Estratega do Brexit disse que apoios europeus eram “estúpidos”. Mas recebeu 235 mil em subsídios da UE

Dominic Cummings, estratega do Brexit e defensor da saída do Reino Unido da União Europeia, escreveu que os subsídios europeus são “estúpidos” e “beneficiam os donos de terras ricos”.

O responsável por trás da campanha para o voto “sim” à saída do Reino Unido da União Europeia, promovido agora a conselheiro do primeiro-ministro, Boris Johnson, recebeu, no entanto, uma soma considerável destes subsídios da UE para uma quinta de que é co-proprietário: 235 mil euros durante os últimos 20 anos, segundo uma investigação do semanário britânico The Observer, citada pelo The Guardian.

Depois de ter sido nomeado conselheiro de Boris Johnson, Dominic Cummings tem apresentado a “batalha” pelo Brexit como sendo travada entre “as elites” e “o povo”, apresentando-se como um outsider que quer fazer frente às elites, acabar com os “subsídios absurdos” que a UE paga e libertar o Reino Unido das regras e regulamentos europeus.

Os subsídios foram criticados por Cummings porque “foram sonhados nos anos 1950 e 1960”, e o que fazem é “aumentar os preços para os pobres para financiar os agricultores ricos, enquanto prejudicam a agricultura em África” – dizia o então defensor do voto pela saída no seu blogue, após considerar que “a burocracia disfuncional [da UE] é manipulada por interesses empresariais que gostam de usar a maquinaria europeia para esmagar a competição”.

Cummings foi o autor da famosa afirmação de que o dinheiro que o Reino Unido pouparia ao sair da UE poderia permitir que o país gastasse 350 milhões de libras extras no Serviço Nacional de Saúde (NHS).

Ao clarificar a polémica afirmação, Cummings admitiu que não há uma verba fixa. Mas os dados das Finanças permitem dizer: “É de mais ou menos 350 milhões, dos quais recuperamos metade, embora parte seja gasta de maneiras absurdas, como subsídios para os donos de terras muito ricos para que estes façam coisas estúpidas.”

Uma comissão parlamentar na Câmara dos Comuns que investiga a disseminação e de notícias falsas e de desinformação nos meses que antecederam o referendo convocou no ano passado Cummings para prestar declarações, mas este recusou.

Não se sabe quando é que Cummings se tornou co-proprietário da quinta, comprada pelo pai quando se reformou de uma carreira na indústria do petróleo, mas aparece nos registos desde pelo menos 2013, e viveu no local num dado período com início em 2002. A quinta continuou a receber subsídios depois disso.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Portanto, ele sabe muito bem do que está a falar!
    Ao contrário dos que falam com o ressentimento por lhes terem recusado subsídios.

RESPONDER

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …