para terra pelo Florence. Há fotos com alegados tubarões a nadar na auto-estrada e até supostas notícias sobre essa invasão que não aconteceu.

Mas, mesmo sem tubarões, os habitantes da costa norte-americana estão a viver um verdadeiro cenário de terror devido ao Florence, com estragos e dificuldades que se vão prolongar durante muitos dias depois de o furacão passar.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Entrevista: "Demorei 2 anos a aperfeiçoar o meu passe; os miúdos de Timor já jogam lindamente!"

Sara Moreira Silva é a líder da primeira escola de voleibol em Timor-Leste, que vai arrancar em janeiro de 2021. Fica aqui a perspetiva de uma portuguesa que vê muito talento entre os timorenses...que não …

O edifício mais antigo do mundo ainda em funcionamento "mora" em Roma

O Panteão de Roma, o edifício mais antigo desta cidade italiana, continua a ser utilizado nos dias de hoje, cerca de 2.000 anos depois da sua construção. Edificado em meados de 125 a.C sob a …

Da cabeça de javali à perdiz. Historiadores e chefs ensinam a cozinhar pratos medievais

Uma equipa de historiadores e grandes chefs reuniu-se para oferecer um curso online para ensinar os alunos a criar banquetes medievais. Professores da Universidade de Durham e chefs do restaurante Blackfriars criaram o Eat Medieval, que …

The Climate Store. Os preços desta loja sueca variam conforme a pegada ecológica

Os rótulos dos alimentos já indicam o quão bom ou mau um produto é para a nossa saúde, mas e o planeta? Um número crescente de marcas está agora a rotular os seus produtos para …

A cidade-irmã mais famosa de Petra abre finalmente ao público. "Esconde" túmulos amaldiçoados

A cidade de Hegra, localizada nos desertos a norte de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, vai pela primeira vez abrir ao público, podendo os visitantes explorar agora este local antigo sem quaisquer restrições. …

Falha no Microsoft Excel pode ter levado a mais de 1.500 mortes no Reino Unido

Um erro no Microsoft Excel que eliminou quase 16 mil casos de covid-19 das estatísticas do Reino Unido pode ter levado a mais de 1.500 mortes evitáveis, de acordo com um artigo da Warwick University. Os …

Pessoas com bons hábitos de sono têm menor risco de insuficiência cardíaca

Os padrões de sono saudáveis ​​incluem acordar de manhã cedo, dormir 7 a 8 horas por noite e não ter insónias ou sonolência diurna excessiva. Esta pode ser a receita secreta para evitar insuficiência cardíaca, …

Marcelo quer regras do Natal na próxima semana. E lembra que não há lugar para uma crise política

O Presidente da República defendeu, esta sexta-feira, que as medidas para o fim-de-semana do Natal devem ser conhecidas já na próxima semana. E congratulou-se com o facto de já haver um Orçamento aprovado. Em resposta às questões …

Jogos de guerra ajudaram exércitos a vencer guerras. É uma tradição secular

Alguns jogos de guerra foram utilizados por vários exércitos internacionais para simular conflitos e treinar militares para guerras reais, contou à revista Vice Antoine Bourguilleau, que escreveu recentemente um livro sobre o fenómeno. Estes jogos …

Código da Estrada alterado. Uso do telemóvel ao volante com multas mais pesadas

O uso do telemóvel durante a condução vai passar a ter uma coima entre os 250 e os 1250 euros, segundo as alterações ao Código da Estrada aprovadas, esta sexta-feira, em Conselho de Ministros. "O Conselho …