“Engarrafamento” no Evereste. Já morreram cinco pessoas

Nimsdai / Twitter

A foto do “engarrafamento” tirada por Nirmal Purja, que está a tentar subir aos 14 picos de mais de oito mil metros dos Himalaias em sete meses

Um norte-americano de 54 anos e uma mulher indiana morreram na quarta-feira na descida do monte Evereste, num dia que ficou marcado por um “engarrafamento” na montanha mais alta do mundo.

O alpinista Nirmal Purja publicou no Twitter uma imagem na qual é visível uma fila que terá tido mais de 200 pessoas para chegar ao cume. No dia seguinte, as filas continuaram e houve mais três mortos, noticiou esta sexta-feira o Diário de Notícias.

“Já vi engarrafamentos nas montanhas antes, mas não com tantas pessoas a uma altitude tão alta”, disse Nirmal Purja. Se o tempo tivesse piorado, “poderia ter sido um verdadeiro desastre”, acrescentou, citado pelo New York Times.

Mas mesmo com bom tempo pode ser perigoso, devido à falta de oxigénio ou a possibilidade de queimaduras pelo gelo – a zona acima dos oito mil metros é conhecida como a Zona da Morte. Pelo menos dois alpinistas morreram após atingir o cume de 8848 metros na quarta-feira.

As autoridades nepalesas emitiram 381 autorizações para a subida para esta temporada. Cada uma custa cerca de 11 mil dólares (quase dez mil euros).

O gurkha (soldados de origem nepalesa recrutados para uma força especial dentro do exército britânico), galardoado pela rainha em 2018 pelas suas conquistas em alpinismo, está a tentar subir aos 14 picos mais altos dos Himalaias em apenas uma época de sete meses. O atual recorde é de sete anos, 11 meses e 14 dias, do polaco Jerzy Kukuczka.

Nirmal Purja lançou o Projeto Possível e uma campanha de crowdfunding para o conseguir fazer. Na quarta-feira, anunciou que tinha subido ao Evereste apesar do “engarrafamento”, publicando a imagem da fila de alpinistas à espera da oportunidade para fazerem o mesmo. O bom tempo terá estado na origem da fila, que tinha mais de 200 pessoas. No mesmo dia, subiu ainda ao vizinho pico de Lhotse.

Cinco mortos

Uma das vítimas mortais de quarta-feira é o norte-americano de 54 anos, Donald Cash, que morreu depois de colapsar enquanto tirava fotografias no cume do Evereste, segundo a Pioneer Adventures, responsável pela expedição. Apesar de os sherpas que o acompanhavam terem conseguido reanimá-lo, tiveram que o tentar arrastar até ao acampamento 4, mas no caminho acabaria por perder novamente a consciência.

A outra vítima foi Anjali Kulkarni, uma indiana de 54 anos que fez a subida ao Evereste com o marido, junto com a Atun Treks and Expedition. “Por causa do engarrafamento e da demora em regressar, não conseguiu manter a energia”, indicou o responsável do grupo.

Na quinta-feira, com a continuação do bom tempo e dos “engarrafamentos”, houve mais três mortos, entre os quais dois indianos. Kalpana Das, de 52 anos, e Nihal Bagwan, de 27, informou a imprensa local. Uma terceira vítima mortal é um austríaco de 65 anos.

Em 2018, houve um número recorde de pessoas a conseguir alcançar o cume do Evereste: 563 fizeram a subida a partir do Nepal, enquanto outros 239 chegaram a partir do Tibete, num total de 802 pessoas. Cinco morreram.

TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

"Na última noite no Porto, fui sozinho à Ponte D. Luís e vieram-me as lágrimas aos olhos"

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagem: Livre caiu para metade, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …