Num embate histórico entre Coreias, há um português à mistura

Jeon Heon-Kyun / EPA

O jogo desta terça-feira será a primeira vez em que a Coreia do Norte recebe os vizinhos do Sul. No banco dos sul-coreanos está o treinador português Paulo Bento.

A Coreia do Norte acolhe pela primeira vez um jogo de futebol oficial com a Coreia do Sul na terça-feira, em Pyongyang, onde as duas seleções medem forças numa partida de qualificação da zona asiática para o Mundial2022.

As duas equipas partilham o primeiro lugar do grupo H, com seis pontos em dois jogos, mais três do que Turcomenistão (mais um jogo) e Líbano, com o Sri Lanka a ocupar o último lugar, sem qualquer ponto em três partidas. A partida tem também um “toque português”, com a presença do selecionador Paulo Bento e da respetiva equipa técnica ao comando da Coreia do Sul, enquanto os norte-coreanos são orientados por Yun Jong-Su.

Classificações Sofascore Resultados

Em 15 jogos disputados, apenas por uma vez — e num desafio particular — as duas seleções mediram forças na Coreia do Norte. Os anfitriões venceram em 1990, em Pyongyang, de forma inédita, por 2-1, mas a história pende claramente a favor do Sul (37.ª classificada do ranking FIFA), com sete triunfos e outros sete empates. Curiosamente, a superioridade inverte-se quando se trata do futebol feminino.

De resto, os jogos oficiais passaram ao longo dos anos por locais tão distintos como China, Singapura, Kuwait e Qatar. No último encontro oficial, na fase de apuramento para o Campeonato do Mundo de 2010, o jogo teve de ser realizado em Xangai (China), uma vez que a Coreia do Norte (atual 113.ª do Mundo) não autorizava que o hino sul-coreano tocasse antes do apito inicial e que a respetiva bandeira fosse hasteada no seu território.

Na longa e atribulada história entre as duas nações — cuja península ficou dividida com a Guerra da Coreia, entre 1950 e 1953, terminando num armistício e sem um tratado de paz entre Pyongyang e Seul, o que deixou os dois países tecnicamente em guerra —, o desporto tem sido um dos poucos pontos de contacto.

As duas Coreias chegaram a unir-se para o Mundial de futebol sub-20 de 1991, realizado em Portugal, embora os dados da FIFA identifiquem a equipa participante somente como Coreia do Sul.

Mais recentemente, nos Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang2018, os dois países juntaram-se para formar uma equipa feminina de hóquei no gelo e marcharam sob uma única bandeira na cerimónia de abertura, tendo igualmente demonstrado interesse numa candidatura conjunta para a organização do Mundial de futebol feminino de 2023, cujo país organizador será anunciado pela FIFA em meados de 2020.

Todavia, essa proximidade parece agora cada vez mais distante, com este encontro entre as duas seleções a surgir num aparente impasse político nas conversações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos da América para a desnuclearização do regime de Pyongyang, após o fim abrupto da cimeira de Hanói (Vietname), entre Kim Jong-Un e o presidente norte-americano, Donald Trump, em 28 de Fevereiro.

De acordo com a AFP, o regime norte-coreano até terá apenas comunicado com a Confederação Asiática de Futebol, “ignorando” o Sul na organização deste desafio. Já a FIFA, através de um porta-voz, limitou-se a garantir ter estado em contacto com as duas federações e manifestou a esperança de que o jogo possa contribuir para aproximar os dois povos.

O encontro entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, da terceira jornada do grupo H da zona asiática de qualificação para o Mundial2022, está marcado para terça-feira, às 17:30 (09:30 em Portugal continental).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …