Estudante britânica tinha um parasita a comer-lhe o olho

jessica.greaney.33 / Facebook

Jessica Greaney, 19 anos, teve um perigoso parasita a devorar-lhe um olho

Uma jovem estudante britânica teve que passar quatro dias sem dormir, depois de ter descoberto um parasita a comer-lhe o olho direito. Uma infecção rara que podia ter custado a visão a Jessica Greaney, de 19 anos.

A jovem contou à BBC que começou a sentir dores e desconforto num olho e que acreditou ser uma pequena infecção. No entanto, quando foi ao hospital, descobriu que tinha na verdade um parasita a comer o seu globo ocular.

Em causa está uma infecção da córnea, considerada muito rara, causada pelo Acanthamoeba Keratitis, uma espécie microscópica que vive em outros organismos, e que se encontra normalmente na água dos lagos e nos solos, mas que também podem existir nas piscinas, jacuzis e até na água que sai da torneira.

Segundo a BBC, este tipo de parasita, que pode provocar a cegueira ou a perda parcial da visão, afecta um em cada 50 mil utilizadores de lentes de contacto do Reino Unido todos os anos.

Jessica Greaney usa lentes de contacto, e acredita que foi através delas que o parasita entrou no seu olho.

“A infecção apanha-se da água, mas é mais comum apanhá-la das lentes de contacto, porque quando a água entra em contacto com as lentes, quando se põem no olho, o parasita não tem outro sítio para onde ir. E é então que pode começar a comer o olho, que é o que me causou esta dor toda”, explica a jovem estudante à BBC.

Jessica Greaney diz que o desenvolvimento desta infecção não tem necessariamente a ver com a falta de limpeza das lentes de contacto, sublinhando que era “muito, muito cuidadosa” neste capítulo.

Jessica acha que foi apenas o simples gesto de as manter no lavatório, depois de as retirar dos olhos, que causou o contacto das lentes com o parasita e consequentemente a entrada deste no olho.

“Há tantas pessoas que tomam banho ou nadam com elas. Não vale a pena. A quantidade de dor que se sente é absolutamente ridícula. Não é algo que se deva arriscar”, aconselha a jovem.

Para tratar o problema, Jessica teve que ficar acordada durante quatro dias para colocar gotas nos olhos de 30 em 30 minutos.

Quatro noites sem poder dormir soa a tortura – e é. É mesmo desolador e difícil de conseguir”, desabafa a jovem, que ainda tem que colocar cerca de 20 gotas por dia no olho.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Mesmo depois da morte de Ihor, centro do aeroporto ainda tem videovigilância "muito limitada"

Um ano e meio após a morte de Ihor Homeniuk, o centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa (CIT) continua sem cobertura total de câmaras de videovigilância em zonas comuns. A situação atual distancia-se daquilo …

Liveblog Autárquicas. Ventura "muito confiante" nos resultados do Chega

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Arqueólogos desenterram (acidentalmente) ossadas com 800 anos no Peru

Os restos mortais de oito pessoas, com aproximadamente 800 anos de idade e enterrados com alimentos e instrumentos musicais na mesma câmara funerária, foram encontrados ao sul de Lima, no Peru, durante a instalação de …

Marcelo apela ao voto "por memória deste ano e meio que não esqueceremos"

O Presidente da República considerou que votar nas eleições autárquicas é mais importante do que nunca para o país recomeçar a viver e a sair das crises sanitária, económica e social. Este apelo ao voto foi …

Onde e como? Um guia para votar nas eleições autárquicas

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, as urnas abrem …

Ensino Superior: 33% dos candidatos ficaram de fora. Veja se ficou entre os colocados

Mais de 49 mil novos estudantes entraram agora para o ensino superior, tendo ficado sem colocação 33% dos candidatos à primeira fase do concurso nacional de acesso, revelam dados divulgados hoje pelo Ministério do Ensino …

Pessoas mais pobres são vistas como menos suscetíveis à dor

Um novo estudo indica que os indivíduos de classe baixa são estereotipados como insensíveis à dor física, o que pode impactar os seus cuidados médicos. “As estatísticas de saúde indicam que as pessoas ricas recebem um …

As crianças têm dez vezes mais micro-plásticos nas fezes do que os adultos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, usou espectrometria de massa para medir os níveis de micro-plásticos compostos de policarbonato (PC) e de polietileno tereftalato (PET) presentes nas fezes crianças …

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …