Física por trás dos castelos de areia comprova teoria de 150 anos

Construir castelos de areia na praia é uma tradição consagrada pelo tempo em todo o mundo. Recentemente, ajudou uma equipa de investigadores a resolver um mistério de 150 anos: a equação de Kelvin.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Manchester, no Reino Unido, liderada pelo Prémio Nobel de Física Andre Geim, conseguiu resolver um mistério de 150 anos que está por trás de um fenómeno natural que ajuda na construção de castelos de areia.

Segundo o SciTechDaily, os investidores conseguiram desmistificar, em laboratório, o microscópico processo de condensação capilar. As conclusões desta equipa provam que Lord Kelvin, um dos grandes pioneiros da Física, estava certo e errado ao mesmo tempo.

Sendo a condensação capilar um fenómeno fundamentalmente microscópico que envolve algumas camadas moleculares de água, por que motivo pode ser descrita usando equações macroscópicas e características macroscópicas da água em massa? O estudo, publicado em dezembro na Nature, responde a esta questão.

A condensação capilar é um fenómeno omnipresente que influencia propriedades importantes como a fricção, a adesão, o atrito, a lubrificação e a corrosão. Além disso, é importante em muitos processos tecnológicos usados na microeletrónica, indústria farmacêutica, alimentícia e outras.

Aliás, “nem os castelos de areia poderiam ser construídos se não fosse pela condensação capilar”, explicou Andre Geim.

Mesmo no interior de materiais porosos ou entre superfícies em contacto, o vapor de água condensa-se espontaneamente. No caso dos castelos de areia, a água serve como uma espécie de cola que mantém os grãos juntos, através de forças capilares. Este fenómeno também acontece quando as camadas de água são compostas por poucas moléculas.

Em 1871, o físico Lord Kelvin propôs a primeira descrição macroscópica aproximada da condensação capilar. A “equação de Kelvin” parecia funcionar razoavelmente bem numa escala microscópica, mas não havia qualquer evidência científica. Pelo menos, até agora.

Teoria de 150 anos

A equipa da universidade britânica criou capilares artificiais capazes de acomodar apenas uma camada de moléculas de água. O objetivo era descobrir de que forma um fenómeno fundamentalmente microscópico pode ser descrito usando equações macroscópicas e características macroscópicas da água em massa.

Em laboratório, os cientistas chegaram à conclusão de que a equação de Kelvin pode descrever a condensação capilar mesmo nos capilares mais pequenos – pelo menos, qualitativamente.

“Foi uma grande surpresa. Eu esperava um colapso completo da física convencional”, disse Qian Yang, principal autor do estudo. “A velha equação acabou por funcionar muito bem. Foi um pouco dececionante, mas também emocionante resolver este mistério centenário.”

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Um carro movido a energia solar? Bom. Um carro-casa movido a energia solar para fazer 3 mil km? Melhor ainda

Projeto foi desenvolvido por estudantes universitários holandeses, cujo trabalho em veículos movidos a energia solar é já conhecido. O Stella Vita será testado numa viagem de longo curso pelo sul de Espanha já este mês, …

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …