Explosão de “vaca espacial” deixou cientistas perplexos. Pode ter sido encontrada uma resposta

Sloan Digitized Sky Survey

AT2018cow

Um misterioso flash num galáxia vizinha deixou astrónomos perplexos em 2018. Agora, a comunidade científica pode finalmente ter encontrado uma resposta.

Em 2018, foi avistado no céu havaiano um misterioso flash numa galáxia vizinha. Astrónomos de todo o mundo lutaram arduamente para entender a origem deste misterioso objeto incrivelmente brilhante até hoje.

“Nunca vi nada assim”, disse Stephen Smartt, astrofísico da Queen’s University, em Belfast.

O objeto foi apelidado de AT2018cow — ou “The Cow” — e captou desde logo a atenção do astrofísico, por ser tão diferente de uma estrela explosiva padrão.

A maioria destes eventos espaciais demora várias semanas para atingir o pico de luminosidade, algo que não aconteceu desta vez. “The Cow” [A Vaca] demorou apenas três dias para se tornar cerca de dez vezes mais brilhante do que uma supernova.

Agora, observações de raios-X da explosão revelaram que era provavelmente uma estrela massiva que explodiu apenas parcialmente, deixando para trás uma densa estrela de neutrões ou um pequeno buraco negro.

AT2018cow era 10 a 100 vezes mais brilhante do que as típicas supernovas e, explica o coautor Daniel Perley, “havia tantas coisas que tornavam tudo estranho”.

A revista New Scientist explica que, como “The Cow” está relativamente próxima, a cerca de 195 milhões de anos-luz de distância, foi possível usar vários telescópios para observá-la em diferentes comprimentos de onda de luz.

Os investigadores calcularam que o objeto no centro desta “vaca espacial” não deve ter mais de 1.300 quilómetros de diâmetro. Isto significa que provavelmente seria uma estrela de neutrões ou um buraco negro relativamente pequeno.

No entanto, é mais difícil encontrar um modelo de estrela de neutrões que se encaixe nas observações porque a oscilação da luz é constante. “Outras observações sobre este objeto também apontam para que seja um buraco negro”, sublinha Perley.

Combinando os resultados deste estudo com outros dados, os investigadores sugerem que “The Cow” provavelmente formou-se após uma supernova falhada, na qual parte do material explodiu e parte caiu sobre si mesma.

“Quando vais para a escola, aprendes que quando as estrelas explodem, nascem buracos negros e estrelas de neutrões, mas nunca ninguém detetou um objeto compacto imediatamente após uma supernova”, explicou Dheeraj Pasham, do MIT.

“Isto confirma algo que pensamos ser verdade por muito tempo, que é que logo após uma supernova, objetos compactos podem nascer”, acrescentou.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.