Descoberto o espermatozoide mais antigo de sempre. Tem um terço do tamanho do animal

Cientistas chineses descobriram o espermatozoide animal mais antigo alguma vez encontrado, num ostracoda, um crustáceo, do tamanho de uma semente de papoila, que viveu há mais de 100 milhões de anos, informou hoje a imprensa local.

Apesar de se tratar de um organismo diminuto, o espermatozoide fossilizado encontrado pelos investigadores é quatro vezes maior do que o humano, segundo o portal de notícias chinês Sixth Tone.

Os ostracodas (crutáceo em que foi feita a descoberta) são uns minúsculos artrópodes que permaneceram inalteráveis durante milénios desde há pelo menos 500 milhões de anos, quase 400 milhões antes da extinção dos dinossauros, e sobreviveram a múltiplas extinções de outras espécies.

O espermatozoide dos atuais pode ser 100 vezes maior do que o dos humanos, tendo até um terço do tamanho do animal, o que levou os cientistas a denominá-lo “esperma gigante”.

As novas provas encontradas em fósseis sugerem que os antigos ostracodas desenvolveram esse tipo de “esperma gigante” no período cretáceo.

A descoberta foi publicada na terça-feira no jornal científico britânico Proceedings of the Royal Society, dedicado às descobertas biológicas.

“Não sabemos porquê, mas o esperma deve ser muito funcional, de outra forma a seleção natural teria eliminado os traços”, explicou à Sixth Tone um dos responsáveis pela investigação chinesa, Wang He, do Instituto de Geologia e Paleontologia de Nankín.

Wang e a restante equipa receberam uma peça de âmbar de Myanmar há uns anos.

No início, segundo o cientista, tentaram comprovar se os pontos negros que se viam no interior eram ostracodas, já que estes, ao serem aquáticos, não se costumam encontrar em resinas vegetais.

Mas posteriormente descobriram detalhes muito mais interessantes, ao verem que em cada capa de âmbar apareciam novas camadas, como se se tratasse de uma boneca russa.

Os exames por tomografia computorizada (TAC) revelaram que não só os animais na resina eram ostracodas, mas que os tecidos estavam bem preservados.

Wang descobriu um vulto num órgão reprodutivo de um ostracoda fêmea e uma reconstrução em 3D mostrou que se tratava de uma mancha de esperma serpenteante e fibrosa.

“Esta nova descoberta é uma prova irrefutável de que o esperma gigante tem pelo menos uma antiguidade de cem milhões de anos, provavelmente muito maior”, disse ao portal chinês Robin Smith, perito em ostracodas do Museu Lake Biwa, do Japão.

Smith explicou que antes desta descoberta, os cientistas só tinham uma prova indireta do esperma gigante em antígos ostracodas pelo tamanho dos seus órgãos reprodutivos nos fósseis.

Devido ao sítio onde se encontrou o esperma no órgão reprodutivo do exemplar fêmea, Wang crê que a cópula deve ter ocorrido mesmo antes de o animal ficar preso na resina viscosa do âmbar.

Um ostracoda macho apareceu também no âmbar próximo da fêmea, mas os cientistas não puderam confirmar se foi o autor da cópula.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo é o único que resiste ao desgaste da pandemia. Governo e oposição em queda

O único que está a conseguir resistir ao desgaste político provocado pela pandemia de covid-19 é o Presidente da República, numa altura em que o PS e o PSD surgem em queda nas intenções de …

Três camisolas e uma vitória histórica. Tadej Pogacar é o vencedor do Tour

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu a 107.ª Volta a França, ao cortar a meta, nos Campos Elísios, integrado no pelotão, no final da 21.ª e última etapa conquistada pelo irlandês Sam Bennett …

Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal. Normalmente, a …

Emmys 2020: "Succession" é a série do ano, "Schitt’s Creek" e "Watchmen" em destaque

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia. Centrada em …

Aulas do 1.º ciclo em escola de Lisboa suspensas. Escola em Viseu fecha portas

As aulas do 1.º ciclo na escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, foram suspensas, devido à falta de funcionários em número suficiente, já que um destes testou positivo para a covid-19. De acordo com o Agrupamento …

PCP de "espírito aberto" para conversações sobre OE, mas recusa "chantagens"

O PCP encara as conversações sobre o Orçamento do Estado de 2021 com “espírito aberto”, sem “linhas vermelhas ou azuis”, mas recusa “chantagens” e “pressões” do primeiro-ministro, disse este domingo o secretário-geral dos comunistas. Numa conferência …

Os dinossauros conquistaram o mundo após uma extinção em massa na Terra

Uma equipa internacional de cientistas identificou um evento anteriormente desconhecido de extinção massiva da vida na Terra que ocorreu há 223 milhões de anos e desencadeou a conquista do mundo pelos dinossauros. O estudo liderado por …

FinCEN Files. Isabel dos Santos e marido envolvidos em investigação aos maiores bancos mundiais

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo estão entre os clientes confidenciais de bancos que foram reportados às autoridades norte-americanas, segundo uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ). A empresária angolana Isabel dos Santos …

Alojamento local, hotéis e pousadas. Governo anuncia mais 4.500 camas para universitários

Acordos com hotéis e alojamentos locais vão reforçar a oferta de alojamento estudantil depois de uma perda de 15% dos lugares em residências. Hotéis, pousadas da juventude e unidades de alojamento local vão disponibilizar “mais 4.500 …

As girafas são tão altas que podem funcionar como um pára-raios fatal

A ideia de que a girafa pode funcionar como um pára-raios não é nova e já se sabe que estes animais já foram mortos por relâmpagos. Porém, agora, cientistas descreveram as circunstâncias em detalhe pela …