Ficheiros Kennedy: Martin Luther King era “comunista” e cometia “aberrações sexuais”

robert_trudeau/ / Flickr

Martin Luther King em 1958

Os documentos tornados públicos sobre o assassinato do ex-presidente dos EUA, John F. Kennedy, contêm um relatório no qual o FBI acusa o reverendo Martin Luther King de ser comunista e de cometer “aberrações sexuais”.

Os documentos foram publicados por ordem do presidente Donald Trump, que determinou o fim do sigilo de grande parte dos documentos ainda secretos sobre a morte do presidente John F. Kennedy em 1963.

Entre eles está um documento sem relação aparente com o assassinato do ex-presidente: um relatório de 23 páginas no qual o FBI analisa o perfil de Martin Luther King. O arquivo tem a data de 12 de março de 1968, três semanas antes do homicídio deste célebre líder do movimento pela defesa dos direitos civis no país.

Não há referência a Kennedy no dossiê sobre Luther King e também não é claro o porquê do documento só ter sido publicado agora. As últimas duas páginas do relatório acusam o reverendo de participar em “orgias sexuais de bêbados”, pelo menos desde 1964, nas quais eram praticados “atos não naturais”.

“Durante os anos seguintes e até agora, King continuou a cometer estas aberrações sexuais em segredo, enquanto, em público, se apresentava como um líder moral de convicções religiosas”, indicou o FBI no relatório.

O documento também acusa King de ter tido uma filha com a esposa de um dentista da Califórnia com quem teve uma “aventura” desde 1962, e diz que manteve relações extramatrimoniais com outras três mulheres, uma delas a cantora Joan Baez.

Além disso, o FBI define King como um “marxista de coração“, que “apoiava em segredo o comunismo e que se cercava de assessores que tinham laços com esse partido nos EUA”.

// EFE

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Quanto aos “atos não naturais” o FBI é pouco explícito… seriam homo, hetero, bi ou era mais… tudo ao monte e fé em Deus (o homem até era reverendo)

    Agora mais a sério: O curioso é aparecer, por um mero acaso obviamente, um documento “sem relação aparente com o assassinato do ex-presidente” e no qual “Não há referência a Kennedy”, mas que vem denegrir a imagem de um DEMOCRATA e defensor dos direitos do negros, coisas a que o senhor Trump é um bocado avesso e se puder com uma cajadada deitar abaixo democracia e negros fica muito satisfeito.

  2. Naquele tempo só havia uma pessoa normal no FBI. Era o Edgar Hoover. Todos os outros, ou eram comunistas, ou homosexuais. Mais tarde veio a descobrir-se, ironia das ironias, que o Edgarzinho pegava ele próprio de empurrão. E o resto talvez ainda esteja por desvendar nos documentos classificados que o Trump ainda não mandou disponibilizar.

  3. Se o documento não é claro, estão a especular, a prestar um péssimo serviço às pessoas, que dificilmente aceitarão este insulto ao grande herói dos direitos cívicos, não só da raça negra, mas também, da humanidade.

  4. Quer dizer: o MLK gostava de várias mulheres, não era racista porque fazia sexo com a Joan Baez, e então era depravado. O presidente Kenedy fartou-se de galar a Merylin e era o quê? O Trump ainda vai descobrir que o Jack Nicholson é maluco por mulheres, que é uma novidade. Oxalá a primeira dama não venha a revelar que O Trump não é aquele macho porque se faz passar.

RESPONDER

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …