E se a sua viagem a Lisboa fosse um filme?

Lisbon Movie Tour / Facebook

Fotograma de "Afirma Pereira" (1995), filme de Roberto Faenza baseado no livro de Antonio Tabucchi e filmado em Lisboa

Fotograma de “Afirma Pereira” (1995), filme de Roberto Faenza baseado no livro de Antonio Tabucchi e filmado em Lisboa

O filme “Afirma Pereira”, de Roberto Faenza e protagonizado por Marcello Mastroianni, dá o mote para o arranque do “Lisbon Movie Tour”, um projeto de visitas guiadas por Lisboa à boleia de filmes que foram rodados na capital.

O Lisbon Movie Tour, criado em dezembro passado e apresentado oficialmente esta segunda-feira, é uma ideia de Liliana Navarra, italiana a viver em Portugal, que decidiu criar guias destinados a turistas portugueses e estrangeiros para percorrer Lisboa e passar pelos locais que foram palco de rodagens de filmes.

“Existem mais de 16 mil filmes que tiveram ‘locations’ [locais de rodagem] em Lisboa, sobretudo nos anos 1940 e 1950, e quase todos são filmes americanos”, afirmou Liliana Navarra.

Estes percursos turísticos agora criados – replicando projetos semelhantes que já existem na Europa – começaram em dezembro com “Afirma Pereira“, a partir de um romance de Antonio Tabucchi e que foi rodado em Lisboa nos anos 1990.

A este, que é também uma homenagem a Marcello Mastroianni, juntou-se em janeiro um percurso com “Filme do desassossego“, de João Botelho, a partir do livro “O livro do desassossego”, de Fernando Pessoa.

Férias cinematográficas

Os percursos, que podem durar uma ou duas horas, são feitos para grupos pequenos, porque em cada ponto de paragem o guia apresenta cenas do filme feitas nesses locais onde foram rodados, recorrendo a um tablet.

Liliana Navarra dá como exemplo “Afirma Pereira”, que leva o visitante ao Convento dos Cardaes, junto ao Príncipe Real, à Casa do Alentejo, ao Chiado e ao Bairro Alto.

Segundo a responsável, este percurso demorou dois meses a ser estruturado, tendo em conta as especificidades toponímicas da cidade, o perfil dos visitantes, os detalhes relacionados com os filmes e os pormenores históricos de cada local a visitar.

No caso de “Filme do Desassossego”, o percurso inclui a Praça do Comércio, a Rua Augusta e o Rossio.

Para abril está previsto um percurso dedicado aos 40 anos da revolução de abril, a partir do filme “Capitães de abril“, de Maria de Medeiros.

Está ainda a ser planeado um percurso que relaciona o fado com o cinema.

Liliana Navarra pondera ampliar a área geográfica para lá de Lisboa, incluindo por exemplo Sintra, onde foram rodados filmes como “O estado das coisas“, de Wim Wenders, e “A nona porta“, de Roman Polanski.

O Lisbon Movie Tour deverá incluir no futuro visitas específicas para pessoas com mobilidade reduzida e para surdos, e estão previstos também workshops e palestras dedicadas a filmes turísticos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …