EUA preparam grande manobra militar em resposta ao lançamento de míssil norte-coreano

O Exército dos Estados Unidos está grandes movimentações de efectivos militares para realizar um exercício aéreo com a Coreia do Sul, uma manobra que pretende ser uma nova exibição de força para a Coreia do Sul depois do último teste de míssil balístico realizado por Pyongyang na última semana.

Com a chegada de novos aviões americanos à Coreia do Sul este domingo, os dois países preparam-se para iniciar amanhã o exercício batizado como “Vigilant Ace“, que ocorrerá até 8 de dezembro.

A manobra contará com a participação de mais de 230 aviões dos dois países, incluindo 12 caças com revestimento “invisível” dos EUA (seis F-22 e seis F-35), além de outros seis EA-18G Growler, caças-bombardeiros projetados para a chamada “guerra eletrónica”.

Apesar de o exercício já estar planeado antes do míssil lançado pela Coreia do Norte na última quarta-feira, o Pentágono não costuma enviar tantos aviões para a “Vigilant Ace”.

A operação faz parte do acordo assinado em outubro entre Washington e Seul para ampliar a “presença rotacional” de ativos estratégicos americanos na península coreana. O objetivo é pressionar Pyongyang para que o regime de Kim Jong-un volte à mesa de negociações e desista de tornar o país numa potência nuclear.

Durante os exercícios, os aliados simularão ataques contra falsas instalações nucleares norte-coreanas e contra plataformas que seriam usadas por Pyongyang para lançar os mísseis.

O Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte, num comunicado divulgado pela agência estatal “KCNA”, condenou com dureza o novo exercício militar entre Washington e Seul.

“As manobras são de uma escala e de uma natureza sem precedentes na hora de simular situações de combate e pelo número de ativos estratégicos americanos envolvidos, incluindo caças F-35 e F-22″, afirmou a nota norte-coreana.

A equipa de Donald Trump está a suplicar por uma guerra nuclear ao realizar uma arriscada aposta na península coreana”, completou o comunicado de Pyongyang.

EFE ZAP // EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “O Exército dos Estados Unidos está grandes movimentações de efectivos militares para realizar um exercício aéreo com a Coreia do Sul, uma manobra que pretende ser uma nova exibição de força para a Coreia do Sul depois do último teste de míssil balístico realizado por Pyongyang na última semana.”
    E que tal corrigir este parágrafo. De nada… 🙂

  2. Acho uma incompetência inominável a “exibição” de força militar em vez de uma “efectivação” de força militar que ponha fim à escalada do Kim Jong Un. Aliás, se dois países “cheios” de tecnologia não conseguem decapitar esse monstro e projecto de homem em favor e em primeiro lugar do corajoso povo da Correia do Norte, que atura com fome, frio e outras torturas inenarráveis um odioso regime, mal vai a procissão e – parece – os EU, a Correia do Sul e o Japão não estão a medir bem as consequências.

RESPONDER

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …

Covid-19. Mais 1.027 casos e 58 mortes em Portugal

Portugal registou hoje 58 mortes e 1.027 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico desta sexta-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.027 novos …

Costa anuncia "passaporte sanitário" para circulação na UE (e aposta em novos modelos económicos)

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta sexta-feira que a Comissão Europeia vai preparar um documento para facilitar a circulação entre países da União Europeia (UE). Segundo avançou o Correio da Manhã, este "passaporte sanitário", que estará …

Vírus já circulava "de forma silenciosa" em Portugal em fevereiro (e veio principalmente do Reino Unido)

O Reino Unido, com mais casos, e a Itália, com mais peso na transmissão comunitária, foram os países com maior impacto no início da pandemia de covid-19 em Portugal, revela esta sexta-feira um estudo do …

Morreu Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do FC Porto

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do FC Porto, faleceu esta sexta-feira, aos 32 anos. O internacional português sofreu uma paragem cardiorrespiratória no treino de segunda-feira. Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol do FC Porto e …

Rainha de Inglaterra encoraja população a ser vacinada. Processo é "inofensivo"

A rainha de Inglaterra, Isabel II, encorajou esta sexta-feira as pessoas a serem vacinadas contra a covid-19, garantindo que a injeção é rápida, inofensiva e vai ajudar a proteger todos os cidadãos contra a doença. Numa …

Oposição interna do BE critica direção e "perda de influência política" (e prepara moção)

O Movimento Convergência, uma fação informal do Bloco de Esquerda, está a preparar uma moção para levar a debate na XII Convenção Nacional do partido.  Em causa estão, de acordo com o jornal Público, a insatisfação …