Estados Unidos testam vacina contra Ébola em humanos

European Commission DG ECHO / FLickr

Combate ao Ébola em África

O Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, NIH, anunciou esta quinta-feira que vai começar, na próxima semana, os testes de uma vacina contra o vírus ebola em seres humanos.

Em fase inicial, as primeiras experiências serão realizadas em 20 voluntários, na sede do Instituto, em Bethesda, estado de Maryland, próximo da capital, Washington.

A informação foi divulgada pelo diretor do NIH, Francis Collins, em conferência de imprensa.

Segundo Collins, o instituto já estava a trabalhar no projecto da vacina há cerca de uma década, mas a situação de descontrole da doença no oeste africano fez com que a pesquisa tenha sido “acelerada”.

“Tivemos de adoptar medidas extraordinárias para iniciar os estudos o mais rápido possível”, afirmou Collins.

A pesquisa é realizada pelo NIH, em parceria com outra agência estatal americana, o Instituto Nacional de Alergia e Enfermidades Infecciosas (Niaid), e tem o apoio da farmacêutica privada GlaxoSmithKline.

Segundo o director do Niaid, Anthony Fauci, a epidemia de ebola já contaminou mais de 3 mil pessoas e matou mais da metade dos infectados.

“A situação está sem controle, e por isso é preciso trabalhar em todas as frentes possíveis, com os métodos tradicionais de isolamento das pessoas infectadas, novos medicamentos, mas também na busca de uma  resposta de prevenção imunológica”, diz Fauci.

Fauci justificou a participação da GlaxoSmithKline como “co-investigadora”, devido à necessidade de se produzir a vacina em larga escala, caso o resultado da pesquisa seja satisfatório.

Fauci explicou que foi difícil, por exemplo, produzir doses suficientes do medicamento experimental ZMapp, desenvolvido em San Diego, nos Estados Unidos, e que “a empresa doou todas as doses que tinha disponíveis para o tratamento dos infectados”.

Foi com o ZMapp que os dois norte-americanos contaminados em julho, na Liberia, foram tratados e conseguiram recuperar da doença, em Atlanta, no estado da Georgia.

Os 20 voluntários vão ser avaliados 9 vezes durante 48 semanas, e para garantir a segurança dos voluntários – todos adultos saudáveis – os cientistas vão dar a vacina a apenas três pessoas de cada vez, a fim de verificar a segurança antes de vacinar outros voluntários.

“A segurança é primordial, quando se fazem testes com drogas experimentais em pessoas saudáveis”, afirmou Fauci.

ZAP / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Libertadores. Jesus veta acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino

Escreve a imprensa brasileira que Jorge Jesus vetou o acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino que antecede o jogo com o Grémio para a Libertadores, que vai decidir um dos finalistas da competição. …

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …