Estudo conclui quantas vezes se deve lavar os dentes por dia para prevenir problemas de coração

Lavar os dentes pode salvar-nos de consultas ao dentista, mas também nos pode proteger de insuficiência cardíaca, de acordo com um novo estudo.

A investigação envolveu 161.286 pessoas na Coreia que não tinham problemas cardíacos. Os participantes tiveram um exame médico de rotina e tiveram de responder a algumas questões sobre a sua higiene oral. Depois de dez anos, a equipa voltou a contactá-los para ver se tinham desenvolvido problemas de coração.

Escovar os dentes pelo menos três vezes por dia estava associado a um risco 12% menor de insuficiência cardíaca e 10% menor de desenvolver fibrilação atrial, o que pode fazer o coração bater irregularmente e anormalmente rápido.

Estas descobertas mantiveram-se, mesmo quando os cientistas consideraram variáveis como o exercício físico e a ingestão de bebidas, além de outros problemas que afetam a saúde do coração, como a pressão alta.

Porém, a equipa de investigadores não sabe qual é a razão por detrás desta associação, mas pensa que o hábito poderá reduzir o número de bactérias que vivem entre os dentes e gengivas, prevenindo que entrem na corrente sanguínea.

Em declarações à Newsweek, Tae-Jin Song, da Universidade de Mulheres Ewha, disse que “a fibrilação atrial e a insuficiência cardíaca são problemas cardiovasculares importantes. No entanto, até ao momento, pouco se sabe sobre os fatores de risco ou fatores de associação da fibrilação atrial e insuficiência cardíaca e os fatores que podem impedi-los”.

“Os esforços para melhorar a higiene bucal, incluindo a lavagem dos dentes, reduzirão o risco de fibrilação atrial e insuficiência cardíaca. Portanto, a importância de cuidar bem da saúde bucal pode ser reafirmada através dos resultados deste estudo”, disse Song.

Especialistas que não trabalharam no estudo elogiaram os investigadores por usarem um grande tamanho de amostra e por acompanharem os participantes após um período relativamente longo. Por outro lado, Song reconhece que o estudo, que foi publicado este mês na revista científica European Journal of Preventive Cardiology, é limitado, um vez que se baseia apenas numa população.

Pascal Meyre, do Instituto de Pesquisa Cardiovascular da Suíça, e David Conen, do Instituto de Pesquisa em Saúde da População de Canda, escreveram que o estudo não prova que escovar os dentes previne doenças cardíacas.

“Certamente é muito cedo para recomendar a lavagem dos dentes como prevenção de FA [fibrilação atrial] e ICC [insuficiência cardíaca]”, disseram. “Enquanto o papel da inflamação na ocorrência de doenças cardiovasculares está a tornar-se cada vez mais evidente, são necessários estudos de intervenção para definir estratégias de importância para a saúde pública”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. De acordo com vários media alemães, pelo menos seis pessoas morreram num tiroteio em Rot am …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …