EUA. Homem é detido por homicídio da mãe e transmissão ao vivo no Facebook

KSL Newsradio / Twitter

Jeffrey Antonio Langford

Jeffrey Antonio Langford, de 24 anos, teria matado Graciela Laura Holker, de 45, na sua casa em North Salt Lake, Utah, nos Estados Unidos (EUA), e transmitido ao vivo no Facebook as imagens da mulher com um tiro na cabeça.

Chamada no sábado à noite ao apartamento onde a mulher vivia, a polícia relatou que esta havia atirado em si mesma. No entanto, mais tarde, as forças policiais informaram que o ferimento de Graciela Laura Holker não era consistente com um suicídio, noticiou o Independent na terça-feira.

De acordo com um comunicado da polícia divulgado pela KSL TV, o filho Jeffrey Antonio Langford publicou três vídeos no Facebook Live dentro do apartamento. Num desses vídeos, pode ser ouvido a chorar e a dizer “mãe”, enquanto uma mulher é vista caída.

Segundo o relatório, o jovem afirma que não matou a mãe e sim que esta atirou em si mesma à sua frente. O comunicado da polícia indica que Jeffrey Antonio Langford disse que sua mãe “ainda estava viva e com dores” depois de ter atirado.

O jovem alegou que não queria que a mãe “sentisse dor ou fosse vegetal”, tendo então atirado na mulher uma vez. A polícia encontrou um revólver na mão de Graciela Laura Holker, com o martelo na posição inclinada. Encontrou igualmente o que parecia ser uma nota de suicídio.

Três invólucros de bala gastos foram encontradas no quarto de Jeffrey Antonio Langford, longe do corpo da vítima, que se encontrava na sala de estar. Quando questionado sobre a situação, o jovem disse à polícia que removeu os invólucros gastos e recarregou a arma porque “ia se matar”.

Jeffrey Antonio Langford foi acusado de homicídio culposo em primeiro grau, obstrução judicial em segundo grau e porte de arma perigosa sob a influência de álcool ou drogas.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.