Emmys 2020: “Succession” é a série do ano, “Schitt’s Creek” e “Watchmen” em destaque

Christian Monterrosa / EPA

Parte do elenco de “Succession” da HBO.

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia.

Centrada em torno de um conglomerado familiar com enorme poder nos ‘media’, a série deu a Jeremy Strong o Emmy de Melhor Ator em série dramática, pelo papel de Kendall Roy, e o criador Jesse Armstrong levou o Emmy de Melhor Argumento para série dramática.

“Watchmen” e “Schitt’s Creek” foram as duas outras grandes vencedoras da noite, ao levarem as distinções mais cobiçadas nas categorias de Minissérie e Série de Comédia, respetivamente.

Numa noite atípica apresentada por Jimmy Kimmel, os nomeados estavam ligados de forma remota aos ecrãs do Staples Center e as estatuetas foram sendo entregues por estafetas. Algumas categorias foram apresentadas ao vivo por celebridades e outras por desconhecidos com profissões essenciais, como médicos, enfermeiros e professores.

“Bem vindos aos ‘Pand-emmys’”, saudou Jimmy Kimmel no início da noite, abrindo uma cerimónia de três horas com inúmeras referências à crise sanitária que mantém Hollywood em suspenso, mais de seis meses depois do início do confinamento.

A cerimónia não teve grandes surpresas, mas houve algumas vitórias históricas: “Watchmen”, da HBO, fez história ao ser a primeira adaptação de uma banda desenhada a vencer na categoria de Melhor Minissérie.

Liderando as nomeações (num total de 26), a minissérie de nove episódios foi coroada em detrimento de outra das favoritas, “Mrs. America”, e também deixou para trás “Unbelievable”, “Little Fires Everywhere” e “Unorthodox”.

Cord Jefferson e Damon Lindelof receberam o Emmy de Melhor Argumento para minissérie e “Watchmen” rendeu ainda dois prémios de representação: Regina King levou o Emmy de Melhor Atriz em minissérie e Yahya Abdul-Mateen II levou a estatueta de Melhor Ator Secundário em minissérie. No total, recebeu 11 prémios, incluindo fotografia e música.

Nas séries de comédia, foi “Schitt’s Creek” que conseguiu o domínio absoluto. A série canadiana da Pop TV, que também está disponível no Netflix, venceu todas as categorias importantes deste género – Melhor Série de Comédia, Melhor Ator (Eugene Levy), Melhor Atriz (Catherine O’Hara), Melhor Ator Secundário e Melhor Realização (Dan Levy) e Melhor Atriz Secundária (Annie Murphy).

Para trás ficaram “Dead to Me”, “The Marvelous Mrs. Maisel”, “The Kominsky Method”, “The Good Place”, “Curb Your Enthusiasm”, “What We do in the Shadows” e “Insecure”. Foi a primeira vez que uma série canadiana venceu a categoria de topo.

Na representação, Zendaya tornou-se na atriz mais jovem a receber o Emmy de Melhor Atriz em série dramática, por “Euphoria”, da HBO. A atriz de 24 anos estava nomeada com Olivia Colman (“The Crown”), Jennifer Aniston (“The Morning Show”), Laura Linney (“Ozark”) e Sandra Oh e Jodie Comer (“Killing Eve”).

Julia Garner deu a “Ozark” a única vitória nas categorias mais importantes, recebendo o Emmy de Melhor Atriz Secundária em série dramática. Mark Ruffalo levou o prémio de Melhor Ator em série dramática, por “I Know this much is true”, ultrapassando os veteranos Jeremy Irons (“Watchmen”) e Hugh Jackman (“Bad Education”).

Ainda no género dramático, Billy Crudup foi considerado o Melhor Ator Secundário pelo papel em “The Morning Show”, a única distinção angariada pela Apple TV+ nas principais categorias.

Já “Mrs. America” (canal FX), que teve muito boas críticas, deu a Uzo Aduba o Emmy de Melhor Atriz Secundária em minissérie, superando Jean Smart em “Watchmen”.

No género de Melhor série de variedades, talk show, “Last Week Tonight with John Oliver”, da HBO, foi novamente consagrada.

Lista dos vencedores nas principais categorias:

Melhor série dramática:
“Succession”, HBO

Melhor série de comédia:
“Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor minissérie:
“Watchmen”, HBO

Melhor filme para televisão:
“Bad Education”, HBO

Melhor série de Variedades, talk show:
“Last Week Tonight With John Oliver”, HBO

Melhor série de Variedades, sketch:
“Saturday Night Live”, NBC

Melhor ator em série dramática:
Jeremy Strong, “Succession”, HBO

Melhor atriz em série dramática:
Zendaya, “Euphoria”, HBO

Melhor ator em série de comédia:
Eugene Levy, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor atriz em série de comédia:
Catherine O’Hara, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor ator em minissérie ou filme para televisão:
Mark Ruffalo, “I Know This Much Is True”, HBO

Melhor atriz em minissérie ou filme para televisão:
Regina King, “Watchmen”, HBO

Melhor ator secundário em série dramática:
Billy Crudup, “The Morning Show”, Apple TV+

Melhor atriz secundária em série dramática:
Julia Garner, “Ozark”, Netflix

Melhor ator secundário em série de comédia:
Daniel Levy, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor atriz secundária em série de comédia:
Annie Murphy, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor ator secundário em minissérie ou filme para televisão:
Yahya Abdul-Mateen II, “Watchmen”, HBO

Melhor atriz secundária em minissérie ou filme para televisão:
Uzo Aduba, “Mrs. America”, FX

Melhor realização em série dramática:
Andrij Parekh, “Succession”, HBO

Melhor realização em série de comédia:
Andrew Cividino e Daniel Levy, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor realização em minissérie ou filme para televisão:
Maria Schrader, “Unorthodox”, Netflix

Melhor escrita para série dramática:
Jesse Armstrong, “Succession”, HBO

Melhor escrita para série de comédia:
Daniel Levy, “Schitt’s Creek”, Pop TV

Melhor argumento para minissérie ou filme:
Damon Lindelof e Cord Jefferson, “Watchmen”, HBO

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …