Eleições parciais no País de Gales podem fragilizar maioria do Governo de Boris Johnson

Andy Rain / EPA

Boris Johnson

O governo do primeiro-ministro britânico Boris Johnson poderá ficar a contar com uma maioria de apenas um deputado se perder eleições parciais no País de Gales esta quinta-feira.

O governo do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, poderá ficar com uma maioria de apenas um deputado se perder a eleição legislativa parcial desta quinta-feira, em Brecon e Radnorshire, no País de Gales, para os Liberais Democratas.

A líder dos Liberais Democratas no País de Gales, Jane Dodds, vai tentar recuperar o lugar que o partido manteve entre 1997 e 2015, procurando replicar o sucesso eleitoral registado nas eleições locais e europeias de maio, com a ajuda dos nacionalistas galeses Plaid Cymru e dos Verdes, que optaram por não apresentar candidatos para não polarizar o voto anti-Brexit.

Já o candidato do partido Conservador, o eurocético Chris Davies, que foi destituído pelos eleitores após ter sido condenado por falsificar documentos relacionados com despesas, vai ter de enfrentar a competição à direita do partido do Brexit, representado por Des Parkinson, um polícia reformado.

No círculo eleitoral de Brecon e Radnorshire, 52% dos eleitores votaram a favor do Brexit no referendo de 2016, apenas um ponto percentual a menos que no conjunto do País de Gales.

Na eleição participam ainda o candidato do partido Trabalhista, Tom Davies, do UKIP, Liz Phillips, e do partido Monster Raving Loony, Lady Lily The Pink.

A maioria parlamentar, que ficou reduzida recentemente a dois deputados devido à exclusão do deputado Charlie Elphicke por alegado assédio sexual, poderá ser crucial não só no processo do Brexit, mas também se o governo enfrentar uma moção de censura, como ameaçou o partido Trabalhista.

A eleição também é um teste de popularidade para o recém-indigitado primeiro-ministro, Boris Johnson, em funções há apenas uma semana, que uma sondagem publicada pelo jornal The Times indica estar já a atrair eleitores para o partido Conservador.

A sondagem sobre as intenções de voto em eleições nacionais indica que 32% dos britânicos apoiam os tories, mantendo uma tendência de subida desde a demissão de Theresa May, o que garante uma vantagem de 10 pontos percentuais sobre o partido Trabalhista de Jeremy Corbyn.

Os Liberais Democratas estão em terceiro lugar na sondagem do instituto YouGov, com 19% e o partido do Brexit de Nigel Farage em quarto lugar, com 13%.

O politólogo Matthew Goodwin acredita que estes números são positivos para o sucessor de Theresa May, pois mostram que a popularidade do partido do Brexit desceu para metade daquela registada em junho, beneficiando o partido Conservador.

“Não é difícil ver como Boris e os conservadores podem voltar a ter 40% e recuperar o eleitorado [das eleições legislativas] de 2017. Cortar ao meio o voto do Partido do Brexit coloca-os quase lá”, comentou, na rede social Twitter.

As urnas de voto em Brecon e Radnorshire vão estar abertas entre as 07h00 e 22h00 locais (mesma hora em Lisboa) e os resultados deverão ser anunciados durante a madrugada.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …