Emoções associadas a memórias podem ser mudadas

Alyssa L. Miller / Flickr

Um estudo realizado no Japão e nos EUA concluiu que as emoções associadas a recordações podem ser alteradas para permitir suavizar acontecimentos dolorosos do passado e evitar que ensombrem momentos de felicidade do presente.

Esta capacidade de reversão da memória é utilizada clinicamente para tratar doenças mentais. No entanto, “os mecanismos neurais e os circuitos do cérebro que autorizam esta mudança de registo emocional permanecem muito desconhecidos”, salientam os investigadores, no trabalho publicado pela revista Nature.

A investigação, desenvolvida pelo Instituto Riken, no Japão, e pelo Massachussets Institute of Technology (MIT), nos EUA, pretendia “desmontar” estes processos subjacentes, e abrir a porta a novas pistas para tratar patologias como a depressão ou o stress pós-traumático, que afeta, por exemplo, os militares.

O estudo “valida também o sucesso da psicoterapia atual”, explicou o diretor da investigação, Susumu Tonegawa, Prémio Nobel da Medicina em 1978.

Os cientistas utilizaram uma nova tecnologia de controlo do cérebro de ratinhos através da luz, chamado “optogenética“, para melhor compreender o que se passa quando se mudam as memórias de bons ou maus momentos e se é possível mudar o sentimento (negativo ou positivo) associado a esta lembrança.

Os resultados demonstram que a interação entre o hipocampo, parte do cérebro que tem um papel central na memória, e a amígdala, uma espécie de armazém de reações positivas e negativas, é mais flexível do que se pensava até agora.

A investigação baseou-se na inscrição de memórias, através de experiências positivas, num grupo, e negativas, no outro, sendo depois ativadas artificialmente estas lembranças, ao serem submetidos a ações opostas.

A nova experiência “dominou” a emoção inicial. “Fizemos um teste (…) e a crença original desapareceu“, descreveu Susumu Tonegawa.

No entanto, este fenómeno só conseguiu ser observado quando se tratava do hipocampo, sensível ao contexto ambiental, e não foi possível condicionar a amígdala.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix responde a senadores norte-americanos e avança com série

Na passada sexta-feira, a Netflix respondeu aos cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos da América que, numa carta, questionaram a decisão de adaptar a trilogia O Problema dos Três Corpos, a série literária …

Há sobras de comida que sabem realmente melhor no dia seguinte (e os cientistas já sabem porquê)

Não é mito. Existem realmente sobras de comida que sabem melhor no dia seguinte e um especialista da Universidade de Oxford (Reino Unido) - que adora caril - explica o porquê à luz da Ciência. …

Teme-se que a violência doméstica dispare depois dos incêndios da Califórnia

Teme-se que os casos de violência doméstica disparem depois de os incêndios da Califórnia serem extintos, avança a revista norte-americana Vice, que ouviu responsáveis por espaços de abrigo para as vítimas. Desastres naturais de grandes …

Comunidade Vida e Paz ajudou 420 pessoas por dia no ano passado

Em 2019, a Comunidade Vida e Paz apoiou cerca de 420 pessoas em situação de sem-abrigo por dia e distribuiu 138 mil refeições. Além disso, a organização ajudou regularmente 26 famílias carenciadas, entre 78 adultos …

Realidade Virtual dá nova vida ao Mayflower, o navio que levou os ingleses para o Novo Mundo

Mayflower foi o famoso navio que, em 1620, transportou os chamados Peregrinos, do porto de Southampton, Inglaterra, para o Novo Mundo. A Realidade Virtual ajudou a trazê-lo de volta à vida. Os Peregrinos do Mayflower foram …

Iniciativa Liberal recorre à lei para exigir que plano de liquidez da TAP seja enviado às Finanças

O deputado da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, exigiu que o ministro das Finanças, João Leão, remeta o plano de liquidez da TAP à Comissão de Orçamento e Finanças, no prazo de dez dias, ao abrigo …

Museu britânico deixa de exibir coleção de cabeças humanas

O Museu Pitt Rivers em Oxford, no Reino Unido, decidiu retirar da sua exposição permanente crânios e cabeças humanas encolhidas (tsantsas), que terão sido encontradas por exploradores europeus nas suas viagens às Américas e à …

Lactogal assume derrame de leite no rio UI

A empresa agroalimentar Lactogal, de Oliveira de Azeméis, assumiu esta segunda-feira que o derrame de leite no rio Ul, afluente do rio Antuã, se deveu ao colapso de um dos seus tanques e que estão …

O James Bond da vida real foi um arquivista na Polónia comunista (e pode ter enganado os caçadores de espiões)

O James Bond da vida real foi um arquivista e diplomata britânico que viveu na Polónia comunista na década de 1960, revelam documentos esta semana partilhados pelo Instituto Polaco da Memória Nacional. O diplomata James …

Japão mantém plano original. Tocha olímpica passará pelas 47 prefeituras do país

O percurso da tocha olímpica, que se iniciará em março de 2021, manterá o trajeto inicialmente previsto, um ano após o plano original, informou esta segunda-feira o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A tocha …