Explosão solar vai lançar o caos na Terra (só não se sabe quando)

Uma avassaladora tempestade solar pode afectar a Terra, com consequências trágicas para “o mundo inteiro”. O alerta é de um especialista da Agência Espacial Europeia que avisa que a chegada deste evento, resultado de uma explosão solar, é uma certeza, só não se sabe quando vai acontecer.

As explosões solares resultam da reorganização ou do cruzamento das linhas do campo magnético situadas perto das manchas solares, como explica a NASA. Estas explosões de energia libertam “muita radiação para o espaço” e se forem “muito intensas” podem “interferir com as comunicações de Rádio” na Terra, acrescenta a agência espacial.

Por vezes, estas explosões solares são “acompanhadas por um evento conhecido como Ejecção de Massa Coronal (CME na sigla original em Inglês) que liberta “enormes bolhas de radiação e partículas do Sol”, sublinha-se no site da NASA.

Quando as partículas da CME “alcançam áreas próximas da Terra, podem despoletar luzes intensas no céu chamadas auroras”, mas quando é “particularmente forte” também pode “interferir em redes de energia eléctrica” e, “na pior das hipóteses, pode causar escassez de electricidade e falta de energia”, releva a NASA.

Estas são “as explosões mais poderosas do nosso sistema solar“, sustenta a agência. E “se houver uma grande erupção solar, o mundo inteiro será afectado”, alerta o chefe do Gabinete de Meteorologia Espacial da Agência Espacial Europeia (ESA na sigla original em Inglês), Juha-Pekka Luntama, em declarações divulgadas pelo jornal inglês Express.

Um evento destes poderia causar o caos na Terra, destruindo satélites, equipamentos tecnológicos e redes eléctricas, com danos potenciais que podem atingir as 14 mil milhões de libras (16 mil milhões de euros), como salienta o jornal.

“Se a radiação de uma explosão solar atingir a Terra, pode destruir satélites, perturbar telemóveis e outras formas de comunicação”, avisa também o astrofísico Brian Gaensler, da Universidade de Toronto, no Canadá, em declarações citadas pelo jornal inglês Star.

E esses efeitos negativos poderiam prolongar-se durante meses ou até anos.

“O nosso Sol parece ser bonito e tranquilo, mas na verdade não é”, frisa Luntama no Express. “Há estes eventos de partículas solares energéticas em que os protões e os electrões são ejectados do Sol e aproximam-se da velocidade da luz“, realça, notando que “quando atingem satélites, podem causar o seu mau funcionamento ou até destruir a sua electrónica”.

Luntama diz que a humanidade tem tido “sorte”, mas lembra o chamado “Evento Carrington” de 1859 quando um CME levou a que fios telegráficos se incendiassem em alguns locais. “Não tivemos nenhum tão grande desde então, mas se aconteceu uma vez, vai voltar a acontecer e temos que estar preparados”, alerta.

A missão Lagrange

As declarações de Luntama surgem no âmbito da apresentação da missão Lagrange, com a qual a ESA pretende colocar uma sonda em órbita ao redor do Sol para monitorizar a sua actividade.

Esta missão, cujo investimento previsto ronda os 500 milhões de euros, vai ajudar a supervisionar as explosões solares, bem como os CME e outras actividades em torno da estrela.

“Podemos ver estes eventos com instrumentos na Terra”, todavia “é um pouco como ser um guarda-redes com a bola a vir directamente em direcção a nós”, destaca Luntama.

Com a missão Lagangre, será possível “melhorar a capacidade de dar leituras mais precisas” e detectar estas explosões solares atempadamente para “alertar as pessoas que estão a operar satélites e sistemas de energia”, de modo a que consigam “tomar medidas para proteger os equipamentos“, nota o especialista da ESA.

SV, ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

  1. De vez em quando reciclam esta notícia para acagaçar as pessoas pela forma como a redigem…
    Sim, eles já estão à espera de um novo “evento Carrington” há já algum tempo… Os cientistas também acreditam em coisas religiosas, só que não admitem LOL.
    O que eles deviam fazer era deitar cá para fora a tecnologia que têm escondida há anos, que o complexo industrial militar desenvolveu e que pode mudar o mundo, e acabaram-se os problemas da falta de eletricidade e outros mais.
    Este evento será o “final dos tempos” como profetizado por muitas religiões, mas será positivo no sentido em que daremos um salto evolutivo quântico e dimensional, a Terra passará a viver em 5D, assim como a população que estiver “apta” para viver nessas novas condições. Isto faz parte do processo natural de evolução de almas/planetas.
    Os que não conseguirem sobreviver ao Evento, irão encarnar noutro planeta de baixa vibração, de provas e expiações, como é a Terra atualmente.
    O fim do “5º mundo” é sempre um evento positivo, não se deixem levar pelo medo. Vivam no amor e na luz, sempre a pensar no bem do próximo.

      • Se alguém tentasse explicar a internet ao Napoleão a resposta seria parecida, devem pensar que este planeta foi obra do acaso: o campo magnético aconteceu por acidente, a fotossíntese, acidente, este grau de gravidade(se fosse maior pregava-nos ao chão) , acidente, esta atmosfera, acidente, o adornar do planeta para as estações, acidente, para tudo isto ter acontecido por acaso este planeta devia ter acertado no euromilhões uns triliões de vezes, lol

            • Apareceu depois e somos o único planeta com vida em todo o universo, fantástico não é, e até já conseguimos ir à Lua.
              Física quântica sabe o que é, não há milagres, os humanos não sabem aquilo que não sabem, mas julgam-se tão inteligentes.
              Se tivesse que explicar a internet ao Napoleão, acha que conseguia?

            • O único que se julga inteligente é o Sr. Ribeiro. Os verdadeiramente curiosos e interessados nos mistérios da realidade e da vida, assumem claramente “eu não sei”, logo procuram saber, em vez de vir para a Internet dizer parvoíces.

              Se há ou não vida noutros planetas, eu não sei, nem você, por muito que berre o contrário.

              Sobre a física quântica, há uma coisa que sei: é uma panaceia para algumas pessoas menos informadas (para ser simpático) quando querem explicar ou justificar qualquer coisa que não compreendem minimamente.

              Sobre o Napoleão, dado seu profundo e real interesse em ciência, é bem possível que lhe conseguíssemos explicar o que é a Internet. A si é que é mais difícil, aparentemente.

              Cumprimentos.

        • Ribeiro, há certas mentes que ainda não estão preparadas para certos conhecimentos. Haverão de lá chegar se quiserem evoluir a consciência…
          Não somos o único planeta com vida, mas a variedade de vida que cá existe e as probabilidades de esta variedade tão grande existir serem tão ínfimas, devia ser o suficiente para por essas mentes a pensar mais além.

          • Ui ui, as “pessoas menos informadas” estão em desacordo. Um sabe de certeza que não há vida noutros planetas, mas a outra sabe bem que eles andam ai. Em que ficamos?

            Repito o que disse ao Ribeiro, quem é verdadeiramente interessado e curioso foca-se naquilo que não sabe e procura saber. Uma pessoa verdadeiramente curiosa não vem para a Internet dizer que sabe mais que todos os outros devido a um qualquer conhecimento especial secreto (muitas vezes obtido através de videos obscuros do YouTube feitos por frustrados que pouco ou nada alcançaram na vida).

            Cumprimentos.

    • Sim, o amor que os electrões têm pelas partículas alpha emitidas pelo Sol (não é uma simples atracção) vão fazer com que estes tenham vontade de sair da atmosfera e nós ficamos só com os neutrões. Como estes últimos são deprimidos e não sentem atracção por nada, suicidam-se numa reacção quântica em cadeia passando por todas as dimensões espaciais, temporais e humanas. Rezemos para que a partícula de Deus nos salve. Portem-se bem e não se esqueçam de tomar os comprimidos.

    • tava a ver que ninguém dizia nada de jeito ! andam aí uns tintos ali da região de setúbal muito apetecíveis e o resto são conversas.

RESPONDER

Estrela zombie nasce após rara colisão entre anãs brancas

Cientistas da Universidade de Bonn, na Alemanha, e da Academia de Ciências da Rússia encontraram uma rara estrela entre as núvens de gás a 10.000 anos-luz da Terra. A estrela incomum, conhecida como J005311, surgiu muito …

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …