O ferro trabalhado na Idade do Bronze vinha de meteoritos

JPL-Caltech / NASA

O ferro utilizado em artefactos da Idade do Bronze foi sempre de origem meteórica, segundo demonstrou um investigador do Museu Nacional da História Natural de França.

Ainda que os meteoritos já tenham sido reconhecidos como uma fonte deste metal, a comunidade científica não tinha conseguido determinar se representavam a maioria ou apenas alguns artefactos de ferro da Idade do Bronze.

Albert Jambon conseguiu estabelecer a origem meteórica exclusiva destes insólitos artefactos e como esta prática foi abandonada durante a Idade do Ferro. O seu trabalho foi publicado na edição de dezembro de 2017 da revista Journal of Archaelogical Science.

A Idade do Ferro começou em Antólia e Cáucaso por volta de 1200 antes de Cristo. Mas quase 2 mil anos antes, várias culturas fabricaram objetos com ferro. Esses artigos eram extremamente raros e sempre muito apreciados.

O mineral ferro abunda na superfície terrestre. Então, o que fazia com que estes artefactos fossem tão valiosos? A investigação inicial mostrou que alguns deles eram feitos com ferro de meteoritos, o que levou os cientistas a perguntarem-se quantos mais existiriam.

Albert Jambon reuniu os dados disponíveis e realizou a sua própria análise química não destrutiva de amostras utilizando um espectómetro portátil de fluorescência de raios-x. A sua coleção de artefactos de ferro inclui contas de Gerzeh (Egito, 3200 a.C.), uma espada curta, conhecida como adaga, de Alaca Höyük (Turquia, 2500 a.C.), um colar de Umm el-Marra (Síria, 2300 a.C.), um machado de Ugarit (Síria, 1400 a.C.) e várias outras da civilização da dinastia Shang (China, 1400 a.C.), assim como a adaga, bracelete e almofada de Tutankhamon (Egito, 13500 a.C.).

A investigação revelou que um destes artefactos da Idade do Bronze foi feito com ferro meteórico. Quando se formam grandes corpos celestes como o nosso planeta, quase todo o níquel – elemento químico – se desloca até ao núcleo de ferro fundido. Por isso, é extremamente raro encontrá-lo à superfície.

No entanto, alguns meteoritos são criados quando os corpos celestes se quebram. Se estes meteoritos são compostos do material central, na sua maioria contêm ferro com altos níveis de níquel e cobalto.

Esta característica permite identificar a fonte de ferro. O ferro meteórico também se encontra no estado metálico, pronto a ser usado, o que explica por que se usou em todos os artefactos de ferro da Idade de Bronze.

Pelo contrário, os compostos de ferro nos minerais terrestres primeiro têm que ser submetidos ao processo de redução, que elimina o oxigénio unido para produzir o metal desejado. Esta é a base da fundição em fornos, um avanço que marcou o começo da Idade de Ferro.

Com a fundição, as culturas da Idade do Ferro puderam esquecer o metal extraterrestre raro e usar de forma generalizada os minerais de ferro terrestres, muito mais abundantes e fáceis de conseguir.

As descobertas de Albert Jambon refutam certas teorias que propõem que as ligas de ferro carregadas de níquel se obtiveram dos minerais terrestres.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E os ditos minerais terrestres vieram de onde, de alguma árvore???
    Todos os materiais existentes na terra neste momento, são provenientes do espaço exterior, por isso acho que este cientista andou a queimar neurónios à toa, ou então a noticia estará incompleta em relação ao objeto de estudo.

  2. Pelo que me é dado entender, o níquel, em grandes corpos celestes como o nosso planeta, desloca-se até ao núcleo de ferro fundido, daí a dificuldade em encontrá-lo. Portanto existe esse ferro no nosso planeta, por isso o podemos extrair. Só que o ferro extraído tem que ser submetido a um processo de redução. Esse ferro meteórico citado na notícia, é proveniente de corpos celestes que se terão quebrado e esses meteoritos constituídos do material central desses tais corpos celestes, será já ferro directamente utilizável. Terei entendido bem?

RESPONDER

China proíbe a venda de vários modelos de iPhone (e as ações da Apple caem)

As ações da gigante norte-americana Apple sentiram uma queda de 1,7% na bolsa de Nova Iorque depois de o Tribunal de Fuzhou, na China, ter proibido a venda de alguns modelos de iPhone no país. …

Suspeito da morte de Maëlys admite ter filmado agressões sexuais a crianças

O principal suspeito da morte da jovem lusodescendente Maëlys de Araújo admitiu ter filmado agressões sexuais contra a afilhada e a prima, de quatro e seis anos de idade, respetivamente, antes de, alegadamente, matar a …

Preço do bilhete para visitar o Taj Mahal sobe 400% (para os indianos)

Os especialistas alertam que o fluxo de pessoas está a causar danos irreversíveis ao monumento emblemático mais importante da Índia. O preço do bilhete para os visitantes indianos do Taj Mahal foi aumentado em 400%, na …

Morreu Gérman, o último habitante das ilhas Ciés

Germán Luaces Freijeiro, de 54 anos, instalou-se no arquipélago de Cíes, localizado na foz do estuário de Vigo, em meados dos anos 90 e nunca mais se voltou a mudar. Vivia sozinho naquelas ilhas onde acolhia …

Atentado no Mercado de Natal de Estrasburgo faz quatro mortos e nove feridos

Um tiroteio que ocorreu esta terça-feira na cidade francesa de Estrasburgo, no local onde ocorre o Mercado de Natal, fez pelo menos quatro mortos e nove feridos, anunciou a autarquia local. A Câmara Municipal de Estrasturgo …

Galatasaray vs Porto | Eficácia dá vitória e record de pontos

O FC Porto não abranda e somou a 12ª vitória consecutiva em todas as competições. Na deslocação ao terreno do Galatasaray, em jogo da sexta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, os “dragões” tiveram …

"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"

O Turismo está "a cumprir bem" o seu papel no combate ao despovoamento, considera o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado, que vaticina que "o luxo do século XXI vai ser o Interior de Portugal". O …

Mãe tenta vender virgindade da filha na Internet por 21 mil euros

Uma mãe pôs à venda a virgindade da filha de 13 anos na Internet por 21.200 euros. A mulher chegou a enviar fotografias de carácter sexual da filha ao comprador, mas não esperava o desfecho …

Há polícias a dormir no carro devido aos preços dos quartos

Sem dinheiro para arrendar quartos, face aos preços praticados, "há polícias a dormir dentro de carros", denuncia o Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP). Acabados de formar na Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, os …

António Lobo Antunes lamenta que Portugal e Espanha não sejam o mesmo país

O escritor António Lobo Antunes lamentou que portugueses e espanhóis não sejam cidadãos do mesmo país, numa entrevista dada ao jornal catalão La Vanguardia no âmbito da Feira Internacional do Livro de Guadalajara e publicada …