Antigos bárbaros da Escócia desenvolveram linguagem escrita há 1.700 anos

Os Pictos, conhecidos pelas tatuagens e pinturas de guerra, esculpiam uma série de símbolos em pedra, ossos e metais. Este povo pode ter desenvolvido a sua própria linguagem escrita, há 1.700 anos.

Os Pictos, um povo que viveu na Escócia durante os tempos antigos e medievais, podem ter desenvolvido a sua própria linguagem escrita há cerca de 1.700 anos.

Os Pictos, termo que significa “pessoas pintadas”, com as suas tatuagens características e pinturas de guerra, são parte da razão pela qual o Império Romano foi incapaz de conquistar a Escócia — porque de cada vez que os romanos a tentavam invadir, os Pictos expulsavam os invasores.

Este povo era, portanto, conhecido como um povo muito feroz, que possuía várias tatuagens e praticava o poliamor. Ainda assim, a vida dos Pictos não se resumia a confrontos constantes com os romanos. Uma recente investigação, publicada na revista Antiquity, sustenta que os Pictos podem ter tido a ideia de criar uma linguagem escrita.

A linguagem é baseada numa série de símbolos que os Pictos eternizaram em pedras, ossos, metais e outros artefactos. “Nas últimas décadas, tem havido um crescente consenso de que os símbolos dessas pedras são uma das primeiras formas de linguagem”, disse Gordon Noble, professor de arqueologia na Universidade de Aberdeen, no Reino Unido, e principal autor do artigo.

No entanto, até agora não estava totalmente claro como é que este povo desenvolveu este sistema de linguagem. Alguns estudiosos acreditavam que tinha sido inventada durante a Idade Média, depois de os romanos abandonarem a Grã-Bretanha, mas não havia provas suficientes para sustentar essa tese.

Para resolver este enigma, os cientistas do Projeto Northern Picts realizaram novas escavações em sítios arqueológicos onde haviam sido descobertas, no passado, pedras com símbolos pictos.

Num desses locais, chamado Dunnicaer, os cientistas encontraram restos de um forte que, além de proteger as pessoas que viviam na região, pode ter agido como uma espécie “de mola para ataques pelo mar, talvez na fronteira romana”, explicou Noble.

Na mais recente investigação, os cientistas descobriram que o forte estava em uso entre os séculos II e IV d.C., o que sugeriu que as pedras pictas, que foram encontradas perto dessa muralha, também datam dessa época.

Além disso, os arqueólogos estudaram também um recinto de madeira, encontrado noutro local chamado Rhynie, onde foram encontrados também símbolos pictas em pedras. As novas datações do recinto revelaram que o local esteve em uso entre os séculos IV e VI d.C..

Com base nas suas pesquisas, os cientistas concluíram então que a língua picta foi, muito provavelmente, desenvolvida no terceiro ou quarto século d.C., podendo ter sido inspirada, até certo ponto, pelos romanos, que também usavam um sistema de escrita naquela época.

É muito improvável que o sistema de linguagem dos Pictos seja decifrado, a menos que seja descoberto um texto escrito em ambas as linguagens: a picta e a conhecida. “Eu mantenho a esperança de encontrar algo assim, mas tudo irá depender das escavações”, concluiu Noble.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a ZAP Cancelar resposta

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …