Exército americano pode vir a colapsar devido às alterações climáticas

Um relatório encomendado pelo Pentágono coloca a possibilidade de o exército americano colapsar dentro de 20 anos devido às alterações climáticas.

O exército americano é muito provavelmente a força militar mais poderosa do mundo, mas poderá vir a ficar obsoleta num futuro relativamente próximo. Um relatório encomendado pelo Pentágono conclui que a combinação da fome, guerra, doenças, seca e rede energética enfraquecida podem ter efeitos devastadores.

O estudo, intitulado de “Implicações das alterações climáticas para o exército dos EUA”, foi divulgado em agosto, apesar de não ter atraído muita atenção mediática na altura.

O colapso da rede energética norte-americana e epidemias de doenças são os dois problemas com maior probabilidade de levarem ao fim do exército americano, segundo o relatório.

“O aumento da procura de energia” desencadeado por novos padrões climáticos, como longos períodos de calor, seca e frio, pode acabar por sobrecarregar “um sistema já frágil”, noticia a VICE, citando o relatório.

Embora o estudo se concentre nos impactos climáticos, não discute as causas das alterações climáticas nas emissões humanas de combustíveis fósseis.

As alterações climáticas podem desempenhar um papel crucial no agravamento dos problemas mencionados. Por exemplo, por volta do ano de 2100, o nível médio da água do mar pode aumentar dois metros, levando a que dezenas ou até centenas de milhões de pessoas fiquem desalojadas.

Em sentido contrário, a seca pode também ser um sério problema para muitos países. Em 2040, está previsto que a procura por água potável supere a disponibilidade. Além disso, já em 2030, as zonas mais carecidas atualmente, nomeadamente no norte e sudeste africano, no Médio Oriente, China e nos Estados Unidos, vão obrigar ao abandono dessas áreas.

A intervenção do exército americano em países necessitados poderá não ser possível. O problema é tão preocupante, que o Exército “está precipitadamente próximo do fracasso da missão em relação à hidratação da força num ambiente árido e contestado”, realça o relatório.

Atualmente, o abastecimento de água representa 30 a 40% dos custos do exército para manter uma operação no estrangeiro. Com o agravamento da seca, este problema pode inviabilizar as operações militares no estrangeiro.

Como tal, o relatório encomendado pelo Pentágono identifica o Ártico como um local estratégico para o setor de Defesa norte-americano, de forma a maximizar o consumo de combustíveis fósseis.

“Os militares dos EUA devem começar imediatamente a expandir sua capacidade de operar no Ártico para defender interesses económicos e formar parcerias com aliados em toda a região”, denota o estudo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Sim, em muitos (demasiados) aspetos é verdade. Mas também é verdade que a Tríplice Aliança, assim como os nazis, poderão dizer o mesmo.

      • Já ouvi tanta versão dos nazis. Facto é que eles perderam a guerra.
        Quanto ao exército dos amérikas que só tem semeado guerras, destruição e sofrimento por onde passa mais parece a Wehrmacht.

RESPONDER

Pfizer admite que deverá ser necessária uma terceira dose (e ser vacinado anualmente)

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que as pessoas vão precisar “provavelmente” de uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 12 meses após serem totalmente vacinadas. “Um cenário provável é que haja necessidade …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

Clubes alemães atentos a Tiago Dantas depois da sua estreia como titular

A titularidade do jovem português na equipa do Bayern, no último sábado, despertou a atenção dos clubes alemães para o médio cedido pelo Benfica. Tiago Dantas, de 20 anos, fez a sua estreia como titular do …

Chega aposta em Hugo Ernano, o militar que atingiu mortalmente rapaz de 13 anos

O cabeça-de-lista do Chega para a Câmara Municipal de Odivelas vai ser o líder do núcleo local, Nuno Beirão, e o militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) Hugo Ernano candidata-se à Assembleia Municipal. Hugo Hernano, candidato …

Taarabt reencontrou a sua boa forma, mas o Benfica quer vendê-lo

O Benfica está disposto a ouvir propostas que cheguem por Adel Taarabt, o marroquino que tem dado cartas no meio-campo das 'águias'. A caminho dos 32 anos de idade, Taarabt não vai para novo, mas tem …

Vacina russa Sputnik V pode vir a ser produzida em Sintra

O Presidente da câmara de Cascais fez de intermediário para que viesse para Portugal uma licença de produção da Sputnik V. António Costa não se opõe, mas lembra que a vacina ainda não foi aprovada …

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha após o jogador ter sido suspenso ao somar cinco amarelos na Liga. O FC Porto admite uma batalha legal. O FC Porto está preparado para levar …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …

Portugueses a partir dos 60 anos vão ter segunda dose AstraZeneca

Após os casos de coágulos, a DGS só vai mudar o esquema vacinal aos mais jovens, sendo que a população com mais de 60 anos que tomou a vacina da Astrazeneca irá receber a segunda …

Messi já tem uma decisão tomada em relação ao seu futuro

Andoni Zubizarreta, dirigente do Barcelona, garante que Lionel Messi já tomou uma decisão em relação ao seu futuro no clube, embora não saiba qual é. Depois da novela que foi a situação de Lionel Messi no …