Foi finalmente desvendado o mistério do “dinossauro bebé” chinês

wikimedia

Nova espécie de dinossauro oviraptossauro, baptizada como Beibeilong sinensis ou "bebé dragão chinês".

Nova espécie de dinossauro oviraptossauro, baptizada como Beibeilong sinensis ou “bebé dragão chinês”.

Um fóssil descoberto na China há mais de 25 anos, que ficou conhecido como “Baby Louie”, foi, finalmente, identificado. Trata-se de uma nova espécie de dinossauro com penas que foi baptizado como “bebé dragão chinês”.

Descoberto na China há mais de 25 anos, dentro de um ninho de dinossauros, este fóssil ficou conhecido como “Baby Louie”, depois de um artigo que saiu na revista National Geographic em 1996.

Mas só agora foi, finalmente, identificado como pertencendo a um grupo de dinossauros, semelhantes a grandes pássaros, conhecidos como oviraptossauros. Os paleontólogos responsáveis pela sua identificação baptizaram-no de Beibeilong sinensis que, traduzindo, significa algo como “bebé dragão chinês”, salienta a BBC.

O fóssil foi encontrado nas rochas de Henan por agricultores chineses e acabou por ser vendido ilegalmente para os EUA. Só em 2013 foi devolvido à China, onde foi finalmente analisado e identificado.

Darla Zelenitsky / University of Calgary

Ilustração do dinossauro "bebé dragão chinês" - ou Beibeilong sinensis - dentro do ovo.

Ilustração do dinossauro “bebé dragão chinês” – ou Beibeilong sinensis – dentro do ovo.

“Porque também se encontraram fósseis de grandes terópodes, como os tiranossauros, nas rochas em Henan, algumas pessoas pensaram, inicialmente, que os ovos poderiam ter pertencido a um tiranossauro”, explica uma das autoras do estudo, a professora Darla Zelenitsky, da Universidade de Calgary, no Canadá, citada pelo Telegraph.

“Graças a este fóssil, sabemos agora, que estes ovos foram postos por um oviraptossauro gigante, um dinossauro que se pareceria muito com um casuar muito grande. Teria sido um espectáculo de se ver, com um animal de três toneladas, como este, sentado no seu ninho de ovos”, realça Darla Zelenitsky.

A descoberta desta nova espécie de oviraptossauro é vista como a prova de que estes dinossauros terão sido comuns nos territórios da actual América do Norte e da Ásia, há cerca de 100 milhões de anos.

“A distribuição geográfica e ocorrências abundantes de vestígios de ovos Macroelongatoolithus revelam que os oviraptossauros gigantes estavam, relativamente, difundidos e, talvez, até tenham sido comuns no início do Cretáceo Superior, mesmo que os seus restos esqueléticos sejam escassos e ainda tenham que ser identificados em muitas regiões”, escrevem os autores do artigo publicado na Nature Communications.

Apesar de eternizado como “bebé dinossauro”, este espécimen, que foi encontrado num estado jovem, do tamanho de uma pequena cobaia, teria crescido até atingir mais de 1000 quilos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …