Não há CO2 que chegue: falta cerveja para o Mundial

A falta de CO₂ começa a causar problemas na Europa durante o Mundial da Rússia. A escassez de dióxido de carbono está a afetar o setor dos alimentos e das bebidas, especialmente as indústrias de carne e de cerveja.

Até a Coca-Cola decidiu interromper temporariamente a produção de bebidas na fábrica do Reino Unido. “É a situação mais grave no suprimento de dióxido de carbono europeu em décadas”, afirmou a revista especializada Gas World, que revelou o problema.

O dióxido de carbono tem vários usos na indústria de alimentos e bebidas. O CO₂ é responsável por gaseificar cervejas e cidras – muito populares no Reino Unido, atordoar animais antes do abate e funciona também como conservante, aumentando a vida útil de produtos embalados, como carne fresca.

O gás também é usado para criar gelo seco, outro produto importante na indústria alimentícia, para manter os produtos refrigerados durante a sua distribuição.

Fora do setor da alimentação, o CO₂ também é usado em determinados procedimentos médicos, na fabricação de dispositivos semicondutores e por empresas petrolíferas para melhorar a extração do produto.

Por que há escassez?

Uma das principais fontes de CO₂ é a produção de amoníaco, composto utilizado frequentemente na indústria de fertilizantes. No entanto, a indústria agrícola de fertilizantes na Europa costuma fechar no verão, afetando cinco das maiores empresas produtoras de dióxido de carbono líquido na Europa, segundo o Financial Times.

“Veio absolutamente na altura errada porque é o Mundial e o pico do verão“, disse um representante da produtora de cervejas Beavertown citado pelo Expresso.

“As pessoas querem ver futebol e beber uma cerveja. Estamos quase esgotados, mas nesta situação queremos sempre ter uma reserva, portanto se calhar ainda nos aguentamos mais uma semana.”

A Associação Britânica de Cervejas e Pubs, por sua vez, explicou: “As questões de fornecimento aqui no Reino Unido complicam-se ainda mais por uma combinação dos encerramentos planeados de fábricas com falhas inesperadas de equipamento, particularmente em relação a um dos dois maiores produtores de CO2 em grosso”.

Além disso, os preços baixos atuais do amoníaco dão aos produtores pouco incentivo para retomar a produção. A produção de amoníaco foi gravemente afetada nos últimos tempos, mas, este ano coincidiu com a realização do Mundial na Rússia, quando o consumo e procura são maiores.

Estabelecimentos afetados

A escassez de CO₂ afetou diretamente os produtores de bebidas na Europa, desde as empresa maiores até às mais pequenas. A maior rede de pubs da Grã-Bretanha, a Wetherspoon, disse ter em falta “temporária” duas das suas bebidas mais populares – a cerveja John Smith’s e a cidra Strongbow – ambas produzidas pela Heineken.

Segundo informações dos média britânicos, também a Coca-Cola disse ter suspendido, por um curto período, a produção de algumas das suas bebidas, assegurando que a pausa na produção não teria impacto no fornecimento.

A indústria alimentar do Reino Unido espera que o volume das mercadorias volte aos valores normais no início do mês de julho, queixando-se de falta de comunicação por parte dos fornecedores de dióxido de carbono.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Apoio à retoma. Empresas com quebras de faturação superiores a 75% podem reduzir horários a 100%

A possibilidade de redução total do horário de trabalho em empresas abrangidas pelo Apoio à Retoma Progressiva estará disponível para empresas que registem quebras de faturação homólogas iguais ou superiores a 75%. Na segunda-feira, o ministro …

FC Porto é "passado". Otamendi promete "defender Benfica até à morte"

O internacional argentino prometeu, esta terça-feira, durante a sua apresentação como novo reforço dos encarnados, "defender a camisola do Benfica até à morte". Nicolás Otamendi é o novo reforço das águias e foi apresentado, na noite …

Manso Neto tenta evitar que 3 mil emails seus entrem no processo que envolve Manuel Pinho

A defesa de João Manso Neto quer impedir o Ministério Público (MP) de usar 3.277 emails seus como prova no processo no qual é arguido, juntamente com António Mexia, por suspeitas de corrupção que envolvem …

Bruno Tabata assina contrato de cinco anos com o Sporting

O extremo brasileiro, que alinhava no Portimonense, assinou um contrato de cinco temporadas com o Sporting, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. O Sporting não refere, no comunicado, o valor da transferência …

Príncipe germânico foi enterrado com seis mulheres em redor de um caldeirão

Um cemitério pertencente a um senhor de alto estatuto foi descoberto na Saxónia-Anhalt, perto de Brücken-Hackpfüffel, numa escavação que os arqueólogos estão a descrever como a mais importante dos últimos 40 anos da história da …

Entre interrupções e insultos, Biden chama palhaço a Trump (e este põe em causa a sua sanidade mental)

Aconteceu ontem o primeiro de três debates, nos quais os candidatos republicano e democrata à Casa Branca - Donald Trump e Joe Biden - têm oportunidade de apresentar aos eleitores norte-americanos as suas propostas para …

Europa alarga restrições. Alemanha limita festas, Eslováquia em emergência e Itália não facilita

Os país europeus estão a anunciar novas medidas restritivas contra a covid-19, num altura em que o número de infeções voltou a aumentar e o inverno está a chegar. De acodo com o Diário de Notícias, …

Jogos da seleção com Espanha e Suécia vão ter adeptos nas bancadas

Os próximos jogos da seleção portuguesa frente à Espanha e à Suécia, no estádio Alvalade XXI, foram autorizados a receber público, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "No jogo de preparação entre as …

Santos Silva rejeita apoio a Ana Gomes (e diz que polémica com embaixador dos EUA foi ultrapassada)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, falou, em entrevista à TVI24 esta terça-feira, sobre a aprovação do Orçamento de Estado para 2021 e as eleições presidenciais e desvalorizou a polémica com o embaixador …

Santa Clara-Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo entre o Santa Clara e o Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, vai ter uma assistência de mil pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio …