Enorme tempestade solar de junho de 2015 causou uma fenda no campo magnético da Terra

NASA Goddard / Flickr

Conceito de artista do Campo Magnético da Terra

Conceito de artista do Campo Magnético da Terra

O telescópio GRAPES-3, o mais sensível a raios cósmicos do mundo, registou um aumento da radiação que atinge a Terra, o que pode indicar uma fissura no campo magnético do planeta.

Esta falha temporária apareceu quando uma enorme nuvem de plasma foi ejetada da coroa solar e atingiu a Terra no dia 22 de junho de 2015, causando uma compressão na magnetosfera que, segundo a Phys.org, resultou numa enorme tempestade geomagnética.

De acordo com os especialistas, a nuvem de plasma atingiu a Terra a uma velocidade de 2,5 milhões km/h, e, naquele momento, foi possível observar uma aurora boreal mais intensa do que o normal e várias falhas na comunicação via rádio nos países de altas latitudes.

Há vários tipos de erupções solares, mas as classes M e X são a mais significativas porque podem causar tempestades magnéticas na Terra.

A tempestade solar de 18 de junho de 2015 causou uma erupção solar classe M 3.0 com ejeção de massa coronal (EMC).

Esta descoberta provocou um grande entusiasmo na comunidade científica e foi publicada recentemente na Physical Review Letters.

A magnetosfera da Terra estende-se por um raio de milhões de quilómetros, e é uma espécie de primeira linha de defesa, protegendo a humanidade contra o fluxo contínuo de raios cósmicos do Sol e do resto da galáxia.

Com a fissura causada pela tempestade solar, o planeta passou a ser atingido por uma radiação de baixa energia, que não foi refletida pelo campo magnético como devia acontecer.

O escudo protetor da Terra ficou enfraquecido durante duas horas mas, felizmente, conseguiu recuperar.

As tempestades solares podem causar grandes distúrbios à civilização humana, incapacitando grandes redes de energia elétrica, sistemas de posicionamento global (GPS), operações de satélites e comunicações via rádio.

Apesar de não haver nada a fazer contra este tipo de tragédia, os cientistas acreditam que investigações futuras possam ajudar a preparar a humanidade para as consequências.

BZR, ZAP // Ciberia

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Perante a física não é possível haver fendas no campo magnético da terra .
    Esta gente da ciência considera todos os que lêm as suas noticias uns incultos e por isso pegam em qualquer coisa que lhes mandam .
    O campo magnético pode enfraquecer ligeiramente mas nunca abrir fendas , é a mesma coisa que no campo magnético de um íman haver uma fenda .
    Simplesmente ridículo .

    O campo magnético da terra é gerado pelo metal líquido no núcleo da terra circular a alta velocidade .

    https://en.wikipedia.org/wiki/Earth%27s_magnetic_field

RESPONDER

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …