Estudante da UA imprime circuitos electrónicos em papel

CH

Hugo Miranda, estudante da UA, inventou forma de imprimir circuitos electrónicos em papel

Hugo Miranda, estudante da UA, inventou forma de imprimir circuitos electrónicos em papel

À primeira vista parece uma impressora normal com capacidade para imprimir circuitos electrónicos em papel fotográfico. E é mesmo! O segredo da impressão dos circuitos no papel não está na máquina mas dentro dos tinteiros.

Desenvolvidas por Hugo Miranda, estudante de Mestrado engenharia electrónica e Telecomunicações da Universidade de Aveiro, as tintas, constituídas por nano partículas de material condutor de electricidade, permitem que qualquer pessoa possa criar circuitos sem os problemas que levanta a construção industrial de placas de circuito impresso: o processo de encomenda, o preço elevado e o tempo de entrega.

Acrescente-se o peso ínfimo e a adaptabilidade do papel a qualquer superfície e a ideia do Hugo Miranda pode ser um ‘maná’ para a indústria da electrónica e telecomunicações.

De forma simples e barata, as tintas do Hugo Miranda garantem que em poucos minutos se possa ter em mãos um circuito com a leveza de uma folha de papel que, ao contrário das usuais, se molda a qualquer formato.

Para além dos tinteiros, o Hugo Miranda já colocou a tinta numa normal caneta de feltro com iguais resultados de boa condutividade eléctrica, seja em papel fotográfico, seja em películas de vidro ou de resina.

“Mas muitos outros materiais vão ainda ser testados, podendo também mostrar-se aplicáveis”, antevê o estudante.

Drones, antenas, etiquetas inteligentes e sensores são apenas algumas das aplicações onde Hugo Miranda antevê o uso dos circuitos impressos em papel, tecnologias que exigem componentes com um peso cada vez menor e altamente moldáveis.

CH

Exemplos de circuitos impressos com o método de Hugo Miranda

Exemplos de circuitos impressos com o método de Hugo Miranda

Simples, rápido, barato e feito em casa

Com uma impressora jacto de tinta convencional e com uma tinta especial constituída por nano partículas capazes de conduzir electricidade, Hugo Miranda, com a colaboração de Hélder Machado, também estudante do Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática, conseguiu pegar numa tecnologia de dezenas de milhares de euros usada na construção de placas electrónicas e torná-la acessível a qualquer pessoa.

“As impressoras que permitem imprimir circuitos de forma similar a esta são usadas principalmente na indústria e custam dezenas de milhar de euros”, diz o estudante. Óptimas para o fabrico em série, as impressoras industriais de circuitos são pouco ou nada práticas para encomendas singulares.

“A grande vantagem desta impressora é que podemos criar um protótipo de forma rápida e barata, bastando para isso desenhar a placa no computador, imprimi-la e adicionar os componentes à mesma”, adianta.

Feito isto, os circuitos estão prontos a ser testados. Caso seja necessária alguma alteração no protótipo “basta voltar a imprimir os circuitos com as alterações que pretendemos a qualquer momento, sem os complexos processos de encomenda ou tempos de espera”.

Outra grande vantagem das tintas desenvolvidas por Hugo Miranda é que tornam possível a qualquer pessoa a impressão de circuitos na própria casa, podendo assim dar largas à sua imaginação na criação electrónica.

A ideia da impressão caseira começou com ligeiras alterações realizadas numa impressora normal, principalmente ao nível das cabeças de impressão. Mais tarde Hugo Miranda decidiu tentar o processo contrário, o de alterar os tinteiros e a tinta.

“As propriedades físicas da tinta foram então alteradas, por forma a tornarem-se similares às utilizadas em impressoras convencionais e, dessa maneira, a funcionarem em qualquer impressora comercial, sem que estas sofram qualquer alteração”, aponta o jovem cientista.

Actualmente o estudante já tem a tecnologia estabilizada, que é como quem diz, “com uma impressora comercial normal basta colocar nos meus tinteiros tinta condutora e fica pronta a funcionar”.

Ciência Hoje

PARTILHAR

RESPONDER

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …