Cientistas usam pombas para detetar cancro da mama

Um estudo recente mostrou que as pombas podem conseguir identificar tecido canceroso em mamografias e imagens digitalizadas.

As pombas não têm uma grande reputação mas, caso o estudo de Richard Levenson, professor de patologia na Universidade da Califórnia, se confirmar, o caso pode mudar de figura.

O estudo, recentemente publicado na Plos One, mostra que estes animais foram capazes de distinguir entre imagens com tecido saudável e tecido canceroso.

A equipa de investigação apresentou 144 imagens a preto e branco e a cores a oito pombas, sendo que depois estas tinham de optar por uma tela azul ou amarela para indicar a que categoria pertencia o tecido, conta a BBC.

Sempre que acertavam, as pombas eram recompensadas com comida. Pelo contrário, quando erravam continuavam a ver imagens.

Duas semanas depois, a precisão destas aves aumentou de 50% para 85% e, para evitar que pudessem memorizar as imagens em questão, os cientistas foram intercalando as já existentes com outras novas.

Já na segunda experiência, na qual tinham de identificar microcalcificações, elementos muito associados ao cancro, os resultados também foram positivos. No total, as respostas combinadas das oito pombas somaram, a nível de precisão, um resultado de 99%.

O único teste que mostrou resultados menos bons foi aquele no qual as aves tinham de identificar massas estranhas nas mamografias. Apesar de terem conseguido detetar a sua presença, não conseguiram determinar se eram benignas ou malignas.

Com um cérebro mais pequeno do que a ponta de um dedo, as pombas são, no geral, vistas como animais pouco inteligentes e que só servem para incomodar. Mas, depois deste estudo, muitos seres humanos vão ter de admitir que estão errados.

Apesar do tamanho do cérebro, estas aves têm uma inteligência visual que supera a dos humanos, isto porque enquanto os nossos olhos possuem três recetores de cores, os das pombas têm cinco.

Além disso, são animais que têm uma visão periférica muito melhor do que a nossa, tal como defende Edward Wasserman, co-autor do estudo e professor na Universidade de Iowa.

É certo que as pombas não vão substituir os radiologistas dos hospitais nem das clínicas mas, segundo os investigadores, podem vir a ser uma grande ajuda para avaliar novas técnicas de análise.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta em Alenquer uma das maiores muralhas do país do Calcolítico

Arqueólogos portugueses e espanhóis descobriram em Alenquer uma muralha monumental, uma das maiores do país do período Calcolítico, com quatro a cinco mil anos, após terem realizado este mês as primeiras escavações. A uma altitude de …

Minas americanas continuam inseguras apesar de multas de mil milhões de dólares

O veredito é dado pela sistema federal que multa as empresas mineiras: nem os mais de mil milhões de dólares em multas se revelaram suficientes para desencorajar as práticas inseguras do setor. Esta foi a conclusão …

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …

Trump diz que Boris é "o homem certo" e promete "grande acordo comercial"

Os dois líderes estiveram reunidos à margem da cimeira do G7. Trump elogiou Boris e garantiu que o acordo comercial com o Reino Unido será rápido depois do Brexit. Johnson diz que será "fantástico". O Presidente …

Uma impressora 3D construiu uma casa em apenas 12 horas

A impressora 3D S-Squared (SQ3D) construiu um protótipo básico de uma casa em cerca de 12 horas. A estrutura tem 46 metros quadrados e foi construída através de uma mistura de cimento em camadas. O trabalho …