Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas.

A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de amónio destruíram o porto de Beirute, no Líbano, provocando 191 mortes, mais de 6.500 feridos e perto de 300 mil desalojados. Um estudo sugere mesmo que a maior explosão ocorrida neste dia foi uma das mais poderosas da História que não foi produzida por uma bomba nuclear.

Uma equipa de cientistas forenses recorreu a vídeos do evento partilhados nas redes sociais para reconstruir exatamente aquilo que aconteceu na capital do Líbano, incluindo a negligência que levou à tragédia, escreve o Gizmodo.

Graças aos smartphones e às redes sociais, o trabalho dos cientistas forenses está bastante facilitado em situações como esta. Anteriormente, para reconstruirem um evento destes, os cientistas teriam que analisar minuciosamente os detritos da explosão e, se tivessem sorte, contar com imagens de câmaras de trânsito ou segurança.

No entanto, nos dias de hoje, as explosões de Beirute foram vistas de inúmeros ângulos. Várias pessoas gravaram as explosões com os seus telemóveis e difundiram para o mundo inteiro através das redes sociais.

Os investigadores da Universidade de Londres agradecem. Os cientistas forenses criaram um vídeo de 12 minutos que pega em imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruir a tragédia de Beirute.

Os resultados da sua investigação permitiu concluir aquilo que já se suspeitava. Seis anos antes, em outubro de 2014, cerca de 2.750 toneladas de nitrato de amónio foram descarregadas nas docas e guardadas num armazém junto ao Porto de Beirute. Nesse mesmo armazém estavam também guardadas 23 toneladas de fogo de artifício, mais de mil pneus de automóveis e cinco rolos de cabo detonador que geraram a receita perfeita para o caos.

Fonte militar que solicitou o anonimato, disse à agência noticiosa espanhola EFE que os materiais estavam “armazenados ilegalmente” e que as equipas de peritos estão a destruí-los como medida de precaução, uma vez que se encontravam danificados na sequência das explosões, representando, por isso, um risco.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …