FC Porto “limpa” transferência de Militão e negócio com Altice

(dr) Luís Vieira

Alexandre e Jorge Nuno Pinto da Costa

Ministério Público estará a investigar contrato com o clube portista. Comissão teria seguido para a esfera familiar de Pinto da Costa.

A operação «cartão vermelho» é o destaque desta semana da revista Sábado, que indica que as investigações do Ministério Público não se centram apenas nos negócios feitos à volta de Luís Filipe Vieira. O FC Porto também está a ser investigado.

Em causa um contrato celebrado entre o clube portista e a Portugal Telecom (que ainda não tinha sido adquirida totalmente pela Altice), entre o final de 2015 e o início de 2016. A comissão de mediação do negócio pode ter seguido para a “esfera familiar de Pinto da Costa“, presidente do FC Porto.

O negócio contou com uma empresa intermediária, a BM Consulting, que pertence a Bruno Macedo, empresário e advogado que também consta como arguido no «cartão vermelho». A TVI indicou que essa empresa conseguiu uma comissão de intermediação de 20 milhões de euros, mas o destinatário deste montante é que levanta dúvidas – Bruno Macedo é sócio numa empresa de um parceiro de negócios do filho de Pinto da Costa: Pedro Pinho, que trabalhou com Alexandre Pinto de Costa.

A revista Sábado acrescenta que as origens desta investigação remontam a 2018, centrada precisamente em Bruno Macedo e em Pedro Pinho. Os dois empresários foram colocados sob escuta e surgiram suspeitas à volta de comissões pagas no negócio com a Portugal Telecom e em transferências de jogadores.

O FC Porto já reagiu, nesta quinta-feira, e assegura: “O negócio celebrado com a PT/ALTICE em 2015, que garantiu ao Grupo Futebol Clube do Porto uma receita de cerca de 457 milhões de euros em 10 anos, não tendo o Futebol Clube do Porto celebrado qualquer contrato de intermediação e/ou pago qualquer quantia a este título, foi também devidamente formalizado documentalmente, auditado pelos revisores externos e Conselho Fiscal e devidamente comunicado à CMVM”.

A transferência que originou mais suspeitas foi a de Éder Militão, o internacional brasileiro que deixou o FC Porto por 50 milhões de euros, quando assinou contrato com o Real Madrid em 2019.

O emblema do Dragão também comentou esta transferência: “A transferência do atleta Éder Militão foi um negócio formalizado documentalmente – constando do respetivo dossier documental as intermediações contratadas -, registado nas instâncias desportivas internacionais, auditado por revisores externos e Conselho Fiscal e devidamente comunicado à CMVM”.

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se o FCP “limpa”, branco mais branco não há. E se esta suposta investigação estiver a ser feita pela procuradoria do Porto, pela PJ do Porto e Alta Autoridade fiscal do Porto, o prémio sai à casa, garantido. Pessoalmente e por alguma curiosidade, gostaria de saber onde param os 32 milhões das transferências de Militão e Felipe. Vendidos por 70 M, nas contas do clube entraram 38 M. Nenhum órgão de comunicação “populista” deu qualquer importância à coisa, tão trivial são os usos e costumes por aquelas bandas autonómicas.

RESPONDER

Ai-Da, a robô artista, foi detida no Egito antes da sua mais recente exposição

Ai-Da, a primeira robô artista ultrarrealista do mundo, foi detida pelas autoridades egípcias na alfândega por "questões de segurança". De acordo com o jornal The Guardian, está previsto que Ai-Da apresente o seu último trabalho na …

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …