Estudo sugere ser possível apagar memórias específicas

PhotoXpress

-

Investigadores holandeses podem ter encontrado uma forma de apagar memórias indesejadas , uma façanha que até agora parecia ser restrita a filmes de ficção científica.

Uma nova experiência da Radboud University, em  Nijmegen, na Holanda, sugere que pode ser possível destruir memórias específicas do cérebro com a ajuda de tratamentos eletroconvulsivos (de choques elétricos), um tratamento psiquiátrico que conta com a aplicação de correntes elétricas no cérebro, provocando uma convulsão temporária.

A eletroconvulsoterapia, realizada normalmente em pacientes sob anestesia, é usada como tratamento psiquiátrico há mais de 75 anos, mas costuma ser vista como “desumana” e “antiquada”.

Na Holanda, a prática é usada frequentemente como último recurso para tratar distúrbios como a depressão aguda. Para tornar a experiência o mais confortável possível para o paciente, os médicos usam relaxantes musculares e anestésicos.

No entanto, para este estudo específico, os médicos usaram a técnica para destruir memórias que foram “construídas” em pessoas que já faziam tratamentos com choques elétricos.

Sem lembranças

Os pacientes recebiam dois grupos de fotografias, cada um a contar uma história diferente. Logo antes da sessão com choques elétricos, eles tinham que observar uma das duas histórias novamente, para reativar essa memória específica.

Os resultados da experiência foram impressionantes. Logo após o tratamento, os pacientes tinham esquecido a história do grupo de fotos que tinham acabado de ver, pela segunda vez. A memória da outra história – que só tinha sido vista uma vez – não foi afetada pela corrente elétrica.

“Não me lembro. Sei que eles me mostraram alguma coisa, mas não lembro o que era”, disse à BBC a holandesa Jannetje Brussaard-Nieuwenhuizen, que faz tratamento com choques elétricos desde 1969 para tratar da depressão e participou do estudo.

O depoimento da paciente encorajou os investigadores, que esperam que o estudo possa eventualmente ajudá-los a tratar distúrbios como o transtorno de stress pós-traumático.

Mesmo se a eficácia da técnica for cientificamente comprovada, ainda restam dúvidas sobre as justificativas e implicações de uma prática capaz de destruir memórias.

Os investigadores também ressaltam que o estudo foi feito com memórias criadas artificialmente, mas as ligações profundas que existem sob as memórias reais podem ser mais difíceis de apagar.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. electroconvulsoterapia não parece um tratamento muito preciso ! pois os neurónios são constituídos por agua ,gordura sais como o cloreto de potássio e devido a ser um órgão com plasticidade e esses níveis variarem ,a corrente electrica não percorrera sempre o mesmo caminho ! versão moderna da lobotomia !

RESPONDER

Cientistas criam massa que muda de formato assim que entra em contacto com a água

Da penne à fusilli: as pessoas adoram massas pelos seus formatos. Agora, uma equipa de cientistas liderada pelo Morphing Matter Lab da Carnegie Mellon University está a desenvolver massas planas que se transformam em formas …

Australiana fez uma cirurgia para remover as amígdalas (e acordou com um sotaque irlandês)

No dia 19 de abril, Angie Mcyen foi submetida a uma cirurgia para remover as amígdalas, um procedimento bastante simples que demorou apenas meia hora. Uns dias depois, acordou e apercebeu-se de que tinha um …

“Foi o crime do século“. Museu Britânico mostra o impacto do assassinato de Thomas Becket na Europa

Thomas Becket foi abatido dentro da Catedral de Cantuária por cavaleiros da comitiva do rei Henrique II. O assassinato, em 1170, causou ondas de choque em toda a Inglaterra. Agora, o religioso será recordado através …

Na Índia, ser-se rico ou pobre pode fazer a diferença no acesso à vacina

A Índia enfrenta uma grave escassez de vacinas contra a covid-19. Até ao momento, só 2,5% da população recebeu ambas as doses, enquanto 10% recebeu uma. Na Índia, as pessoas que vivem em cidades com fácil …

Ilha italiana torna-se "covid-free" e mostra-se pronta para receber turistas de todo o mundo

Numa altura em que vários países da Europa já começam a planear a abertura ao turismo de forma intensiva, há regiões que mostram já estar um passo à frente. É o caso da ilha de …

Política chinesa torna uigures reféns nas suas próprias casas

A China introduziu, em 2016, uma política de parentesco para promover a harmonia nacional e a unidade étnica, levando a que desde então mais de 1,1 milhões de funcionários do Estado ocupassem periodicamente as casas …

O palco de um dos maiores contos britânicos de sempre vai transformar-se num hostel

A Irlanda aprovou uma proposta para converter num hostel um dos pontos de referência de James Joyce mais icónicos de Dublin. O irlandês James Joyce é um dos maiores escritores da literatura britânica, sendo autor de …

Liz Cheney é a cara da oposição ao "trumpismo" no Partido Republicano

Esta quarta-feira, e depois de ter criticado o antigo Presidente dos Estados Unidos, a congressista Liz Cheney foi afastada de um cargo de liderança no Partido Republicano. Na noite desta terça-feira, e pouco antes de …

SC Braga punido com dois jogos à porta fechada por falta de habilitações de Custódio

O Sporting de Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, anunciou o Conselho de …

Marinha dos EUA faz apreensão de armas ilícitas no Mar da Arábia

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana. A apreensão do arsenal foi feita pelo navio USS Monterey na passada quinta-feira, dia …