Finalmente provado: manteiga não faz mal ao coração

Um enorme estudo realizado pela Universidade Tufts, nos EUA, não encontrou qualquer ligação entre o consumo de manteiga e doenças cardiovasculares. A demonização da manteiga já pode terminar.

Desde a década de 1970 que a orientação médica é no sentido de não se comerem alimentos com muitas gorduras saturadas, a pretexto de que contribuem para problemas no coração.

Uma equipa de investigadores norte-americanos descobriu, porém, que as gorduras saturadas não são tão terríveis como se imaginava – pelo menos para o coração.

O meta-estudo, publicado esta quinta-feira na PLOS One,  analisou mais de 600 mil trabalhos em 15 países, envolvendo 6,5 milhões de pessoas que estiveram anos em acompanhamento.

E a conclusão é que não há relação entre o consumo de manteiga e as doenças cardíacas.

Os investigadores, na verdade, ficaram surpreendidos com uma das descobertas do estudo.

A equipa observou que o consumo moderado de manteiga provocou na realidade uma redução – sim, leu bem – na probabilidade de desenvolvimento de diabetes.

Com efeito, uma dieta com consumo de uma colher de sopa de manteiga por dia mostrou surpreendentemente uma redução de 4% no risco de diabetes.

A má notícia é que os investigadores também concluíram que esta dieta está porém associada a um aumento em 1% do risco de mortalidade geral, ou seja, todas as mortes, independentemente da causa.

Mas os cientistas suspeitam que essa ligação aconteça por outros factores: quem consome manteiga tem normalmente hábitos alimentares e estilos de vida piores.

Manteiga vs Margarina

Os resultados do estudo querem dizer que a manteiga está totalmente ilibada e pode ser consumida a torto e a direito?

Claro que não.

O estudo apenas provou que não é o consumo moderado do alimento que provoca doenças cardiovasculares – o que não quer dizer que a manteiga seja considerada saudável.

Outro factor que torna a manteiga problemática é o facto de ser normalmente consumida com produtos que também não são saudáveis, como pão branco, croissants, pão de queijo, waffles e outros alimentos ricos em açúcar e farinha refinada.

A manteiga continua a ser considerada pior que a margarina sem gordura trans e óleos de cozinha como de soja e canola.

Mas o melhor que podemos mesmo usar para barrar o pão ainda é o azeite, que é rico em ácidos gordos monoinsaturados, que ajudam a aumentar o HDL e diminuir o LDL.

“Os nossos resultados sugerem que a manteiga nem deve ser demonizada, nem considerada “alimento saudável”, diz Dariush Mozaffarian, autor principal do estudo.

Os investigadores querem agora descobrir por que foi observada uma diminuição de 4% no risco de diabetes em quem consome manteiga.

Para já, uma das hipóteses avançadas é que tal ocorra com o consumo de lacticínios em geral, e não apenas manteiga.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …

Cientistas reconstruiram a cara mutilada de uma guerreira Viking

Um esqueleto encontrado num cemitério Viking em Solør, na Noruega, tinha sido identificado como sendo de uma mulher há vários anos, mas os especialistas não tinham a certeza se tinha sido verdadeiramente uma guerreira. Agora, a …

Banco de Portugal vai pagar ao Estado valor recorde em dividendos em 2020

O Banco de Portugal deverá pagar ao Estado cerca de 550 milhões de euros em dividendos em 2020. Este é o montante que está em cima da mesa, mas ainda é prematuro calcular o valor. A remuneração …