Foi finalmente desvendado o mistério do “dinossauro bebé” chinês

wikimedia

Nova espécie de dinossauro oviraptossauro, baptizada como Beibeilong sinensis ou "bebé dragão chinês".

Nova espécie de dinossauro oviraptossauro, baptizada como Beibeilong sinensis ou “bebé dragão chinês”.

Um fóssil descoberto na China há mais de 25 anos, que ficou conhecido como “Baby Louie”, foi, finalmente, identificado. Trata-se de uma nova espécie de dinossauro com penas que foi baptizado como “bebé dragão chinês”.

Descoberto na China há mais de 25 anos, dentro de um ninho de dinossauros, este fóssil ficou conhecido como “Baby Louie”, depois de um artigo que saiu na revista National Geographic em 1996.

Mas só agora foi, finalmente, identificado como pertencendo a um grupo de dinossauros, semelhantes a grandes pássaros, conhecidos como oviraptossauros. Os paleontólogos responsáveis pela sua identificação baptizaram-no de Beibeilong sinensis que, traduzindo, significa algo como “bebé dragão chinês”, salienta a BBC.

O fóssil foi encontrado nas rochas de Henan por agricultores chineses e acabou por ser vendido ilegalmente para os EUA. Só em 2013 foi devolvido à China, onde foi finalmente analisado e identificado.

Darla Zelenitsky / University of Calgary

Ilustração do dinossauro "bebé dragão chinês" - ou Beibeilong sinensis - dentro do ovo.

Ilustração do dinossauro “bebé dragão chinês” – ou Beibeilong sinensis – dentro do ovo.

“Porque também se encontraram fósseis de grandes terópodes, como os tiranossauros, nas rochas em Henan, algumas pessoas pensaram, inicialmente, que os ovos poderiam ter pertencido a um tiranossauro”, explica uma das autoras do estudo, a professora Darla Zelenitsky, da Universidade de Calgary, no Canadá, citada pelo Telegraph.

“Graças a este fóssil, sabemos agora, que estes ovos foram postos por um oviraptossauro gigante, um dinossauro que se pareceria muito com um casuar muito grande. Teria sido um espectáculo de se ver, com um animal de três toneladas, como este, sentado no seu ninho de ovos”, realça Darla Zelenitsky.

A descoberta desta nova espécie de oviraptossauro é vista como a prova de que estes dinossauros terão sido comuns nos territórios da actual América do Norte e da Ásia, há cerca de 100 milhões de anos.

“A distribuição geográfica e ocorrências abundantes de vestígios de ovos Macroelongatoolithus revelam que os oviraptossauros gigantes estavam, relativamente, difundidos e, talvez, até tenham sido comuns no início do Cretáceo Superior, mesmo que os seus restos esqueléticos sejam escassos e ainda tenham que ser identificados em muitas regiões”, escrevem os autores do artigo publicado na Nature Communications.

Apesar de eternizado como “bebé dinossauro”, este espécimen, que foi encontrado num estado jovem, do tamanho de uma pequena cobaia, teria crescido até atingir mais de 1000 quilos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Envolvido em escândalo financeiro, cardeal Becciu renunciou ao cargo no Vaticano

O prefeito da Congregação da Causa dos Santos, o cardeal Angelo Becciu, resignou esta quinta-feira ao cargo e aos seus direitos enquanto cardeal, numa altura em que vê o seu nome envolvido num escândalo financeiro, …

Nanocorpo de alpaca é capaz de bloquear infeção por covid-19

Cientistas do Instituto Karolinska, na Suécia, identificaram um pequeno anticorpo neutralizante - nanocorpo - que consegue bloquear a entrada do Sars-CoV-2 nas células humanas. Uma equipa de investigadores suecos, do Instituto Karolinska, descobriu que um nanocorpo …

A Terra está prestes a capturar uma nova mini-lua. Ficará por cá meio ano

A Terra está prestes a capturar uma mini-lua, que os astrónomos acreditam que ficará presa na gravidade do nosso planeta durante cerca de meio ano. Entende-se por mini-lua um objeto de pequenas dimensões que é …

Cientistas medem, pela primeira vez, a distância até um magnetar na Via Láctea

Com a ajuda do observatório Very Long Baseline Array (VLBA), uma equipa de astrónomos conseguiu medir, pela primeira vez, a distância até ao magnetar XTE J1810-197, localizado na Via Láctea.  Os magnetares são um tipo de …

Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas. De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, …

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …