Erro do Fisco gera caos no Imposto de Circulação

alancleaver_2000 / Flickr

-

Um erro do Fisco está a impedir milhares de contribuintes de pagarem coimas de Imposto Único de Circulação (IUC) ou mesmo fazê-los pagar multas de outros contribuintes, denunciou hoje o presidente do Sindicato dos Impostos (STI).

“São milhares de contribuintes que estão a ser afectados e apenas um número muito residual consegue pagar as contra-ordenações”, disse Paulo Ralha, adiantando tratar-se de um “problema informático” que acontece há mais de uma semana.

As guias de pagamento das multas do IUC são emitidas com um código de barras, para leitura ótica, que está associado a um código numérico que é introduzido internamente pela Autoridade Tributária (AT).

“O contribuinte não consegue fazer o pagamento porque o código emitido pela Direcção-Geral [AT] não está correcto. E, quando o pagamento é aceite, não pagam aquele processo que diz respeito ao próprio, mas sim o de outra pessoa, um terceiro”, explicou.

O erro é logo detectado no pagamento da multa (cobrada pelo Fisco aos contribuintes que atrasaram o pagamento do imposto do veículo) porque o comprovativo do pagamento indica dados incorrectos, de outro contribuinte.

“Isto tem causado transtorno nos serviços de Finanças“, denunciou Paulo Ralha, explicando que os contribuintes se deslocam aos serviços do Fisco para regularizarem a situação e alguns apresentam-se “mais irados”.

A razão do problema, explica o sindicalista, é o sistema informático “obsoleto” da AT.

“Esta situação gera um rol de erros e um acumular de situações pendentes e é sintomático do tipo de serviço que prestamos hoje em dia, sem qualidade ao nível informático. Este é um problema de informática ao nível central”, concluiu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …