Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Tim Taylor / Lost52 Project

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito das coordenadas da sua localização.

Em janeiro de 1944, o USS Grayback, um dos submarinos americanos com maior sucesso na II Guerra Mundial, partiu de Pearl Harbor para uma patrulha de combate, mas for atacado por um bombardeiro japonês. Três semanas depois, quando o navio não voltou, foi listado como desaparecido.

Após a guerra, escreve o Russia Today, a marinha tentou reconstruir uma história completa sobre 52 submarinos que tinha perdido. A história, publicada em 1949, fornecia as localizações aproximadas onde os submarinos tinham desaparecido.

No entanto, a Marinha, sem saber, baseara-se numa tradução incorreta dos registos de guerra japoneses. Portanto, as coordenadas indicadas no relatório estavam incorretas.

O erro só foi descoberto no ano passado pelo investigador Yutaka Iwasaki, um engenheiro de sistemas japonês. Por sua vez, o seu trabalho chamou a atenção de Tim Taylor, um explorador subaquático que partiu para encontrar os restos de todos os submarinos norte-americanos perdidos na guerra.

Os exploradores encontraram o submarino 435 metros abaixo do nível do mar na costa de Okinawa. A descoberta ocorreu em junho, mas foi divulgada este domingo. O USS Grayback foi descoberto com grande parte do seu corpo intacto e a sua placa ainda colocada na frente, embora mostrasse sinais de ter sido bombardeado.

A descoberta faz parte do Projeto Lost 52 de Taylor e da sua esposa Christine Dennison. Depois de encontrar o USS Grayback, o casal passou meses à procura de parentes dos 80 marinheiros norte-americanos que morreram a bordo, e agora “podem ser homenageados novamente”, contou Dennison à ABC News.

“Não dizemos às pessoas que estamos à procura, porque não queremos dececionar as pessoas e não queremos divulgá-lo pela Internet até que seja feito corretamente pela Marinha”, acrescentou Taylor. “Com a tecnologia que estamos a usar e a capacidade de cobrir grandes áreas de terreno, estamos a analisar o potencial de encontrar outros”.

Gloria Hurney, cujo tio Raymond Parks morreu no Grayback, disse: “Há um livro que li e diz que estes navios só são conhecidos por Deus. Mas agora sabemos onde está o Grayback.”

//

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …