FCT adia resultado das bolsas para fevereiro e revolta investigadores

(dr) cnsacluny.com

-

Os candidatos a bolsas de investigação ameaçam manifestar-se, a 23 de novembro, em Lisboa, contra o atraso na divulgação dos resultados do concurso das bolsas de doutoramento e pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Sandra Pereira, membro da direção da Associação de Bolseiros de Investigação Científica (ABIC), que organiza o protesto, disse esta quinta-feira à Lusa que a manifestação decorrerá à porta das instalações da FCT a 23 de novembro, dia em que era suposto terminar o prazo para a publicação dos resultados.

A FCT, principal entidade pública que subsidia a investigação em Portugal, admitiu à Lusa, em resposta a um pedido de esclarecimento, que a data para a divulgação dos resultados foi prorrogada até 28 de fevereiro, justificando o adiamento com o “volume de candidaturas” e a “complexidade do processo” de avaliação das mesmas.

As bolsas a atribuir serão pagas retroativamente apenas nos casos em que os planos de trabalho, previamente definidos pelos candidatos, se iniciavam entre 1 de outubro e a divulgação dos resultados do concurso.

As candidaturas ao concurso de 2016 para bolsas de doutoramento e pós-doutoramento decorreram de 15 de junho a 15 de julho. A este tipo de concurso, que é anual, podem candidatar-se, individualmente, pessoas com formação superior.

Vera Nunes, candidata a um destes apoios financeiros, considerou, num email enviado à agência Lusa, “o atraso e a falta de comunicação do mesmo, por parte da FCT, inaceitáveis. Para muitos candidatos com a vida em suspenso, desempregados e à espera de saber se contam com a bolsa, que lhes exige total exclusividade para tomar decisões sobre as suas vidas, esta espera alargada é incompreensível, e é urgente questionar a FCT sobre a sua gestão e as razões para tamanho atraso”, sustentou.

A FCT, que no seu site ainda não tem qualquer informação sobre o novo prazo previsto para a divulgação dos resultados do concurso, afirma, na resposta enviada à Lusa, que “está em contacto com a ABIC”, com a qual, refere, sem precisar datas, “tem uma reunião agendada para os próximos dias sobre esta questão”.

O concurso prevê a atribuição de 800 bolsas de doutoramento e 400 de pós-doutoramento. Comparativamente ao concurso de 2015, o número de bolsas de doutoramento a conceder no concurso de 2016 quase que duplica. Ao contrário, o número de bolsas de pós-doutoramento diminui na ordem das 180.

O programa do Governo para a Ciência aponta para a progressiva substituição de bolsas de pós-doutoramento pela contratação, a termo, de doutorados. Para auferirem a bolsa, os seus beneficiários não podem ter outros trabalhos com os quais possam obter rendimentos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Viagens ao Espaço podem prejudicar o corpo a nível celular. Fígado é o mais afetado

Viagens ao Espaço podem causar o mau funcionamento da mitocôndria de uma célula devido a mudanças na gravidade e radiação, sugere uma nova investigação conduzida pelo Georgetown Lombardi Comprehensive Cancer Center, nos EUA. Investigações com cobaias …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …