EUA preparam-se para lançar no mercado primeira imunoterapia contra o cancro

emilywhitehead.com

A primeira criança a receber o tratamento, Emily Whitehead, celebrou em Maio dois anos de remissão da doença.

As autoridades norte-americanas anunciaram hoje que vão acelerar o processo de aprovação para colocar no mercado um novo tratamento experimental que tem obtido resultados promissores na cura da leucemia.

Na fase de testes realizada até ao momento, 89 por cento dos pacientes atingidos por leucemia verificaram que o cancro desapareceu completamente.

Trata-se de uma imunoterapia personalizada conhecida pelo nome de CTL019, desenvolvida pela Universidade da Pensilvânia e considerada um “grande avanço” pela Agência Federal do Medicamento (FDA) dos Estados Unidos, entidade que avalia todas as substâncias terapêuticas e terapias.

Isto significa que esta terapia vai beneficiar de um processo acelerado de avaliação por parte da FDA, tal como uma atenção particular para a sua colocação no mercado, já que foi a primeira imunoterapia contra o cancro a receber esta designação.

A imunoterapia contra o cancro foi eleita o maior avanço da ciência em 2013.

Fogo contra fogo

A terapia consiste em extrair células T imunitárias do paciente e depois programá-las geneticamente em laboratório para que anulem as células cancerígenas que produzem a proteína CD19.

Estas células T modificadas são depois injectadas no organismo do paciente, onde se multiplicam e atacam directamente o cancro, tendo 89 por cento dos pacientes tratados até agora entrado em remissão da doença.

A primeira criança a receber o tratamento, Emily Whitehead, celebrou em Maio dois anos de remissão da doença.

“Os primeiros resultados dão imensas esperanças para um grupo desesperado de pacientes e muitos deles conseguiram recuperar uma vida normal na escola ou no trabalho depois de receberem esta nova imunoterapia personalizada”, disse o chefe da equipa de pesquisa da Universidade de Pensilvânia, Carl June.

A universidade aliou-se em 2012 à empresa farmacêutica Novartis para desenvolver e autorizar testes com esta terapia para o tratamento de vários tipos de cancro.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …

"Agiu de forma premeditada". Mãe que deixou bebé no lixo vai continuar presa

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou esta quinta-feira o pedido de habeas corpus para a libertação da jovem de 22 anos que terá deixado o seu filho recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa. A …

Mau tempo nas próximas 48h. Proteção Civil alerta para cheias e quedas de árvores

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou para a possibilidade de lençóis de água e de gelo nas estradas, cheias rápidas e queda de árvores, devido ao mau tempo nas próximas 48 horas …

Bolsonaro terá recusado descendente de D. Pedro para vice por desconfiar que ele era gay

O deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, conhecido por "príncipe" por ser descendente de D. Pedro, herdeiro da família imperial do Brasil, não é vice-presidente de Jair Bolsonaro por causa da sua sexualidade. Esta é …