Fazer exercício físico antes do pequeno-almoço é melhor para a saúde

Fazer exercício antes do pequeno-almoço é, segundo uma investigação recente, melhor para a nossa saúde. Contudo, esta prática não ajuda na perda de peso.

O exercício físico é recomendado para pessoas com excesso de peso ou obesidade, como forma de reduzir o risco de diabetes tipo 2 e outras doenças cardiovasculares. Mas as pessoas nem sempre têm tempo para exercitar tanto quanto gostariam. Portanto, é importante encontrar maneiras de aumentar os benefícios do exercício para a saúde.

Um estudo publicado no mês passado na revista JCEM encontrou uma maneira de fazer exatamente isso, e tem a ver com o timing. Isto significa que poderá fazer menos exercício se outros compromissos, como família e trabalho, sempre parecerem atrapalhar.

Para explicar como é que isto funciona, é importante perceber um pouco mais sobre a insulina. A insulina é uma hormona que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Um dos principais efeitos da insulina após uma refeição é permitir que o açúcar no sangue seja transportado para os músculos, onde pode ser armazenado ou usado como combustível para obter energia.

Quando as pessoas não fazem exercício físico suficiente e ficam com excesso de peso ou obesas, os seus corpos precisam de produzir mais insulina para que a hormona tenha esse efeito importante. Por outras palavras, tornam-se menos sensíveis à insulina. Esta é uma das razões pelas quais o excesso de peso aumenta o risco de contrair diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Um dos principais benefícios para a saúde do exercício físico é que ele melhora a nossa resposta à insulina e podemos controlar melhor os níveis de açúcar no sangue. Fica agora mais claro que a altura que comemos, em relação à hora que praticamos exercício, pode ser importante para essa resposta à insulina.

Os investigadores analisaram as respostas a seis semanas de exercício, que foi supervisionado por 50 minutos, três vezes por semana. Num grupo, homens com excesso de peso ou obesos exercitaram antes pequeno-almoço (em jejum) e mostraram uma melhor resposta à insulina após o treino.

Ou seja, eles tiveram que produzir menos insulina para controlar os níveis de açúcar no sangue. Isto sugere que eles tiveram um risco menor de doenças como diabetes tipo 2 após o treino. Contudo, os homens que realizaram o mesmo exercício após o pequeno almoço não mostraram uma melhor resposta à insulina no sangue.

Os homens que treinaram antes do pequeno-almoço também queimaram cerca do dobro da quantidade de gordura durante o exercício em comparação com o grupo que fez exercício após comer.

Não fique à espera de perder mais peso

Uma típica ideia errada sobre o exercício em jejum é que o aumento da queima de gordura leva a uma maior perda de peso. Mas para a perda de peso, o fator importante é o balanço energético — a quantidade de energia consumida, menos a quantidade de energia gasta pelo corpo.

Há algumas evidências de que, num curto período (24 horas), não tomar o pequeno-almoço e fazer exercícios pode criar um balanço energético mais negativo, em comparação com comer e fazer exercício. No entanto, as evidências também sugerem que, quando é apenas o horário das refeições, em relação ao exercício, que é alterado, a quantidade de peso perdido será semelhante, mesmo que a queima de gordura seja diferente.

Portanto, o aumento da queima de gordura durante o exercício não leva a uma maior perda de peso, a menos que o balanço energético seja diferente.

Agora é importante repetir o estudo em mulheres, embora seja provável que o mesmo efeito seja verificado. Isto ocorre porque homens e mulheres que tomam pequeno-almoço antes do exercício reduzem a queima de gordura durante o exercício.

Esta investigação também foi feita para exercícios de resistência de intensidade moderada, como ciclismo e corrida, e os resultados não se aplicam necessariamente a exercícios de alta intensidade ou levantamento de peso.

Encontrar maneiras de aumentar os benefícios de saúde do exercício físico pode ajudar a reduzir a crescente prevalência de doenças como o diabetes tipo 2. Este novo estudo sugere que, para bem da sua saúde, seria melhor mexer os pés antes de abrir a boca.

PARTILHAR

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …