ER=EPR. Uma nova equação poderá finalmente unir os dois campos da física

(dr) Hannes Hummel / Quanta Magazine

O tecido do espaço-tempo

O tecido do espaço-tempo. Alice e Bob criam um wormhole a partir de dois buracos negros criados com partículas entrelaçadas

Um dos mais teimosos problemas da física actual é o facto de que as duas principais teorias para explicar o Universo – a Relatividade Geral e a Mecânica Quântica – funcionam bem isoladamente, mas quanto se tenta combinar as duas, a matemática não bate certo.

A Relatividade Geral explica perfeitamente o mundo das pessoas e dos planetas, e a Mecânica Quântica explica muito bem o mundo dos átomos e do Homem-Formiga.

E todos os esforços para unificar as duas teorias numa só teoria teoria geral da física – a famosa Teoria das Cordas – falharam redondamente.

Mas agora, uma nova equação, tão simples como a conhecida E=mc², reclama a proeza de o ter feito, e está a dar a volta à cabeça dos físicos de todo o mundo.

A nova equação, apresentada por um físico da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, não é uma fórmula algébrica, mas uma simples expressão simbólica.

ER=EPR

Cada letra na revolucionária equação é na realidade a inicial do nome de um cientista.

A primeira parte da equação, ER, significa Einstein-Rosen, e refere-se ao trabalho publicado por Einstein com Nathan Rosen, em 1935, que descreve as chamadas “pontes de Einstein-Rosen”, que estão relacionadas com os famosos wormholes, ou túneis do espaço-tempo.

Os wormholes funcionam como túneis – não apenas entre dois lugares distantes do Universo, mas entre dois pontos no tempo.

Quando uma coisa cai num dos lados do wormhole, aparece no outro lado instantaneamente, mesmo que as duas extremidades estejam a biliões de anos-luz uma da outra.

A segunda parte da equação, EPR, refere-se aos três físicos responsáveis por postular o famoso Paradoxo de EPR: uma vez mais Einstein e Rosen, aos quais se juntou Boris Podolsky.

O Paradoxo de EPR refere-se ao que Einstein chamou de “acção fantasmagórica à distância”, o famoso entrelaçamento quântico.

Nele, os estados quânticos de um par de partículas estão interligados por forças quânticas, e o que acontece com uma partícula é reflectido instantaneamente na outra partícula – mesmo que as duas estejam a milhões de anos-luz de distância uma da outra.

O Santo Graal da física moderna

A nova equação ER=EPR foi criada pelo físico teórico Leonard Susskind, e basicamente representa a ideia de que o entrelaçamento quântico e os wormholes descrevem a mesma coisa.

Esta ideia não é totalmente nova.

Em 2013, Susskind publicou um trabalho com um outro físico, Juan Maldacena, no qual a ideia era já proposta.

O que Susskind agora fez foi publicar um novo estudo, com o título “Copenhagen vs Everett, Teleportation, and ER=EPR” no qual descreve as implicações concretas da equação que ER=EPR.

E entre as implicações que Susskind aponta, está o Santo Graal da física moderna: a unificação da mecânica quântica e da relatividade geral.

Essa unificação explicaria o mistério do entrelaçamento, e que o próprio espaço-tempo pode emergir do entrelaçamento quântico, e as controvérsias sobre como deve ser interpretada a mecânica quântica.

No seu trabalho, Susskind propõe um cenário hipotético, em que Alice e Bob pegam cada um num punhado de partículas que entrelaçadas. Alice fica com um dos membros de cada par de partículas entrelaçadas, e Bob com o outro membro.

Alice e Bob partem então, nas suas naves espaciais ultra-rápidas, em direcções opostas do Universo.

Uma vez que os dois viajantes espaciais estejam em locais distantes um do outro, Alice e Bob esmagam as partículas com tanta força que criam dois buracos negros separados.

De acordo com a teoria de Susskind, estes dois buracos negros estarão emaranhados, ligados por um gigantesco wormhole.

Segundo Tom Siegfried, cronista da ScienceNews, “se ER=EPR estiver certo, um wormhole irá ligar estes buracos negros, e o emaranhamento, portanto, pode ser descrito usando a geometria dos buracos negros”.

O trabalho de Susskind realça também que a implicação de ER=EPR é que a mecânica quântica e a gravidade estão muito mais fortemente relacionadas entre si do que jamais imaginámos.

O trabalho de Susskind ainda não passou pelo processo de revisão por pares. Se a comunidade científica validar a teoria de que ER=EPR, finalmente os dois campos da física terão sido unificados.

E o nosso mundo poderá mudar de formas inimagináveis.

AJB, ZAP / HypeScience / ScienceAlert / QuantaMagazine

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O modelo padrão envolve três forças: eletromagnética, nuclear fraca e nuclear forte; as partículas portadoras dessas forças são, respetivamente, o fotão, W e Z, e o gluão. A gravidade, segundo Einstein, não é uma força, mas sim uma manifestação da curvatura espacial provocada por um corpo de massa. Algo me diz que a distorção espacial não existe e que o gravitão( partícula portadora de força gra vitacional) ainda não foi detetado porque consegue ser mais esquivo que o neutrino. Se fosse possível generalizar a teoria gravitacional de Einstein de modo a que o hipotético gravitão lá coubesse, prova velmente conseguir-se-ia unir as 4 forças fundamentais.

  2. Queria agradecer ao zap.aeiou por existir, pois fornece notícias muito interessantes sobre temas que interessam realmente e despertam a curiosidade. Obrigado e continuem assim.

RESPONDER

Covid-19. Estado de saúde de português retido em navio no Japão piorou

O estado de saúde de Adriano Maranhão, o português infetado com o novo coronavírus que está retido no navio Diamond Princess, no Japão, piorou, de acordo com a sua mulher, que ainda não obteve qualquer …

Peixe vegetariano pode ser a nova carne branca na nossa alimentação

Cientistas descobriram um peixe vegetariano e, através da análise do seu genoma, perceberam que pode ser uma nova solução alimentar à medida que a  criação de gado se torna menos sustentável. Com o agravamento do aquecimento …

A caminho da destruição. Encontrado exoplaneta que orbita a sua estrela em apenas 18 horas

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram um exoplaneta com o mais pequeno período orbital de qualquer exoplaneta conhecido. Chamado de NGTS-10b, o recordista completa uma rotação em torno da sua estrela em apenas 18 horas. O …

Como seria o Universo sem matéria escura? Os cientistas simularam-no (e ficaram surpreendidos)

Há quase meio século que os astrónomos estão convencidos de que a maior parte do Universo é formado por matéria escura, invisível para os nossos instrumentos e que só conseguimos detetar através da gravidade. Mas …

Estes pássaros evitam comida nojenta após terem visto vídeos no computador

Aves capturadas por uma equipa de investigadores finlandesa aprenderam a evitar certos alimentos após terem assistido a vídeos de outros pássaros a comer essas mesmas comidas e a reagir negativamente. Os cientistas capturaram 39 espécimes de …

Mitsubishi apresenta solução para escritórios stressantes: claraboias virtuais

Se depender da Mitsubishi, a cultura de trabalho do Japão vai ficar menos stressante e depressiva, graças à sua mais recente invenção. A divisão de equipamentos elétricos da gigante japonesa Mitsubishi lançou um sistema de claraboia …

FC Porto 1-0 Portimonense | Génio de Telles garante triunfo

O FC Porto sofreu bastante para vencer o Portimonense, 17º classificado da Liga NOS, por 1-0. Naturalmente dominadores e donos da iniciativa atacante desde os primeiros minutos, os “dragões” terminaram com uma superioridade estatística à prova …

Vulcões de gelo surgem nas margens de um lago gelado nos Estados Unidos

As estranhas e inusitadas formações de gelo surgem quando as temperaturas atingem valores muito baixos, e proporcionam um verdadeiro espetáculo nas margens do lago Michigan, nos Estados Unidos. No dia 16 de fevereiro, funcionários do Serviço …

Pela primeira vez, átomos são capturados de forma individual

Naquela que é uma estreia na física quântica, investigadores "mantiveram" átomos individuais no lugar e observaram interações atómicas complexas nunca antes vistas. Pela primeira vez na física quântica, investigadores conseguiram "segurar" átomos individuais num local fixo …

Sporting 2-0 Boavista | Plata fez xeque-mate às panteras

O Sporting venceu e convenceu. Os “leões” venceram neste domingo o Boavista por 2-0, num duelo relativo à 22ª jornada da Liga NOS. Numa espécie de jogo de xadrez, os comandados de Jorge Silas fizeram xeque-mate …