Encontrado cadáver de homem desaparecido em inundações no Algarve

Luis Forra / EPA

-

O homem que estava desaparecido desde a tarde de domingo em Areias de Boliqueime, freguesia do concelho de Loulé, no Algarve, foi encontrado esta segunda-feira sem vida.

A região do Algarve foi fustigada domingo por chuvas intensas que provocaram inundações em vários concelhos, nomeadamente em Loulé, Albufeira, Portimão, Olhão e Silves.

De acordo com um porta-voz do comando distrital da GNR de Faro, o cádaver do homem desaparecido domingo na enxurrada que se seguiu às fortes chuvas que assolaram o Algarve – “um homem idoso que não voltou após ter saído de casa para fazer compras, encontrando-se incontactável” – foi encontrado hoje cerca das 9h30, a cerca de 100 metros do local onde foi encontrado o seu carro.

A viatura, submersa e sem ninguém no interior, tinha sido encontrada com um dos vidros partido, “desconhecendo-se se por força das águas ou de uma tentativa do ocupante de abandonar a mesma”.

As buscas para encontrar o homem dado como desaparecido foram retomadas hoje pelas 8h55 com uma equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR especializada neste tipo de ocorrências, disse à Lusa o comandante dos Bombeiros de Loulé, Irlandino Santos.

“Foi um binómio homem-cão que chegou até ao cadáver, não tendo sido acionados os mergulhadores que estavam no local prontos para intervir”, adiantou a fonte da GNR de Faro.

Albufeira admite condições para pedido de calamidade pública

O vice-presidente da Câmara de Albufeira admitiu que podem estar reunidas as condições para fazer um pedido de calamidade pública, após dezenas de lojas na baixa terem ficado destruídas pelas inundações de domingo.

“Eventualmente, pela dimensão dos estragos causados pela chuva, podem estar reunidas as condições para fazer um pedido de declaração de calamidade pública”, disse à agência Lusa o vice-presidente da autarquia, José Carlos Rolo.

O autarca frisou, contudo, que ainda não foi feito o levantamento total dos estragos causados pela chuva intensa que inundou dezenas de estabelecimentos na baixa de Albufeira, situação “ainda vai ser avaliada de forma criteriosa e objetiva”.

Em declarações à Lusa, o presidente da Associação de Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), Victor Guerreiro, salientou que a situação provoca um duplo prejuízo aos comerciantes, já que durante um período indeterminado de tempo estarão impedidos de realizar receita.

“Além do prejuízo direto causado pelas cheias, os comerciantes ainda têm que limpar, fazer obras e comprar novas máquinas, o que implica um tempo de fecho e de inoperacionalidade que vai impedir a recuperação de receita”, afirmou.

Segundo o responsável, os seguros nem sempre cobrem todos os estragos, pelo que a associação vai tentar obter apoios públicos para que os comerciante possam fazer face aos prejuízos.

“O que aconteceu é impressionante e, sem dúvida, ruinoso para os comerciantes”, lamentou, lembrando, no entanto, que esta não é a primeira vez que a baixa de Albufeira sofre com as intempéries.

Um dos casos mais problemáticos deu-se em Albufeira, onde a Proteção Civil teve que retirar pessoas de habitações e estabelecimentos comerciais inundados.

As cheias provocaram também um número indeterminado de desalojados em Albufeira.

/Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …