Encontrados os restos do último unicórnio

Durante décadas os cientistas estimaram que o unicórnio siberiano – um mamífero há muito extinto que se parecia mais com um rinoceronte do que com um cavalo – desapareceu há 350 mil anos.

No entanto, um esqueleto fossilizado vem deitar essa teoria por terra. O esqueleto foi encontrado no Cazaquistão e prova que que as incríveis criaturas ainda caminhavam sobre a Terra há cerca de 29 mil anos.

Sim, isso quer dizer que existiu mesmo um unicórnio na Terra, mas não era nada como os que se podem encontrar nos livros infantis.

O verdadeiro unicórnio, Elasmotherium sibiricum, era opulento, peludo e gigante. Na verdade, parecia-se com os rinocerontes modernos, mas carregava um corno na testa.

De acordo com as mais recentes descrições, o unicórnio siberiano tinha cerca de 2 metros de altura, 4,5 metros de comprimento e pesava cerca de quatro toneladas: esta descrição situa-se muito mais próxima da de um mamute do que da de um cavalo. Apesar das suas dimensões impressionantes, o mais provável é que o unicórnio fosse um herbívoro que se alimentava à base de erva.

Por isso, para ter uma imagem mais correta do que seria um unicórnio, pense num rinoceronte peludo com um corno gigante na testa.

O novo fóssil, que estava muito bem preservado, foi encontrado na região Pavlodar do Cazaquistão. Investigadores da Tomsk State University conseguiram datá-lo de há 29 mil anos através de técnicas de radiocarbono.

Com base no tamanho e condições do esqueleto, os investigadores conseguiram perceber que se trataria de um animal já muito velho. No entanto, ainda não foi possível apurar como morreu o unicórnio.

A questão que continua a assombrar os especialistas é como é que este unicórnio durou muito mais tempo do que os que morreram centenas de milhares de anos antes.

“O mais provável é que o sul da sibéria Ocidental fosse um refúgio onde este unicórnio se preservou mais em comparação com outros”, disse Andrey Shpanski, um dos arqueólogos. “Também existe a possibilidade de o unicórnio ter migrado e durante uns tempos habitou nas regiões mais a sul”.

A equipa espera que esta descoberta os ajude a perceber como os fatores ambientais interferiram na extinção desta mítica criatura, já que parece que alguns viveram bastante mais do que inicialmente se pensava.

Saber como a espécie sobreviveu durante tantos anos e o que potencialmente levou à sua extinção pode ajudar-nos a tomar decisões mais informadas sobre o futuro da nossa própria espécie.

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Foi encontrado enterrado no quintal do Pai Natal, por acidente, devido a uma queda do Pinóquio, quando soube que a Branca de Neve se tinha zangado com a Fada dos Dentes por causa do Abominável Homem das Neves, o qual tinha ido passar o fim de semana com o Monstro de Loch Ness.

RESPONDER

Febre do lítio pede licença para chegar a Portugal

Com o potencial de ter as maiores reservas da Europa, a febre do lítio chegou a Portugal, onde se registaram duas dezenas de solicitações de prospecção este ano, embora as empresas mineiras continuem à espera …

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

A NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …